an online Instagram web viewer

#diverticulose medias

Photos

Por se tratar de uma doença intestinal, a diverticulose requer distância de alguns alimentos de difícil digestão. Por se tratar de microbolsas, alguns alimentos acabam se alojando dentro delas, causando  uma inflamação chamada diverticulite.

São esses alimentos: •Grãos (incluindo pipoca, pães de milho, aveia ou qualquer alimento que seja feito com farelo ou arroz integral);
•Frutos (como uva passa, mirtilo, framboesa) e vegetais (como o brócolis, repolho e couve-flor);
•Carnes e proteínas (como peixes de qualquer espécie e os ovos);
•Queijos fortes;
•Sementes ou nozes;
•Feijão;
•Ervilha;
•Café;
•Chás;
•Bebidas com gás. 
#serramayor #diverticulose #alimentação #doençaintestinal
Por se tratar de uma doença intestinal, a diverticulose requer distância de alguns alimentos de difícil digestão. Por se tratar de microbolsas, alguns alimentos acabam se alojando dentro delas, causando uma inflamação chamada diverticulite. São esses alimentos: •Grãos (incluindo pipoca, pães de milho, aveia ou qualquer alimento que seja feito com farelo ou arroz integral); •Frutos (como uva passa, mirtilo, framboesa) e vegetais (como o brócolis, repolho e couve-flor); •Carnes e proteínas (como peixes de qualquer espécie e os ovos); •Queijos fortes; •Sementes ou nozes; •Feijão; •Ervilha; •Café; •Chás; •Bebidas com gás. #serramayor  #diverticulose  #alimentação  #doençaintestinal 
A diverticulose (ou doença diverticular) é uma doença da parede intestinal que forma grande número de pequenas bolsas projetadas para fora da parede dos intestinos, chamadas divertículos, que podem se localizar em qualquer parte do trato intestinal, mas ocorrem com maior frequência no intestino grosso. São semelhantes a "bolhas" na parede intestinal. Quando os divertículos inflamam, chamamos de diverticulite.
Uma grande parte dos indivíduos com mais de 60 anos pode ter diverticulose, sendo que homens e mulheres têm chances iguais.
Alguns fatores colaboram para o aparecimento de divertículos, como: mau funcionamento do intestino, aumento da pressão no interior do cólon, idade avançada, sedentarismo, dieta pobre em fibras e predisposição genética.
A diverticulose pode permanecer assintomática ou apresentar queixas inespecíficas, como dores abdominais, eliminação excessiva de gases, diarreia ou prisão de ventre. Em caso de diverticulite, os sintomas podem se tornar mais intensos, com dor aguda principalmente na parte esquerda do abdome, febre, náuseas, diarreia com muco, pus ou sangue.
O diagnóstico da diverticulose é feito pela análise das queixas dos pacientes, mais exames complementares, como radiografia do intestino grosso, tomografia e colonoscopia. 👩🏼‍⚕️
#draevelyngbatalini #medicina #saúde #saúdepública #vidasaudável #qualidadedevida #medicinaporamor #diverticulose #diverticulite #colonoscopia #saúdedointestino
A diverticulose (ou doença diverticular) é uma doença da parede intestinal que forma grande número de pequenas bolsas projetadas para fora da parede dos intestinos, chamadas divertículos, que podem se localizar em qualquer parte do trato intestinal, mas ocorrem com maior frequência no intestino grosso. São semelhantes a "bolhas" na parede intestinal. Quando os divertículos inflamam, chamamos de diverticulite. Uma grande parte dos indivíduos com mais de 60 anos pode ter diverticulose, sendo que homens e mulheres têm chances iguais. Alguns fatores colaboram para o aparecimento de divertículos, como: mau funcionamento do intestino, aumento da pressão no interior do cólon, idade avançada, sedentarismo, dieta pobre em fibras e predisposição genética. A diverticulose pode permanecer assintomática ou apresentar queixas inespecíficas, como dores abdominais, eliminação excessiva de gases, diarreia ou prisão de ventre. Em caso de diverticulite, os sintomas podem se tornar mais intensos, com dor aguda principalmente na parte esquerda do abdome, febre, náuseas, diarreia com muco, pus ou sangue. O diagnóstico da diverticulose é feito pela análise das queixas dos pacientes, mais exames complementares, como radiografia do intestino grosso, tomografia e colonoscopia. 👩🏼‍⚕️ #draevelyngbatalini  #medicina  #saúde  #saúdepública  #vidasaudável  #qualidadedevida  #medicinaporamor  #diverticulose  #diverticulite  #colonoscopia  #saúdedointestino 
Quais os sintomas da Diverticulose e Diverticulite?

Diverticulose
A maioria das pessoas com divertículos não apresentam nenhum desconforto ou sintoma. Entretanto os sintomas podem ser leves cólicas, estufamento e constipação. Entretanto quadros como a síndrome do intestino irritável e úlcera gástrica, por exemplo, apresentam os mesmo sintomas. Ou seja, a presença de desconfortos como estes nem sempre confirmam que a pessoa tenha divertículos.

Diverticulite
O sintoma mais comum da diverticulite é a dor abdominal. O sinal mais comum é a presença de dor ao palpar a região lateral esquerda e inferior do abdômen. Se a infecção esteja presente febre, náusea, vômitos, calafrios,
cólicas e constipação podem ocorrer. A gravidade dos sintomas depende da extensão da infecção e suas complicações.

#sintomas #diverticulose #diverticulite #dorabdominal #cólicas #estufamento  #constipação
Quais os sintomas da Diverticulose e Diverticulite? Diverticulose A maioria das pessoas com divertículos não apresentam nenhum desconforto ou sintoma. Entretanto os sintomas podem ser leves cólicas, estufamento e constipação. Entretanto quadros como a síndrome do intestino irritável e úlcera gástrica, por exemplo, apresentam os mesmo sintomas. Ou seja, a presença de desconfortos como estes nem sempre confirmam que a pessoa tenha divertículos. Diverticulite O sintoma mais comum da diverticulite é a dor abdominal. O sinal mais comum é a presença de dor ao palpar a região lateral esquerda e inferior do abdômen. Se a infecção esteja presente febre, náusea, vômitos, calafrios, cólicas e constipação podem ocorrer. A gravidade dos sintomas depende da extensão da infecção e suas complicações. #sintomas  #diverticulose  #diverticulite  #dorabdominal  #cólicas  #estufamento  #constipação 
O que é Diverticulose e Diverticulite? 
Divertículos são pequenos sacos que se projetam para fora da parede do intestino grosso. A presença de vários divertículos é chamada de diverticulose. Caso algum dos divertículos inflame ou infeccione, o quadro é chamado de diverticulite. Isto acontece em cerca de 10 a 25% dos portadores de divertículos.
Diverticulose e diverticulite também são chamados de doença diverticular do cólon.

#diverticulose #diverticulite #intestino #doença #drrodrigo #procto
O que é Diverticulose e Diverticulite? Divertículos são pequenos sacos que se projetam para fora da parede do intestino grosso. A presença de vários divertículos é chamada de diverticulose. Caso algum dos divertículos inflame ou infeccione, o quadro é chamado de diverticulite. Isto acontece em cerca de 10 a 25% dos portadores de divertículos. Diverticulose e diverticulite também são chamados de doença diverticular do cólon. #diverticulose  #diverticulite  #intestino  #doença  #drrodrigo  #procto 
La #diverticulose #colique est une maladie acquise de la paroi colique, caractérisée par la présence des diverticules (hernies de la muqueuse colique à travers la musculeuse), surtout sur le colon gauche (#colon descendant et #sigmoïde)⠀
⠀
La diverticulose colique est rare avant 30 ans et augmente avec l'âge (plus de 50 % aux patients de plus de 70 ans). ⠀
⠀
Environ un quart des patients porteurs de diverticules présentent des symptômes .  Les plus fréquents sont:⠀
- douleurs abdominales;⠀
- troubles du transit intestinal (#constipation / #diarrhée);⠀
- #rectorragies. ⠀
⠀
La diverticulite correspond à l'#inflammation d'un #diverticule due à son infection.⠀
Cette infection / inflammation est initialement localisée dans un diverticule et sa paroi et puis diffuse à la paroi colique (colite / sigmoïdite) et dans la graisse péri colique. ⠀
Si elle n’est pas traitée l’infection peut évoluer vers un abcès. À son tour, l'abcès peut se rompre dans la cavité péritonéale et entraîner une péritonite, ou dans un organe de voisinage tel que le vagin ou surtout la vessie, donnant une fistule sigmoïdo-vésicale avec pneumaturie et fécalurie. La sigmoïdite peut aussi évoluer vers la constitution d'une sténose, responsable d'épisodes d'occlusion intestinale (arrêt du transit intestinal, vomissements). Les sténoses incomplètes, progressives peuvent se manifester par un syndrome sub occlusif de type König: épisode douloureux d'arrêt des gaz et matières et résolution brutale avec soulagement à type de débâcle des gaz et matières (hydro-aérique).⠀
⠀
Le bilan sanguin (numération formule sanguine, biochimie) montre une hyperleucocytose et augmentation de la protéine C réactive (CRP). ⠀
Le scanner abdomino-pelvien montre les diverticules, l'épaississement de la paroi colique et un éventuel abcès péri colique ou un pneumopéritoine (signe de perforation).⠀
Le lavement aux produits hydrosolubles montre la cartographie des diverticules et de signes de dl’inflammation.
La #coloscopie est contre-indiquée dans la période aiguë.

#gastro #chirurgie #surgery #medicalstudent #learnmedicine #scanning #premedlife #USMLE #intestin #sigmoide #medical
La #diverticulose  #colique  est une maladie acquise de la paroi colique, caractérisée par la présence des diverticules (hernies de la muqueuse colique à travers la musculeuse), surtout sur le colon gauche (#colon  descendant et #sigmoïde )⠀ ⠀ La diverticulose colique est rare avant 30 ans et augmente avec l'âge (plus de 50 % aux patients de plus de 70 ans). ⠀ ⠀ Environ un quart des patients porteurs de diverticules présentent des symptômes . Les plus fréquents sont:⠀ - douleurs abdominales;⠀ - troubles du transit intestinal (#constipation  / #diarrhée );⠀ - #rectorragies . ⠀ ⠀ La diverticulite correspond à l'#inflammation  d'un #diverticule  due à son infection.⠀ Cette infection / inflammation est initialement localisée dans un diverticule et sa paroi et puis diffuse à la paroi colique (colite / sigmoïdite) et dans la graisse péri colique. ⠀ Si elle n’est pas traitée l’infection peut évoluer vers un abcès. À son tour, l'abcès peut se rompre dans la cavité péritonéale et entraîner une péritonite, ou dans un organe de voisinage tel que le vagin ou surtout la vessie, donnant une fistule sigmoïdo-vésicale avec pneumaturie et fécalurie. La sigmoïdite peut aussi évoluer vers la constitution d'une sténose, responsable d'épisodes d'occlusion intestinale (arrêt du transit intestinal, vomissements). Les sténoses incomplètes, progressives peuvent se manifester par un syndrome sub occlusif de type König: épisode douloureux d'arrêt des gaz et matières et résolution brutale avec soulagement à type de débâcle des gaz et matières (hydro-aérique).⠀ ⠀ Le bilan sanguin (numération formule sanguine, biochimie) montre une hyperleucocytose et augmentation de la protéine C réactive (CRP). ⠀ Le scanner abdomino-pelvien montre les diverticules, l'épaississement de la paroi colique et un éventuel abcès péri colique ou un pneumopéritoine (signe de perforation).⠀ Le lavement aux produits hydrosolubles montre la cartographie des diverticules et de signes de dl’inflammation. La #coloscopie  est contre-indiquée dans la période aiguë. #gastro  #chirurgie  #surgery  #medicalstudent  #learnmedicine  #scanning  #premedlife  #USMLE  #intestin  #sigmoide  #medical 
Dando continuidade ao post anterior...⠀⠀⠀
A #constipaçãoIntestinal, quando não tratada, pode gerar efeitos adversos. ⠀⠀⠀
⚠️ CONSEQUÊNCIAS: ⠀⠀⠀
1. #Fissuras anais e dor ao evacuar; 
2. #Hemorróida (veias inflamadas e dilatadas na região retal e anal; 
3. #Diverticulose: formação de cistos na parede intestinal, devido à pressão exercida nesse local no momento da evacuação; 
4. #Diverticulite: inflamação desses cistos causados pelo acúmulo de fezes nos mesmos;
5. #Fecaloma: grande massa de fezes endurecidas, que dificilmente conseguem ser expelidas. ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀
⭕️ Mas CALMA! Existe solução! ⠀⠀⠀⠀
✳️ A alimentação é fundamental para a reversão deste quadro e também na sua prevenção. ⠀⠀⠀⠀
🔆Aí vão as dicas: 
1. Aumente o aporte de #fibras #insolúveis na sua alimentação (elas promovem um trânsito intestinal mais rápido e um maior volume das fezes). Estão presentes na parte externa e/ou casca de cereais integrais, leguminosas, frutas in natura e hortaliças cruas. ⠀⠀⠀⠀
2. Dê preferência as #frutaslaxantes: mamão, laranja e mexerica com bagaço, maçã com casca, goiaba, ameixa preta. 
3. Consuma bastante #água 💦 (de 8 a 10 copos de 200 mL por dia). Fibra sem ingestão adequada de água piora a constipação. 
4. #Diminua os #industrializados e alimentos feitos de #carboidratosimples (ricos em açúcar, feitos de farinha branca/refinada). Por serem pobres em fibras, formam pouco ou nenhum resíduo no intestino, contribuindo para piora/desenvolvimento do quadro. 
5. Aumente o consumo de alimentos compostos por #gorduraboa: abacate, nozes e castanhas, óleos vegetais. Estes, além de acelerar o trânsito intestinal, reduzem a inflamação local. 
6. Consuma mais iogurte, coalhada, leite e derivados lácteos e/ou, se possível, use de probióticos para melhorar a #disbiose intestinal (desequilíbrio entre bactérias benefícas e maléficas no intestino).⠀⠀⠀⠀
7. Por fim, procure um educador físico 🏋🏼‍♀️🏃🏻‍♀️como estratégia para aumentar a motilidade intestinal através da #atividadefísica. ⠀⠀⠀⠀
--------------------------------
✅ Procure um nutricionista para adequar esses alimentos em sua dieta de forma mais específica e equilibrada. ⠀⠀⠀⠀
⚠️ Não use probióticos sem prescrição. 
#nutriresponde
Dando continuidade ao post anterior...⠀⠀⠀ A #constipaçãoIntestinal , quando não tratada, pode gerar efeitos adversos. ⠀⠀⠀ ⚠️ CONSEQUÊNCIAS: ⠀⠀⠀ 1. #Fissuras  anais e dor ao evacuar; 2. #Hemorróida  (veias inflamadas e dilatadas na região retal e anal; 3. #Diverticulose : formação de cistos na parede intestinal, devido à pressão exercida nesse local no momento da evacuação; 4. #Diverticulite : inflamação desses cistos causados pelo acúmulo de fezes nos mesmos; 5. #Fecaloma : grande massa de fezes endurecidas, que dificilmente conseguem ser expelidas. ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀ ⭕️ Mas CALMA! Existe solução! ⠀⠀⠀⠀ ✳️ A alimentação é fundamental para a reversão deste quadro e também na sua prevenção. ⠀⠀⠀⠀ 🔆Aí vão as dicas: 1. Aumente o aporte de #fibras  #insolúveis  na sua alimentação (elas promovem um trânsito intestinal mais rápido e um maior volume das fezes). Estão presentes na parte externa e/ou casca de cereais integrais, leguminosas, frutas in natura e hortaliças cruas. ⠀⠀⠀⠀ 2. Dê preferência as #frutaslaxantes : mamão, laranja e mexerica com bagaço, maçã com casca, goiaba, ameixa preta. 3. Consuma bastante #água  💦 (de 8 a 10 copos de 200 mL por dia). Fibra sem ingestão adequada de água piora a constipação. 4. #Diminua  os #industrializados  e alimentos feitos de #carboidratosimples  (ricos em açúcar, feitos de farinha branca/refinada). Por serem pobres em fibras, formam pouco ou nenhum resíduo no intestino, contribuindo para piora/desenvolvimento do quadro. 5. Aumente o consumo de alimentos compostos por #gorduraboa : abacate, nozes e castanhas, óleos vegetais. Estes, além de acelerar o trânsito intestinal, reduzem a inflamação local. 6. Consuma mais iogurte, coalhada, leite e derivados lácteos e/ou, se possível, use de probióticos para melhorar a #disbiose  intestinal (desequilíbrio entre bactérias benefícas e maléficas no intestino).⠀⠀⠀⠀ 7. Por fim, procure um educador físico 🏋🏼‍♀️🏃🏻‍♀️como estratégia para aumentar a motilidade intestinal através da #atividadefísica . ⠀⠀⠀⠀ -------------------------------- ✅ Procure um nutricionista para adequar esses alimentos em sua dieta de forma mais específica e equilibrada. ⠀⠀⠀⠀ ⚠️ Não use probióticos sem prescrição. #nutriresponde 
👉🏻 Diverticulite? E agora, Doutor? Divertículos são pequenas bolsas que se formam na parede do intestino grosso, habitualmente em pessoas com mais de 60 anos de idade. Muitas pessoas tem a doença diverticular sem apresentar nenhum tipo de queixa ou sintoma. Os divertículos, porém, podem infectar, levando a um quadro chamado de diverticulite. 🤢 O que se sente? Em geral, os sintomas são: mal estar, dor intensa na região inferior esquerda do abdome, febre, alterações do ritmo intestinal, diarreia ou prisão de ventre, náuseas e vômitos. Pode estar presente também sangue vivo nas fezes. 😱 Pode complicar? Sim, eventualmente pode ocorrer perfuração dos divertículos, abscessos e fístulas. Não há relação direta entre a diverticulite e o câncer de intestino. 🔎 Como é feito o diagnóstico? O melhor exame diagnóstico quando há suspeita de diverticulite é a tomografia do abdome. Nestes casos, a colonoscopia deve ser feita somente após resolução da inflamação. 💉 Como é o tratamento? Paciente com a doença diverticular sem sintomas, não necessitam de tratamento. Uma diverticulite leve pode ser tratada em casa com antibióticos e dieta restrita a líquidos. Em casos mais graves a hospitalização e o uso de antibióticos por via venosa faz-se necessário. Nos casos com complicação pode ser necessária cirurgia e retirada do segmento intestinal acometido. ⁉️ Como prevenir? A dieta e o estilo de vida tem um papel muito importante neste sentido. É importante emagrecer, parar de fumar, evitar o consumo de carne vermelha e gordura de origem animal, fazer atividade física, evitar o uso de medicamentos (especialmente anti-inflamatórios) sem necessidade e se hidratar corretamente. Aumentar o consumo de fibras é crucial. Verduras cruas ou cozidas, alimentos integrais e frutas são os principais aliados. 
Pronto! Agora você já sabe muita coisa sobre a Doença Diverticular. Mas isso não significa que não precise procurar o seu médico! 
Qualquer dúvida estamos à disposição, até a próxima 👩🏻‍⚕️ #diverticulitis #diverticulite #diverticular #doencadiverticular #diverticulose #proctologia #cirurgia #cirurgiageral #hospital #clinica #eagoradoutor
👉🏻 Diverticulite? E agora, Doutor? Divertículos são pequenas bolsas que se formam na parede do intestino grosso, habitualmente em pessoas com mais de 60 anos de idade. Muitas pessoas tem a doença diverticular sem apresentar nenhum tipo de queixa ou sintoma. Os divertículos, porém, podem infectar, levando a um quadro chamado de diverticulite. 🤢 O que se sente? Em geral, os sintomas são: mal estar, dor intensa na região inferior esquerda do abdome, febre, alterações do ritmo intestinal, diarreia ou prisão de ventre, náuseas e vômitos. Pode estar presente também sangue vivo nas fezes. 😱 Pode complicar? Sim, eventualmente pode ocorrer perfuração dos divertículos, abscessos e fístulas. Não há relação direta entre a diverticulite e o câncer de intestino. 🔎 Como é feito o diagnóstico? O melhor exame diagnóstico quando há suspeita de diverticulite é a tomografia do abdome. Nestes casos, a colonoscopia deve ser feita somente após resolução da inflamação. 💉 Como é o tratamento? Paciente com a doença diverticular sem sintomas, não necessitam de tratamento. Uma diverticulite leve pode ser tratada em casa com antibióticos e dieta restrita a líquidos. Em casos mais graves a hospitalização e o uso de antibióticos por via venosa faz-se necessário. Nos casos com complicação pode ser necessária cirurgia e retirada do segmento intestinal acometido. ⁉️ Como prevenir? A dieta e o estilo de vida tem um papel muito importante neste sentido. É importante emagrecer, parar de fumar, evitar o consumo de carne vermelha e gordura de origem animal, fazer atividade física, evitar o uso de medicamentos (especialmente anti-inflamatórios) sem necessidade e se hidratar corretamente. Aumentar o consumo de fibras é crucial. Verduras cruas ou cozidas, alimentos integrais e frutas são os principais aliados. Pronto! Agora você já sabe muita coisa sobre a Doença Diverticular. Mas isso não significa que não precise procurar o seu médico! Qualquer dúvida estamos à disposição, até a próxima 👩🏻‍⚕️ #diverticulitis  #diverticulite  #diverticular  #doencadiverticular  #diverticulose  #proctologia  #cirurgia  #cirurgiageral  #hospital  #clinica  #eagoradoutor 
Diverticulose e diverticulite também são chamados de doença diverticular do cólon. 
Divertículos são pequenos sacos que se projetam para fora da parede do intestino grosso. A presença de vários divertículos é diverticulose. Indivíduos com divertículos não apresentam nenhum desconforto ou sintoma.
A Diverticulite ocorre quando o divertículo infecta (bactéria) ou inflama. Isto pode começar quando restos fecais e bactérias tampam os sacos diverticulares. Os sintomas são dores abdominais, sensibilidade à pressão no quadrante inferior esquerdo, acompanhado de febre, náuseas, vômitos, distensão abdominal, após alimentação, mudança do hábito intestinal e sangramento retal. 
Normalmente o diagnóstico da doença é obtido por  tomografia computadorizada (TC) e seu valor preditivo positivo é de 88% , após histórico clinico dos sintomas.
Sua etiologia ainda não está bem definida, a teoria mais aceita é que os divertículos provêm de dieta pobre em fibra, mas alguns trabalhos associam também a relação entre a presença de gordura visceral, parâmetros de obesidade, consumo de gordura, sedentarismo e hidratação deficiente. 
Fibras fazem parte de frutas, vegetais e grãos, que o organismo não consegue digerir. Algumas fibras dissolvem facilmente em água (solúveis) e se transformam em uma pasta mole dentro dos intestinos. Outras fibras passam quase que inteiras pelo tubo digestivo (fibras insolúveis). Ambos tipos de fibras ajudam a manter as fezes moles e fáceis de transportar através dos intestinos, evitando constipação. Fezes endurecidas fazem aumentar a pressão dentro do cólon projetando pequenas saculações externamente - os divertículos. 
No tratamento da Diverticulose é importante aumentar a quantidade de fibra na dieta a fim de impedir que os divertículos inflamem. Recomenda-se a ingestão de 20 a 35g de fibra por dia. Também se orienta a utilização de medicamentos que funcionam como suplementos de fibras. Lembrando que é importante aumentar a hidratação.
Na diverticulite o foco é o controle da infecção e inflamação, para tanto é importante deixar o cólon em repouso, recomenda-se dieta líquida, associado a analgésicos. Procure um nutricionista! 
Texto de @taniamonteironutri
Diverticulose e diverticulite também são chamados de doença diverticular do cólon. Divertículos são pequenos sacos que se projetam para fora da parede do intestino grosso. A presença de vários divertículos é diverticulose. Indivíduos com divertículos não apresentam nenhum desconforto ou sintoma. A Diverticulite ocorre quando o divertículo infecta (bactéria) ou inflama. Isto pode começar quando restos fecais e bactérias tampam os sacos diverticulares. Os sintomas são dores abdominais, sensibilidade à pressão no quadrante inferior esquerdo, acompanhado de febre, náuseas, vômitos, distensão abdominal, após alimentação, mudança do hábito intestinal e sangramento retal. Normalmente o diagnóstico da doença é obtido por  tomografia computadorizada (TC) e seu valor preditivo positivo é de 88% , após histórico clinico dos sintomas. Sua etiologia ainda não está bem definida, a teoria mais aceita é que os divertículos provêm de dieta pobre em fibra, mas alguns trabalhos associam também a relação entre a presença de gordura visceral, parâmetros de obesidade, consumo de gordura, sedentarismo e hidratação deficiente. Fibras fazem parte de frutas, vegetais e grãos, que o organismo não consegue digerir. Algumas fibras dissolvem facilmente em água (solúveis) e se transformam em uma pasta mole dentro dos intestinos. Outras fibras passam quase que inteiras pelo tubo digestivo (fibras insolúveis). Ambos tipos de fibras ajudam a manter as fezes moles e fáceis de transportar através dos intestinos, evitando constipação. Fezes endurecidas fazem aumentar a pressão dentro do cólon projetando pequenas saculações externamente - os divertículos. No tratamento da Diverticulose é importante aumentar a quantidade de fibra na dieta a fim de impedir que os divertículos inflamem. Recomenda-se a ingestão de 20 a 35g de fibra por dia. Também se orienta a utilização de medicamentos que funcionam como suplementos de fibras. Lembrando que é importante aumentar a hidratação. Na diverticulite o foco é o controle da infecção e inflamação, para tanto é importante deixar o cólon em repouso, recomenda-se dieta líquida, associado a analgésicos. Procure um nutricionista! Texto de @taniamonteironutri
Condição em que pequenas bolsas salientes se desenvolvem no trato digestivo.Comum em pessoas acima dos 40 anos.
Geralmente, não há nenhum sintoma, exceto se os divertículos inflamarem ou forem infectados (diverticulite), o que pode resultar em febre e dores abdominais.Geralmente, o tratamento não é necessário, salvo em caso de inflamação.
#gastrovida #gastro #aparelhodigestivo #intestino #diverticulose #saude #bemestar #cuidado #montesclaros #minasgerais #brasil
O intestino grosso possui diferentes camadas de tecido e, em certas situações, a camada mais interna (mucosa) pode formar uma hérnia semelhante a uma bolsa chamada DIVERTÍCULO. A presença de muitos divertículos é chamada de DIVERTICULOSE e nessas bolsas podem-se acumular resíduos de fezes e algumas bactérias.😟Quando os divertículos inflamam, causam a DIVERTICULITE que pode trazer complicações como abcessos, fístulas e peritonite, situações graves e com risco de morte. A colonoscopia e a tomografia computadorizada são os principais exames de detecção da diverticulose e o principal tratamento é prevenir e controlar os sintomas com uma alimentação rica em fibras solúveis e insolúveis, ingestão adequada de água, uso de probióticos para controlar a microbiota intestinal e praticar atividades físicas para garantir um bom funcionamento intestinal. 🍓🍉🍌💦🏋🏼⛹Parece brincadeira, mas é FUNDAMENTAL que suas fezes sejam bonitas (na medida do possível). 💩 Devem ter aparencia homogênea, consistência e cor normal e não estar em pedaços. 🙅🏻Caso não esteja assim, provavelmente, houve alguma erro na alimentação que deve ser corrigido! 🤔 
Estamos aqui para ajudar! Nada de sofrer com o intestino! 😉
Fonte: http://jama.jamanetwork.com #nutricaosa #nutricao #nutrição #nutrition #nutricionista #intestino #intestinosaudável #diverticulose #divesticulite #intestinalhealth #intestinal #fibras #alimentacaosaudavel #bomdia #morning
O intestino grosso possui diferentes camadas de tecido e, em certas situações, a camada mais interna (mucosa) pode formar uma hérnia semelhante a uma bolsa chamada DIVERTÍCULO. A presença de muitos divertículos é chamada de DIVERTICULOSE e nessas bolsas podem-se acumular resíduos de fezes e algumas bactérias.😟Quando os divertículos inflamam, causam a DIVERTICULITE que pode trazer complicações como abcessos, fístulas e peritonite, situações graves e com risco de morte. A colonoscopia e a tomografia computadorizada são os principais exames de detecção da diverticulose e o principal tratamento é prevenir e controlar os sintomas com uma alimentação rica em fibras solúveis e insolúveis, ingestão adequada de água, uso de probióticos para controlar a microbiota intestinal e praticar atividades físicas para garantir um bom funcionamento intestinal. 🍓🍉🍌💦🏋🏼⛹Parece brincadeira, mas é FUNDAMENTAL que suas fezes sejam bonitas (na medida do possível). 💩 Devem ter aparencia homogênea, consistência e cor normal e não estar em pedaços. 🙅🏻Caso não esteja assim, provavelmente, houve alguma erro na alimentação que deve ser corrigido! 🤔 Estamos aqui para ajudar! Nada de sofrer com o intestino! 😉 Fonte: http://jama.jamanetwork.com #nutricaosa  #nutricao  #nutrição  #nutrition  #nutricionista  #intestino  #intestinosaudável  #diverticulose  #divesticulite  #intestinalhealth  #intestinal  #fibras  #alimentacaosaudavel  #bomdia  #morning 
Toda la vida te sentastes hacer 💩 de forma errada/como fazer coco 💩 #cocodeformacorreta #vasosanitario #evitaocâncer #cancerdecolon #obstipapacao #intestinopreso #diverticulose
Orientando a população sobre os hábitos alimentares e a saúde intestinal no congresso de cirurgia oncológica e coloproctologia! #intestinogigante #polipo #crohn #diverticulose #nutricao #univag
📝 Informação da semana :Os estudos sobre doença diverticular cresceram muito nos últimos anos, inclusive no curso de Harvard tivemos um módulo inteiro sobre as novas formas de tratamento. Antigamente diziam que não poderiam comer sementes ou milho (a clássica "tirar semente do tomate"), mas os últimos estudos apontam que a ingesta de sementes não aumenta a chance de complicações. ☎️24921304. 🏥Avenida das Américas,700 b3 s233
💻@drayaramendonca 🖥FB/drayaramendonca  #diverticulo #doencadiverticular #diverticulite #intestino #diverticulose #diverticulosis #diverticulitis #diverticulardisease #bowel #boweldisease #coloprocto #procto #proctologia #coloproctologia #colorectal #colorectalsurgery #sbcp #ascrs #medicos #barradatijuca #leblon #surgery #surgeon
📝 Informação da semana :Os estudos sobre doença diverticular cresceram muito nos últimos anos, inclusive no curso de Harvard tivemos um módulo inteiro sobre as novas formas de tratamento. Antigamente diziam que não poderiam comer sementes ou milho (a clássica "tirar semente do tomate"), mas os últimos estudos apontam que a ingesta de sementes não aumenta a chance de complicações. ☎️24921304. 🏥Avenida das Américas,700 b3 s233 💻@drayaramendonca 🖥FB/drayaramendonca #diverticulo  #doencadiverticular  #diverticulite  #intestino  #diverticulose  #diverticulosis  #diverticulitis  #diverticulardisease  #bowel  #boweldisease  #coloprocto  #procto  #proctologia  #coloproctologia  #colorectal  #colorectalsurgery  #sbcp  #ascrs  #medicos  #barradatijuca  #leblon  #surgery  #surgeon 
Divertículos são pequenos sacos que se projetam para fora da parede do intestino grosso. A presença de vários divertículos é chamada de diverticulose. Caso algum dos divertículos inflame ou infeccione, o quadro é chamado de diverticulite. Isto acontece em cerca de 10 a 25% dos portadores de divertículos. Diverticulose e diverticulite também são chamados de doença diverticular do cólon.
🔸 O QUE CAUSA OS DIVERTÍCULOS?
Embora não totalmente confirmada, a teoria mais aceita é que os divertículos provêm de dieta pobre em fibra. A doença diverticular é frequente em países industrializados como os Estados Unidos, Inglaterra, Austrália, onde a ingesta de alimentos pobres em fibras é muito comum (fast food). A doença é rara na África e Ásia onde vegetais são consumidos em grande quantidade (ricos em fibra). 🔸 QUAIS OS SINTOMAS DA DIVERTICULOSE E DIVERTICULITE? 👉 DIVERTICULOSE: A maioria das pessoas com divertículos não apresentam nenhum desconforto ou sintoma. Entretanto os sintomas podem ser leves cólicas, estufamento e constipação. Entretanto quadros como a síndrome do intestino irritável e úlcera gástrica, por exemplo, apresentam os mesmo sintomas. Ou seja, a presença de desconfortos como estes nem sempre confirmam que a pessoa tenha divertículos. 👉 DIVERTICULITE: O sintoma mais comum da diverticulite é a dor abdominal. O sinal mais comum é a presença de dor ao palpar a região lateral esquerda e inferior do abdômen. Se a infecção esteja presente febre, náusea, vômitos, calafrios, cólicas e constipação podem ocorrer. A gravidade dos sintomas depende da extensão da infecção e suas complicações.
#oncologia #onco #oncodigestiva #gastro #diverticulite #diverticulose #proctologia
Divertículos são pequenos sacos que se projetam para fora da parede do intestino grosso. A presença de vários divertículos é chamada de diverticulose. Caso algum dos divertículos inflame ou infeccione, o quadro é chamado de diverticulite. Isto acontece em cerca de 10 a 25% dos portadores de divertículos. Diverticulose e diverticulite também são chamados de doença diverticular do cólon. 🔸 O QUE CAUSA OS DIVERTÍCULOS? Embora não totalmente confirmada, a teoria mais aceita é que os divertículos provêm de dieta pobre em fibra. A doença diverticular é frequente em países industrializados como os Estados Unidos, Inglaterra, Austrália, onde a ingesta de alimentos pobres em fibras é muito comum (fast food). A doença é rara na África e Ásia onde vegetais são consumidos em grande quantidade (ricos em fibra). 🔸 QUAIS OS SINTOMAS DA DIVERTICULOSE E DIVERTICULITE? 👉 DIVERTICULOSE: A maioria das pessoas com divertículos não apresentam nenhum desconforto ou sintoma. Entretanto os sintomas podem ser leves cólicas, estufamento e constipação. Entretanto quadros como a síndrome do intestino irritável e úlcera gástrica, por exemplo, apresentam os mesmo sintomas. Ou seja, a presença de desconfortos como estes nem sempre confirmam que a pessoa tenha divertículos. 👉 DIVERTICULITE: O sintoma mais comum da diverticulite é a dor abdominal. O sinal mais comum é a presença de dor ao palpar a região lateral esquerda e inferior do abdômen. Se a infecção esteja presente febre, náusea, vômitos, calafrios, cólicas e constipação podem ocorrer. A gravidade dos sintomas depende da extensão da infecção e suas complicações. #oncologia  #onco  #oncodigestiva  #gastro  #diverticulite  #diverticulose  #proctologia 
Divertículos Jejunoileais :

Divertículos de intestino delgado, são muito comuns no jejuno proximal.
Geralmente são múltiplos e variam em tamanho de poucos milímetros, até 10 cm.
Estão localizados na borda mesentérica, na inserção dos vasos mesentéricos, onde há certo enfraquecimento da parede da alça.
Estas lesões são frequentemente associadas a desordens de motilidade intestinal, tal como esclerose progressiva sistêmica, miopatia e neuropatia visceral.

Complicações associadas:

1. Dor abdominal crônica
2. Diverticulite
3. Obstrução Intestinal 
4. Hemorragia Intestinal 
5. Má absorção 
#diverticulose #medicina #cirurgia #medicine #surgery #generalsurgery #cirurgiageral
Divertículos Jejunoileais : Divertículos de intestino delgado, são muito comuns no jejuno proximal. Geralmente são múltiplos e variam em tamanho de poucos milímetros, até 10 cm. Estão localizados na borda mesentérica, na inserção dos vasos mesentéricos, onde há certo enfraquecimento da parede da alça. Estas lesões são frequentemente associadas a desordens de motilidade intestinal, tal como esclerose progressiva sistêmica, miopatia e neuropatia visceral. Complicações associadas: 1. Dor abdominal crônica 2. Diverticulite 3. Obstrução Intestinal 4. Hemorragia Intestinal 5. Má absorção #diverticulose  #medicina  #cirurgia  #medicine  #surgery  #generalsurgery  #cirurgiageral 
Entramos na época do frutinho saboroso e difícil alguém não gostar de come-lo, o #morango. O morango é um poderoso #antioxidante, rico em #vitamina C, auxilia na circulação sanguínea e consequentemente controla a #retenção de líquidos e nos níveis de #colesterol HDL e LDL. Por ser rico em #água e #fibras, auxilia no transito intestinal (servindo como laxativo, ótimo para constipação intestinal), e equilibra a quantidade de #sódio no organismo.
Mas para esses benefícios não adianta consumir 1x na semana ou no mês e colocar leite condensado ou muito açúcar. Vai engordar e aumentar a #glicemia né. Para adquirir esses benefícios, o ideal é consumir cerca de 5 morangos.
Porém, todo alimento possui os pós e contras, mesmo sendo fruta. Pessoas com cálculos renais ou predisposição para problemas renais é bom evita-los. Isso é causado pela quantidade grande de ácido oxálico, substancia causadora de cálculos renais. Outro ponto a ser analisado, é para quem tem crises de #diverticulose. Por ser rico em fibras e ácido cítrico, causando assim irritação no intestino e piorando as crises. Mas claro, tratado a crise, o paciente precisa voltar a consumir fibras para regularizar o intestino. E por último, o morango deve ser evitado aos #alérgicos. A alergia pode ser causada pelo excesso de agrotóxicos e pesticidas utilizado no plantio seja exagerada.
Bom, como agora é fruta da época estará mais em conta :D e se você não tiver esses problemas citados pode colocar na sua dieta diária que é ‘tuuudo de bom’. Beijos e até mais. #nutrifeandrade #healhtyfood #fruit #frutadaestacao #nutricao #saude
Entramos na época do frutinho saboroso e difícil alguém não gostar de come-lo, o #morango . O morango é um poderoso #antioxidante , rico em #vitamina  C, auxilia na circulação sanguínea e consequentemente controla a #retenção  de líquidos e nos níveis de #colesterol  HDL e LDL. Por ser rico em #água  e #fibras , auxilia no transito intestinal (servindo como laxativo, ótimo para constipação intestinal), e equilibra a quantidade de #sódio  no organismo. Mas para esses benefícios não adianta consumir 1x na semana ou no mês e colocar leite condensado ou muito açúcar. Vai engordar e aumentar a #glicemia  né. Para adquirir esses benefícios, o ideal é consumir cerca de 5 morangos. Porém, todo alimento possui os pós e contras, mesmo sendo fruta. Pessoas com cálculos renais ou predisposição para problemas renais é bom evita-los. Isso é causado pela quantidade grande de ácido oxálico, substancia causadora de cálculos renais. Outro ponto a ser analisado, é para quem tem crises de #diverticulose . Por ser rico em fibras e ácido cítrico, causando assim irritação no intestino e piorando as crises. Mas claro, tratado a crise, o paciente precisa voltar a consumir fibras para regularizar o intestino. E por último, o morango deve ser evitado aos #alérgicos . A alergia pode ser causada pelo excesso de agrotóxicos e pesticidas utilizado no plantio seja exagerada. Bom, como agora é fruta da época estará mais em conta :D e se você não tiver esses problemas citados pode colocar na sua dieta diária que é ‘tuuudo de bom’. Beijos e até mais. #nutrifeandrade  #healhtyfood  #fruit  #frutadaestacao  #nutricao  #saude