an online Instagram web viewer

#Dívidas medias

Photos

Pare de reclamar das dificuldades e comece a tirar proveito delas!
.
🎓Acesse GRÁTIS http://app.universidadefinanceira.com
Pare de reclamar das dificuldades e comece a tirar proveito delas! . 🎓Acesse GRÁTIS http://app.universidadefinanceira.com
#herança #dívidas #dívida #direitodassucessões
#direito #planejamentosucessório #advogada #advogadafortaleza
#advogadofortaleza
#advocaciafortaleza #advogadaespecialista 
#nalinelavoradvocacia 📱 (85) 985658546 📍 Av. 13 de maio,  1116, sala 1102,  Edifício Office 13 de maio,  Bairro de Fátima,  Fortaleza, Ceará. 🌐 www.nalinelavoradvocacia.com.br 
#Repost @cnj_oficial (@get_repost)
・・・
#DÍVIDAS APÓS A MORTE
QUEM PAGA?

Perder uma pessoa querida nunca é fácil. Após o período inicial de #luto, algumas vezes ainda é preciso lidar com situações desagradáveis, como as dívidas da pessoa falecida. Em empréstimos pessoais, créditos consignados ou contratos de financiamento imobiliário, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento da dívida acumulada. Nos casos de um empréstimo pessoal, a dívida deve ser paga com a herança e para o crédito consignado, o art. 16 da Lei n. 1.046/1950 diz que eles extinguem-se após a morte do consignante.

Descrição da imagem #PraCegoVer: ilustração de um cofre de porquinho quebrado. Ele parece estar morto, já que no lugar dos seus olhos tem um “x”. Do cofre saem moedas com asas voando.
Texto: Dívidas pós-morte. 
Empréstimo pessoal: A herança deve ser usada para quitar os débitos pendentes. Se os bens não forem suficientes para cobrir a dívida, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento. 
Crédito consignado: extinguem-se quando o consignante falece. 
Contratos de crédito imobiliário: tem o seguro obrigatório por morte ou invalidez permanente que serve para quitar o contrato caso a pessoa venha a falecer.
CNJ
#herança  #dívidas  #dívida  #direitodassucessões  #direito  #planejamentosucessório  #advogada  #advogadafortaleza  #advogadofortaleza  #advocaciafortaleza  #advogadaespecialista  #nalinelavoradvocacia  📱 (85) 985658546 📍 Av. 13 de maio, 1116, sala 1102, Edifício Office 13 de maio, Bairro de Fátima, Fortaleza, Ceará. 🌐 www.nalinelavoradvocacia.com.br #Repost  @cnj_oficial (@get_repost) ・・・ #DÍVIDAS  APÓS A MORTE QUEM PAGA? Perder uma pessoa querida nunca é fácil. Após o período inicial de #luto , algumas vezes ainda é preciso lidar com situações desagradáveis, como as dívidas da pessoa falecida. Em empréstimos pessoais, créditos consignados ou contratos de financiamento imobiliário, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento da dívida acumulada. Nos casos de um empréstimo pessoal, a dívida deve ser paga com a herança e para o crédito consignado, o art. 16 da Lei n. 1.046/1950 diz que eles extinguem-se após a morte do consignante. Descrição da imagem #PraCegoVer : ilustração de um cofre de porquinho quebrado. Ele parece estar morto, já que no lugar dos seus olhos tem um “x”. Do cofre saem moedas com asas voando. Texto: Dívidas pós-morte. Empréstimo pessoal: A herança deve ser usada para quitar os débitos pendentes. Se os bens não forem suficientes para cobrir a dívida, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento. Crédito consignado: extinguem-se quando o consignante falece. Contratos de crédito imobiliário: tem o seguro obrigatório por morte ou invalidez permanente que serve para quitar o contrato caso a pessoa venha a falecer. CNJ
3/3 - Agora que já sabe onde quer chegar e conhece o território, defina a rota que você deseja seguir! .
🎓Acesse GRÁTIS: http://app.universidadefinanceira.com
3/3 - Agora que já sabe onde quer chegar e conhece o território, defina a rota que você deseja seguir! . 🎓Acesse GRÁTIS: http://app.universidadefinanceira.com
Mais um Contrato Assinado.
Para aqueles que não têm acesso a uma Palestra de Educação Financeira por motivos financeiros e de horário de trabalho, o GRUPO INE-RJ, me contratou para ministrar esta Palestra no dia 30/09 - Sábado às 14h.
Inscrição: 1kg de alimento não perecível.
VAGAS LIMITADAS.
FAÇA SUA INSCRIÇÃO E CUIDE MELHOR DO SEU DINHEIRO.
#cuidemelhordoseudinheiro #independênciafinanceira #institutodefomentoeducaçãofinanceira #carlosvirtuoso #finançaspessoais #finançasempresariais #DINASTIA #dinheiro #dívidas #educaçãofinanceira #direito #OAB #planejamentoestratégico #planejamentofinanceiro #planejamento #poupança #investimento #aplicaçãofinanceira #prosperidade #poupar #endividamento #terceirosetor #apoiobrasil #investidores #poupadores
Mais um Contrato Assinado. Para aqueles que não têm acesso a uma Palestra de Educação Financeira por motivos financeiros e de horário de trabalho, o GRUPO INE-RJ, me contratou para ministrar esta Palestra no dia 30/09 - Sábado às 14h. Inscrição: 1kg de alimento não perecível. VAGAS LIMITADAS. FAÇA SUA INSCRIÇÃO E CUIDE MELHOR DO SEU DINHEIRO. #cuidemelhordoseudinheiro  #independênciafinanceira  #institutodefomentoeducaçãofinanceira  #carlosvirtuoso  #finançaspessoais  #finançasempresariais  #DINASTIA  #dinheiro  #dívidas  #educaçãofinanceira  #direito  #OAB  #planejamentoestratégico  #planejamentofinanceiro  #planejamento  #poupança  #investimento  #aplicaçãofinanceira  #prosperidade  #poupar  #endividamento  #terceirosetor  #apoiobrasil  #investidores  #poupadores 
Economizar sem perder o prazer de Viver!
Economizar sem perder o prazer de Viver!
Refis Municipal tem início dia 11 de setembro, com três meses de duração, e dará descontos que podem chegar a 100% sobre multas e juros de mora das dívidas tributárias.

Saiba mais em: https://goo.gl/fkWn9e
Refis Municipal tem início dia 11 de setembro, com três meses de duração, e dará descontos que podem chegar a 100% sobre multas e juros de mora das dívidas tributárias. Saiba mais em: https://goo.gl/fkWn9e
Nem acabou o evento mas já estou com saudades... #tbt #rockinrio #condicoes #dívidas #copos #ladygaga #errei #maroon5 #errejota
Procurar investimentos seguros e alta rentabilidade ao mesmo tempo, é dose...
.
🎓Acesse GRÁTIS http://app.universidadefinanceira.com
Procurar investimentos seguros e alta rentabilidade ao mesmo tempo, é dose... . 🎓Acesse GRÁTIS http://app.universidadefinanceira.com
2/3 - Busque conhecer as adversidades e os desafios que te aguardam pelo caminho.
.
🎓Acesse GRÁTIS: http://app.universidadefinanceira.com
2/3 - Busque conhecer as adversidades e os desafios que te aguardam pelo caminho. . 🎓Acesse GRÁTIS: http://app.universidadefinanceira.com
Quando o assunto é dinheiro existem 3 D's que são fundamentais, e hoje compartilho com vocês o 1ºD...o da DECISÃO.
.
Decidir para ONDE vai o seu #dinheiro em um mundo tão capitalista, cheio de opções e prazos de pagamentos , não é fácil !!
.
Decidir dar o primeiro passo para #organizar sua vida financeira, olhando para #dívidas ; também não é fácil .
.
Mas eu garanto para você que está lendo esse post uma coisa.. quando você #decide , você começa a ter o controle emocional e financeiro de sua vida, a clareza é a palavra de ordem e as coisas vão se organizando, fluindo e melhorando.
Acredite!! 😉🎯💰
.
.
.
.
#ellenlindoso;
#finançasparamulher;
#mulher ; #mulheres; #dinheiro;
#escolhasconscientes ; #vaiquevaidarcerto ;
Quando o assunto é dinheiro existem 3 D's que são fundamentais, e hoje compartilho com vocês o 1ºD...o da DECISÃO. . Decidir para ONDE vai o seu #dinheiro  em um mundo tão capitalista, cheio de opções e prazos de pagamentos , não é fácil !! . Decidir dar o primeiro passo para #organizar  sua vida financeira, olhando para #dívidas  ; também não é fácil . . Mas eu garanto para você que está lendo esse post uma coisa.. quando você #decide  , você começa a ter o controle emocional e financeiro de sua vida, a clareza é a palavra de ordem e as coisas vão se organizando, fluindo e melhorando. Acredite!! 😉🎯💰 . . . . #ellenlindoso ; #finançasparamulher ; #mulher  ; #mulheres ; #dinheiro ; #escolhasconscientes  ; #vaiquevaidarcerto  ;
Curso e Workshop de Educação Financeira. 🐷

Hoje faço um convite para vocês junto com meus novos amigos educadores. Participe dos cursos e workshops de Educação Financeira para que a partir desses conhecimentos vocês possam transformar suas vidas, resgatar e realizar sonhos.

Eu acredito que cada passo que damos podemos aprender e compartilhar. E a Educação Financeira é o que acredito e compartilho com vocês.

Vamos juntos e que vocês dêem o passo para realizar os seus sonhos.

Estou aqui para orientar vocês.

Beijos 😘

#educacaofinanceira, #curso, #workshop, #treinamento, #transformar, #mudar, #acreditar, #sonho, #educar, #ensinar, #dsop, #legado, #cintiasenna, #dinheiro, #planejamentofinanceiro, #dívidas, #vida
Curso e Workshop de Educação Financeira. 🐷 Hoje faço um convite para vocês junto com meus novos amigos educadores. Participe dos cursos e workshops de Educação Financeira para que a partir desses conhecimentos vocês possam transformar suas vidas, resgatar e realizar sonhos. Eu acredito que cada passo que damos podemos aprender e compartilhar. E a Educação Financeira é o que acredito e compartilho com vocês. Vamos juntos e que vocês dêem o passo para realizar os seus sonhos. Estou aqui para orientar vocês. Beijos 😘 #educacaofinanceira , #curso , #workshop , #treinamento , #transformar , #mudar , #acreditar , #sonho , #educar , #ensinar , #dsop , #legado , #cintiasenna , #dinheiro , #planejamentofinanceiro , #dívidas , #vida 
Uma dúvida recorrente sobre as dívidas  do falecido.

#Repost @cnj_oficial (@get_repost)
・・・
#DÍVIDAS APÓS A MORTE
QUEM PAGA?

Perder uma pessoa querida nunca é fácil. Após o período inicial de #luto, algumas vezes ainda é preciso lidar com situações desagradáveis, como as dívidas da pessoa falecida. Em empréstimos pessoais, créditos consignados ou contratos de financiamento imobiliário, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento da dívida acumulada. Nos casos de um empréstimo pessoal, a dívida deve ser paga com a herança e para o crédito consignado, o art. 16 da Lei n. 1.046/1950 diz que eles extinguem-se após a morte do consignante.

Descrição da imagem #PraCegoVer: ilustração de um cofre de porquinho quebrado. Ele parece estar morto, já que no lugar dos seus olhos tem um “x”. Do cofre saem moedas com asas voando.
Texto: Dívidas pós-morte. 
Empréstimo pessoal: A herança deve ser usada para quitar os débitos pendentes. Se os bens não forem suficientes para cobrir a dívida, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento. 
Crédito consignado: extinguem-se quando o consignante falece. 
Contratos de crédito imobiliário: tem o seguro obrigatório por morte ou invalidez permanente que serve para quitar o contrato caso a pessoa venha a falecer.
CNJ
Uma dúvida recorrente sobre as dívidas do falecido. #Repost  @cnj_oficial (@get_repost) ・・・ #DÍVIDAS  APÓS A MORTE QUEM PAGA? Perder uma pessoa querida nunca é fácil. Após o período inicial de #luto , algumas vezes ainda é preciso lidar com situações desagradáveis, como as dívidas da pessoa falecida. Em empréstimos pessoais, créditos consignados ou contratos de financiamento imobiliário, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento da dívida acumulada. Nos casos de um empréstimo pessoal, a dívida deve ser paga com a herança e para o crédito consignado, o art. 16 da Lei n. 1.046/1950 diz que eles extinguem-se após a morte do consignante. Descrição da imagem #PraCegoVer : ilustração de um cofre de porquinho quebrado. Ele parece estar morto, já que no lugar dos seus olhos tem um “x”. Do cofre saem moedas com asas voando. Texto: Dívidas pós-morte. Empréstimo pessoal: A herança deve ser usada para quitar os débitos pendentes. Se os bens não forem suficientes para cobrir a dívida, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento. Crédito consignado: extinguem-se quando o consignante falece. Contratos de crédito imobiliário: tem o seguro obrigatório por morte ou invalidez permanente que serve para quitar o contrato caso a pessoa venha a falecer. CNJ
#Repost @cnj_oficial (@get_repost)
・・・
#DÍVIDAS APÓS A MORTE
QUEM PAGA?

Perder uma pessoa querida nunca é fácil. Após o período inicial de #luto, algumas vezes ainda é preciso lidar com situações desagradáveis, como as dívidas da pessoa falecida. Em empréstimos pessoais, créditos consignados ou contratos de financiamento imobiliário, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento da dívida acumulada. Nos casos de um empréstimo pessoal, a dívida deve ser paga com a herança e para o crédito consignado, o art. 16 da Lei n. 1.046/1950 diz que eles extinguem-se após a morte do consignante.

Descrição da imagem #PraCegoVer: ilustração de um cofre de porquinho quebrado. Ele parece estar morto, já que no lugar dos seus olhos tem um “x”. Do cofre saem moedas com asas voando.
Texto: Dívidas pós-morte. 
Empréstimo pessoal: A herança deve ser usada para quitar os débitos pendentes. Se os bens não forem suficientes para cobrir a dívida, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento. 
Crédito consignado: extinguem-se quando o consignante falece. 
Contratos de crédito imobiliário: tem o seguro obrigatório por morte ou invalidez permanente que serve para quitar o contrato caso a pessoa venha a falecer.
CNJ
#Repost  @cnj_oficial (@get_repost) ・・・ #DÍVIDAS  APÓS A MORTE QUEM PAGA? Perder uma pessoa querida nunca é fácil. Após o período inicial de #luto , algumas vezes ainda é preciso lidar com situações desagradáveis, como as dívidas da pessoa falecida. Em empréstimos pessoais, créditos consignados ou contratos de financiamento imobiliário, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento da dívida acumulada. Nos casos de um empréstimo pessoal, a dívida deve ser paga com a herança e para o crédito consignado, o art. 16 da Lei n. 1.046/1950 diz que eles extinguem-se após a morte do consignante. Descrição da imagem #PraCegoVer : ilustração de um cofre de porquinho quebrado. Ele parece estar morto, já que no lugar dos seus olhos tem um “x”. Do cofre saem moedas com asas voando. Texto: Dívidas pós-morte. Empréstimo pessoal: A herança deve ser usada para quitar os débitos pendentes. Se os bens não forem suficientes para cobrir a dívida, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento. Crédito consignado: extinguem-se quando o consignante falece. Contratos de crédito imobiliário: tem o seguro obrigatório por morte ou invalidez permanente que serve para quitar o contrato caso a pessoa venha a falecer. CNJ
#Repost @cnj_oficial (@get_repost)
・・・
#DÍVIDAS APÓS A MORTE
QUEM PAGA?

Perder uma pessoa querida nunca é fácil. Após o período inicial de #luto, algumas vezes ainda é preciso lidar com situações desagradáveis, como as dívidas da pessoa falecida. Em empréstimos pessoais, créditos consignados ou contratos de financiamento imobiliário, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento da dívida acumulada. Nos casos de um empréstimo pessoal, a dívida deve ser paga com a herança e para o crédito consignado, o art. 16 da Lei n. 1.046/1950 diz que eles extinguem-se após a morte do consignante.

Descrição da imagem #PraCegoVer: ilustração de um cofre de porquinho quebrado. Ele parece estar morto, já que no lugar dos seus olhos tem um “x”. Do cofre saem moedas com asas voando.
Texto: Dívidas pós-morte. 
Empréstimo pessoal: A herança deve ser usada para quitar os débitos pendentes. Se os bens não forem suficientes para cobrir a dívida, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento. 
Crédito consignado: extinguem-se quando o consignante falece. 
Contratos de crédito imobiliário: tem o seguro obrigatório por morte ou invalidez permanente que serve para quitar o contrato caso a pessoa venha a falecer.
CNJ
#Repost  @cnj_oficial (@get_repost) ・・・ #DÍVIDAS  APÓS A MORTE QUEM PAGA? Perder uma pessoa querida nunca é fácil. Após o período inicial de #luto , algumas vezes ainda é preciso lidar com situações desagradáveis, como as dívidas da pessoa falecida. Em empréstimos pessoais, créditos consignados ou contratos de financiamento imobiliário, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento da dívida acumulada. Nos casos de um empréstimo pessoal, a dívida deve ser paga com a herança e para o crédito consignado, o art. 16 da Lei n. 1.046/1950 diz que eles extinguem-se após a morte do consignante. Descrição da imagem #PraCegoVer : ilustração de um cofre de porquinho quebrado. Ele parece estar morto, já que no lugar dos seus olhos tem um “x”. Do cofre saem moedas com asas voando. Texto: Dívidas pós-morte. Empréstimo pessoal: A herança deve ser usada para quitar os débitos pendentes. Se os bens não forem suficientes para cobrir a dívida, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento. Crédito consignado: extinguem-se quando o consignante falece. Contratos de crédito imobiliário: tem o seguro obrigatório por morte ou invalidez permanente que serve para quitar o contrato caso a pessoa venha a falecer. CNJ
#Repost @cnj_oficial (@get_repost)
・・・
#DÍVIDAS APÓS A MORTE
QUEM PAGA?

Perder uma pessoa querida nunca é fácil. Após o período inicial de #luto, algumas vezes ainda é preciso lidar com situações desagradáveis, como as dívidas da pessoa falecida. Em empréstimos pessoais, créditos consignados ou contratos de financiamento imobiliário, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento da dívida acumulada. Nos casos de um empréstimo pessoal, a dívida deve ser paga com a herança e para o crédito consignado, o art. 16 da Lei n. 1.046/1950 diz que eles extinguem-se após a morte do consignante.

Descrição da imagem #PraCegoVer: ilustração de um cofre de porquinho quebrado. Ele parece estar morto, já que no lugar dos seus olhos tem um “x”. Do cofre saem moedas com asas voando.
Texto: Dívidas pós-morte. 
Empréstimo pessoal: A herança deve ser usada para quitar os débitos pendentes. Se os bens não forem suficientes para cobrir a dívida, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento. 
Crédito consignado: extinguem-se quando o consignante falece. 
Contratos de crédito imobiliário: tem o seguro obrigatório por morte ou invalidez permanente que serve para quitar o contrato caso a pessoa venha a falecer.
CNJ
#Repost  @cnj_oficial (@get_repost) ・・・ #DÍVIDAS  APÓS A MORTE QUEM PAGA? Perder uma pessoa querida nunca é fácil. Após o período inicial de #luto , algumas vezes ainda é preciso lidar com situações desagradáveis, como as dívidas da pessoa falecida. Em empréstimos pessoais, créditos consignados ou contratos de financiamento imobiliário, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento da dívida acumulada. Nos casos de um empréstimo pessoal, a dívida deve ser paga com a herança e para o crédito consignado, o art. 16 da Lei n. 1.046/1950 diz que eles extinguem-se após a morte do consignante. Descrição da imagem #PraCegoVer : ilustração de um cofre de porquinho quebrado. Ele parece estar morto, já que no lugar dos seus olhos tem um “x”. Do cofre saem moedas com asas voando. Texto: Dívidas pós-morte. Empréstimo pessoal: A herança deve ser usada para quitar os débitos pendentes. Se os bens não forem suficientes para cobrir a dívida, os familiares não podem ser responsabilizados pelo pagamento. Crédito consignado: extinguem-se quando o consignante falece. Contratos de crédito imobiliário: tem o seguro obrigatório por morte ou invalidez permanente que serve para quitar o contrato caso a pessoa venha a falecer. CNJ
Economizar sem perder o prazer de Viver
Economizar sem perder o prazer de Viver