an online Instagram web viewer

Images at CANOA Arte Indígena

Mais uma Flip chega ao final! 
Foram dias intensos de debates sobre literatura e o ato politico de escrever. Temas como racismo, feminismo e o direito a diversidade ecoaram na cidade na fala de muitos autores e autoras. 
A feira da economia solidária “Parati Ocupa Paraty” fruto de uma construção coletiva mostrou para o mundo o melhor da riqueza que nossa gente produz no seu dia-a-dia!
Vida longa aos movimentos sociais! Viva as culturas  tradicionais e populares!
E como disse Conceição Evaristo na mesa de encerramento, não abriremos mão de ter a fala das mulheres, negros e todas as minorias representadas e presentes nos próximos anos!

Valeu Flip 2017, ano que vem tem mais! 
Foto: Lucas Benites, da Aldeia Sapukai (Angra dos Reis - RJ) fala sobre a importância da venda do artesanato para a economia das famílias Guarani Mbya!

#demarcaçãojá 
#arteindigenacanoa
Mais uma Flip chega ao final! Foram dias intensos de debates sobre literatura e o ato politico de escrever. Temas como racismo, feminismo e o direito a diversidade ecoaram na cidade na fala de muitos autores e autoras. A feira da economia solidária “Parati Ocupa Paraty” fruto de uma construção coletiva mostrou para o mundo o melhor da riqueza que nossa gente produz no seu dia-a-dia! Vida longa aos movimentos sociais! Viva as culturas tradicionais e populares! E como disse Conceição Evaristo na mesa de encerramento, não abriremos mão de ter a fala das mulheres, negros e todas as minorias representadas e presentes nos próximos anos! Valeu Flip 2017, ano que vem tem mais! Foto: Lucas Benites, da Aldeia Sapukai (Angra dos Reis - RJ) fala sobre a importância da venda do artesanato para a economia das famílias Guarani Mbya! #demarcaçãojá  #arteindigenacanoa 
Ultimo dia da Flip ainda dá tempo de flipar! 
Aproveite para nos visitar e levar de lembrança pra casa arte indígena e popular da melhor qualidade! 
Helô está lindíssima usando brincos de miçangas da etnia Kayapó e colar de sementes da etnia Rikbaktsa. 
#arteindigenacanoa #flip #flip2017  #paraty #artesanato #arteindígena
Ultimo dia da Flip ainda dá tempo de flipar! Aproveite para nos visitar e levar de lembrança pra casa arte indígena e popular da melhor qualidade! Helô está lindíssima usando brincos de miçangas da etnia Kayapó e colar de sementes da etnia Rikbaktsa. #arteindigenacanoa  #flip  #flip2017  #paraty  #artesanato  #arteindígena 
Valorize o artesão!
Arte feita com as mãos com afeto e atenção! 
No C.A.N.O.A. tem!
Inácio Rodrigues da Aldeia Guarani Mbya de Paraty Mirim entalhando bixinho de madeira.
#artesanatobrasileiro #Arte #ComunidadesTradicionais #Paraty #artesanato #arteindígena
Viva Santo Antonio!
Viva a cultura popular do Brasil!
O C.A.N.O.A. participou da  abertura da Festa de Santo Antonio de Barbalha na região do Cariri e mostra um pouco como foi!

#ArtePopularCanoa #ArteIndígenaCanoa #Paraty #Arte #ComunidadesTradicionais
Feliz Dia dos Namorados!!
Pode vir quente que estou fervendo!
Aproveite para declarar seu amor com artesanato tradicional e popular!  #ArteIndigenaCanoa #ArtePopularCanoa #Paraty #ComunidadesTradicionais #Arte #Love
Cesto xinguano - Cunho
O cunho é um cesto produzido pelas mulheres do Alto Xingu. Usado para pegar pequenos peixes na beira do rio ou para armazenar os peixes durante a pesca do Timbó ( espécie de cipó que atordoa os peixes para facilitar na hora de apanhar). Os grafismos tem a inspiração na natureza que os cerca, pode ser o desenho da pele da onça, o casco da jabuti,
Etnia Mehinako - Alto Xingu
Material: fibra da palmeira de buriti e fios de algodão trançado.
Medida: aproximadamente 40 cm

#ArteIndígenaCanoa #Paraty #Arte #ComunidadesTradicionais #PovosIndígenas
#Guarani
#DemarcaçãoJá
#XinguVivo

Foto @tendaintima
Cesto xinguano - Cunho O cunho é um cesto produzido pelas mulheres do Alto Xingu. Usado para pegar pequenos peixes na beira do rio ou para armazenar os peixes durante a pesca do Timbó ( espécie de cipó que atordoa os peixes para facilitar na hora de apanhar). Os grafismos tem a inspiração na natureza que os cerca, pode ser o desenho da pele da onça, o casco da jabuti, Etnia Mehinako - Alto Xingu Material: fibra da palmeira de buriti e fios de algodão trançado. Medida: aproximadamente 40 cm #ArteIndígenaCanoa  #Paraty  #Arte  #ComunidadesTradicionais  #PovosIndígenas  #Guarani  #DemarcaçãoJá  #XinguVivo  Foto @tendaintima
Cunho - Cesto xinguano

O cunho é um cesto produzido pelas mulheres do Alto Xingu. Usado para pegar pequenos peixes na beira do rio ou para armazená-los durante a pesca do Timbó ( espécie de cipó que atordoa os peixes para facilitar na hora de apanhar). Os grafismos tem a inspiração na natureza que os cerca, pode ser o desenho da pele da onça, o casco da jabuti e outros animais.

Etnia Mehinako - Alto Xingu
Material: fibra da palmeira de buriti e fios de algodão trançado.
Medida: aproximadamente 40 cm
#ArteIndígenaCanoa #Paraty #Arte #ComunidadesTradicionais #PovosIndígenas
#DemarcaçãoJá
#XinguVivo

Foto@tendaintima
Cunho - Cesto xinguano O cunho é um cesto produzido pelas mulheres do Alto Xingu. Usado para pegar pequenos peixes na beira do rio ou para armazená-los durante a pesca do Timbó ( espécie de cipó que atordoa os peixes para facilitar na hora de apanhar). Os grafismos tem a inspiração na natureza que os cerca, pode ser o desenho da pele da onça, o casco da jabuti e outros animais. Etnia Mehinako - Alto Xingu Material: fibra da palmeira de buriti e fios de algodão trançado. Medida: aproximadamente 40 cm #ArteIndígenaCanoa  #Paraty  #Arte  #ComunidadesTradicionais  #PovosIndígenas  #DemarcaçãoJá  #XinguVivo  Foto@tendaintima