an online Instagram web viewer

#retocoliteulcerativa medias

Photos

Doença de Crohn ou #Retocolite?

Tanto a #RCUI quanto a #DC apresentam padrões endoscópicos que sugerem um ou outro diagnóstico, no entanto, alguns pacientes podem apresentar achados endoscópicos característicos de ambas as doenças, dificultando o diagnóstico preciso. Esta dúvida se limita aos pacientes com acometimento exclusivo do cólon, que não apresentam #fístulas ou doença perianal. Nestes casos, é feito o diagnóstico de colite inflamatória indeterminada, que ocorre em aproximadamente 10 a 15% dos casos de #DII. 
Fonte: Cabral MG, Abby F. Diagnóstico das doenças inflamatórias intestinais. Revista Hospital Universitário Pedro Ernesto. 2012;11(4):17-21 - http://revista.hupe.uerj.br/detalhe_artigo.asp?id=349

#farmaleachoudii #doençasinflamatoriasintestinais
#doençadecrohn #retocoliteulcerativa #empoderarpacientes #farmaleempodera #doençacronicasautoimunes #doencasautoimunes #doencascronicas #doençasautoimunes #doençascronicas
Doença de Crohn ou #Retocolite ? Tanto a #RCUI  quanto a #DC  apresentam padrões endoscópicos que sugerem um ou outro diagnóstico, no entanto, alguns pacientes podem apresentar achados endoscópicos característicos de ambas as doenças, dificultando o diagnóstico preciso. Esta dúvida se limita aos pacientes com acometimento exclusivo do cólon, que não apresentam #fístulas  ou doença perianal. Nestes casos, é feito o diagnóstico de colite inflamatória indeterminada, que ocorre em aproximadamente 10 a 15% dos casos de #DII . Fonte: Cabral MG, Abby F. Diagnóstico das doenças inflamatórias intestinais. Revista Hospital Universitário Pedro Ernesto. 2012;11(4):17-21 - http://revista.hupe.uerj.br/detalhe_artigo.asp?id=349 #farmaleachoudii  #doençasinflamatoriasintestinais  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #empoderarpacientes  #farmaleempodera  #doençacronicasautoimunes  #doencasautoimunes  #doencascronicas  #doençasautoimunes  #doençascronicas 
Mudou a minha vida toda

Eu estava a mil na vida, trabalhando, estudando, namorando, só parava para dormir mesmo a noite, a cabeça cheia de planos um futuro certo... até que tudo mudou, dores... muitas e muitas dores, e tudo que vem junto, e a notícia, vc tem retocolite ulcerativa, é o que????? Não tinha cura, não tem. Mudou a minha vida toda, fui internada, duas vezes, cheguei ao meu limite, e percebi que realmente tudo tinha mudado. Minha vida parou por 2 anos, eu não sabia mais o que fazer, como seria, e na verdade, ainda não sei... mas eu ainda estou aqui, ainda não é fácil, nem um pouco, medicações, exames... tudo isso é tão exaustivo... mas eu ainda estou aqui... e vou ficar. 
Aprendi que posso ser muito mais forte do que nunca imaginei... estou aqui.... Sou a Cah, tenho 29 anos, moro em Osasco, sou Assistente de Logística, tenho Retocolite Ulcerativa. ✍️Conte a Sua História Também! Expressar tranquiliza-a-dor 💜. Compartilhe a sua história 👉www.farmale.com.br clicando em Conte Sua História. 
Para ler os depoimentos 👉www.farmale.com.br clicando em Depoimentos. 
Obrigada Cah ❤

#farmale #farmaleachoudii #crohn #retocoliteulcerativa #FarmaleConteASuaHistoria #ConteASuaHistoria #ExtpressarTranquilizaADor #empoderarpacientes #farmaleempodera #juntossomosmaisfortes
Mudou a minha vida toda Eu estava a mil na vida, trabalhando, estudando, namorando, só parava para dormir mesmo a noite, a cabeça cheia de planos um futuro certo... até que tudo mudou, dores... muitas e muitas dores, e tudo que vem junto, e a notícia, vc tem retocolite ulcerativa, é o que????? Não tinha cura, não tem. Mudou a minha vida toda, fui internada, duas vezes, cheguei ao meu limite, e percebi que realmente tudo tinha mudado. Minha vida parou por 2 anos, eu não sabia mais o que fazer, como seria, e na verdade, ainda não sei... mas eu ainda estou aqui, ainda não é fácil, nem um pouco, medicações, exames... tudo isso é tão exaustivo... mas eu ainda estou aqui... e vou ficar. Aprendi que posso ser muito mais forte do que nunca imaginei... estou aqui.... Sou a Cah, tenho 29 anos, moro em Osasco, sou Assistente de Logística, tenho Retocolite Ulcerativa. ✍️Conte a Sua História Também! Expressar tranquiliza-a-dor 💜. Compartilhe a sua história 👉www.farmale.com.br clicando em Conte Sua História. Para ler os depoimentos 👉www.farmale.com.br clicando em Depoimentos. Obrigada Cah ❤ #farmale  #farmaleachoudii  #crohn  #retocoliteulcerativa  #FarmaleConteASuaHistoria  #ConteASuaHistoria  #ExtpressarTranquilizaADor  #empoderarpacientes  #farmaleempodera  #juntossomosmaisfortes 
A dieta Low Carb é recomendada em DII?

Atualmente, ouvimos falar muito sobre dieta Low Carb.  Mas que dieta é essa?
Essa é uma dieta onde a pessoa reduz a quantidade de carboidratos consumidos no dia-a-dia, aumentando o consumo de proteínas, lipídios e fibras. Porém, muitas pessoas acham que é uma dieta onde "não se come carboidrato", pensamento que não está correto. Essa redução pode ser interessante em alguns casos, em outros não. É preciso entender que esse tipo de dieta pode resultar em aumento do consumo de proteínas, o que a longo prazo, poderá interferir no funcionamento do fígado e dos rins. Em DII, não há estudos voltados a dieta Low Carb. Assim,  não há evidências de que essa dieta melhore a DII, não é conhecida sua relação com a atividade e a remissão da doença, nem possíveis impactos sobre o funcionamento do fígado e rins dos pacientes. Dessa forma, é importante que o paciente com DII evite certos tipos de dietas como a Low Carb, e procure ter hábitos alimentares saudáveis no dia-a-dia, para melhores condições de saúde. 
Nota: a imagem ilustrativa foi retirada do Google Imagens.

#nutriçãoemdii #doençadecrohn #crohnsdisease #retocoliteulcerativa #ulcerativecolitis #dii #ibd #nutrição #gastroenterologia #lowcarb
A dieta Low Carb é recomendada em DII? Atualmente, ouvimos falar muito sobre dieta Low Carb. Mas que dieta é essa? Essa é uma dieta onde a pessoa reduz a quantidade de carboidratos consumidos no dia-a-dia, aumentando o consumo de proteínas, lipídios e fibras. Porém, muitas pessoas acham que é uma dieta onde "não se come carboidrato", pensamento que não está correto. Essa redução pode ser interessante em alguns casos, em outros não. É preciso entender que esse tipo de dieta pode resultar em aumento do consumo de proteínas, o que a longo prazo, poderá interferir no funcionamento do fígado e dos rins. Em DII, não há estudos voltados a dieta Low Carb. Assim, não há evidências de que essa dieta melhore a DII, não é conhecida sua relação com a atividade e a remissão da doença, nem possíveis impactos sobre o funcionamento do fígado e rins dos pacientes. Dessa forma, é importante que o paciente com DII evite certos tipos de dietas como a Low Carb, e procure ter hábitos alimentares saudáveis no dia-a-dia, para melhores condições de saúde. Nota: a imagem ilustrativa foi retirada do Google Imagens. #nutriçãoemdii  #doençadecrohn  #crohnsdisease  #retocoliteulcerativa  #ulcerativecolitis  #dii  #ibd  #nutrição  #gastroenterologia  #lowcarb 
Para hoje, amanhã e todos dias, que todo mal vire amor e que toda dor vire flor. 
Sempre buscando manter o pensamento positivo, sem deixar a #esperança ir embora, sem desistir de lutar. Respirar fundo, fechar os olhos, acalmar o pensamento e a vontade de resolver tudo ao mesmo tempo, a vontade que tudo se resolva para ontem... vai com calma... e quando bater o cansaço, descanse de verdade, pois se você não fizer pausas, não vai ter energia para continuar.

Estou escrevendo isso pensando sobre o rumo que as doenças inflamatórias intestinais seguem, para alguns o tratamento surte efeito logo, para outros nem tanto, mas não podemos deixar a ansiedade nos prejudicar mais ainda e não podemos desistir.  Eu recebi o diagnóstico em 2003, depois de alguns anos recebendo diagnósticos e tratamentos errados, então a doença de Crohn que é estenosante em mim, foi seguindo seu curso de fechar a passagem no meu intestino e os médicos revertendo isso, até que um dia a emergência chegou e a parte tão castigada do meu intestino se foi. Foi e deixou a remissão que venho lutando pela sua permanência desde 2013. Sim, lutando... pois junto vieram a intolerância à lactose e a #espondiloartrite. Tem dieta e exercícios físicos, tem o exercício diário de controlar a ansiedade, aprender a lidar com o estresse... então, a luta continua e a esperança também. 
#farmaleachoudii #farmaleachouotimismo #bomdia #farmaleachoubomdi #doençasinflamatoriasintestinais #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #empoderarpacientes #farmaleempodera
Para hoje, amanhã e todos dias, que todo mal vire amor e que toda dor vire flor. Sempre buscando manter o pensamento positivo, sem deixar a #esperança  ir embora, sem desistir de lutar. Respirar fundo, fechar os olhos, acalmar o pensamento e a vontade de resolver tudo ao mesmo tempo, a vontade que tudo se resolva para ontem... vai com calma... e quando bater o cansaço, descanse de verdade, pois se você não fizer pausas, não vai ter energia para continuar. Estou escrevendo isso pensando sobre o rumo que as doenças inflamatórias intestinais seguem, para alguns o tratamento surte efeito logo, para outros nem tanto, mas não podemos deixar a ansiedade nos prejudicar mais ainda e não podemos desistir. Eu recebi o diagnóstico em 2003, depois de alguns anos recebendo diagnósticos e tratamentos errados, então a doença de Crohn que é estenosante em mim, foi seguindo seu curso de fechar a passagem no meu intestino e os médicos revertendo isso, até que um dia a emergência chegou e a parte tão castigada do meu intestino se foi. Foi e deixou a remissão que venho lutando pela sua permanência desde 2013. Sim, lutando... pois junto vieram a intolerância à lactose e a #espondiloartrite . Tem dieta e exercícios físicos, tem o exercício diário de controlar a ansiedade, aprender a lidar com o estresse... então, a luta continua e a esperança também. #farmaleachoudii  #farmaleachouotimismo  #bomdia  #farmaleachoubomdi  #doençasinflamatoriasintestinais  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #empoderarpacientes  #farmaleempodera 
Doença de Crohn, #Ileíte e #EnteriteRegional

Os termos Doença de Crohn, Ileíte e Enterite Regional são a mesma coisa?

Ileíte significa inflamação do íleo, que é a porção distal (final) do intestino delgado. No ano de 1932, quando o Dr. Burril B. Crohn e seus colegas identificaram pela primeira vez a Ileíte como doença, eles a chamaram de Ileíte Regional. “Regional” significa simplesmente que nessa enfermidade há áreas doentes de intestino que se alternam com áreas sãs. O termo Enterite Regional foi empregado posteriormente para descrever essa inflamação, quando ela se apresenta em outras áreas intestinais, não somente no íleo. Atualmente sabemos que essa doença pode afetar também o cólon (intestino grosso), dando lugar a uma condição conhecida como “Colite Granulomatosa” (granuloma são lesões microscópicas que se encontram na parede intestinal de pacientes de doença de Crohn). Para evitar confusão, o nome Doença de Crohn pode ser usado para descrever a doença, qualquer que seja o lugar em que se apresente.

Fonte: ABCD - Associação Brasleira de Colite Ulceratva e Doença de Crohn

#farmaleachoudii #doençasinflamatoriasintestinais
#doençadecrohn #retocoliteulcerativa #ABCD #RCU #DC #ileite #doençascronicas #doençasautoimunes
Doença de Crohn, #Ileíte  e #EnteriteRegional  Os termos Doença de Crohn, Ileíte e Enterite Regional são a mesma coisa? Ileíte significa inflamação do íleo, que é a porção distal (final) do intestino delgado. No ano de 1932, quando o Dr. Burril B. Crohn e seus colegas identificaram pela primeira vez a Ileíte como doença, eles a chamaram de Ileíte Regional. “Regional” significa simplesmente que nessa enfermidade há áreas doentes de intestino que se alternam com áreas sãs. O termo Enterite Regional foi empregado posteriormente para descrever essa inflamação, quando ela se apresenta em outras áreas intestinais, não somente no íleo. Atualmente sabemos que essa doença pode afetar também o cólon (intestino grosso), dando lugar a uma condição conhecida como “Colite Granulomatosa” (granuloma são lesões microscópicas que se encontram na parede intestinal de pacientes de doença de Crohn). Para evitar confusão, o nome Doença de Crohn pode ser usado para descrever a doença, qualquer que seja o lugar em que se apresente. Fonte: ABCD - Associação Brasleira de Colite Ulceratva e Doença de Crohn #farmaleachoudii  #doençasinflamatoriasintestinais  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #ABCD  #RCU  #DC  #ileite  #doençascronicas  #doençasautoimunes 
@Regrann from @farmale - ✔Depois de consultar vários médicos, 
disseram que tenho Doença Inflamatória Intestinal. O que significa🤔? 👉As principais DIIs são a #RetocoliteUlcerativa (#RCU) e a #DoençadeCrohn (#DC). São 
doenças que causam inflamação no intestino, e decorrente disso provocam diarréia, 
sangramento nas fezes, dor de barriga, perda de peso, fraqueza, anemia, e outros sintomas menos frequentes. Podem ser acompanhadas de inflamação em outros órgãos como articulações, pele, olhos, fígado, coluna. ✔Qual a causa, porque tenho essa inflamação no intestino? 👉São doenças de causa desconhecida decorrente de uma interação entre predisposição genética, o meio ambiente e as bactérias intestinais. Complicado, não é mesmo? Pois é, foram identificadas muitas alterações genéticas mais frequentes nos pacientes com #DII que nas pessoas sem essas doenças; as DII ocorrem mais em países desenvolvidos que subdesenvolvidos; e as pessoas com DII tem uma flora intestinal diferente das pessoas que não tem doença. Mas nenhum desses fatores sozinho, ou mesmo stress, ou alguma comida, provocam o surgimento das doenças. ✔Qual a diferença entre DC e RCU? 👉A diferença principal é que a RCU acomete o intestino grosso, e a DC pode acometer todo o trato digestório desde a boca até o ânus. Mas, às vezes a DC acomete só o intestino grosso e pode confundir o diagnóstico. ✔Essas doenças não têm cura?
👉Até o momento não existem medicamentos que cure definitivamente as DII. Mas existem medicamentos que aliviam os sintomas e, em muitos pacientes, os 
sintomas desaparecem, permitindo uma vida normal.  Fonte: Cartilha #GEDIIB - www.gediib.org.br
#DII
#RCU
#IBD
#farmaleachoudii #doençasinflamatoriasintestinai
@Regrann from @farmale - ✔Depois de consultar vários médicos, disseram que tenho Doença Inflamatória Intestinal. O que significa🤔? 👉As principais DIIs são a #RetocoliteUlcerativa  (#RCU ) e a #DoençadeCrohn  (#DC ). São doenças que causam inflamação no intestino, e decorrente disso provocam diarréia, sangramento nas fezes, dor de barriga, perda de peso, fraqueza, anemia, e outros sintomas menos frequentes. Podem ser acompanhadas de inflamação em outros órgãos como articulações, pele, olhos, fígado, coluna. ✔Qual a causa, porque tenho essa inflamação no intestino? 👉São doenças de causa desconhecida decorrente de uma interação entre predisposição genética, o meio ambiente e as bactérias intestinais. Complicado, não é mesmo? Pois é, foram identificadas muitas alterações genéticas mais frequentes nos pacientes com #DII  que nas pessoas sem essas doenças; as DII ocorrem mais em países desenvolvidos que subdesenvolvidos; e as pessoas com DII tem uma flora intestinal diferente das pessoas que não tem doença. Mas nenhum desses fatores sozinho, ou mesmo stress, ou alguma comida, provocam o surgimento das doenças. ✔Qual a diferença entre DC e RCU? 👉A diferença principal é que a RCU acomete o intestino grosso, e a DC pode acometer todo o trato digestório desde a boca até o ânus. Mas, às vezes a DC acomete só o intestino grosso e pode confundir o diagnóstico. ✔Essas doenças não têm cura? 👉Até o momento não existem medicamentos que cure definitivamente as DII. Mas existem medicamentos que aliviam os sintomas e, em muitos pacientes, os sintomas desaparecem, permitindo uma vida normal. Fonte: Cartilha #GEDIIB  - www.gediib.org.br #DII  #RCU  #IBD  #farmaleachoudii  #doençasinflamatoriasintestinai 
#farmaleachoudii #doençasinflamatoriasintestinais #doençadecrohn #retocoliteulcerativa

@Regrann from @abcd.org.br -  Participe do 12º Encontro de Pacientes e Familiares de Doenças Inflamatórias Intestinais.

Inscreva-se >> https://goo.gl/qGJGB9

#12EncontroDII #Retocolite #Colite #Crohn #ABCD - #regrann
"Precisamos buscar forças". 👏👏👏 Precisamos buscar forças para não desistir! Não deu hoje? Mas você tentou realmente? Bom, amanhã busque seu melhor e não desista. 🔝Acredite, esse cara da foto tem #DoençaDeCrohn 😉. 👍Mantenha o foco naquilo que te faz feliz, que traz saúde para o seu corpo e seus pensamentos. Nada melhor do que uma conquista, concordam? Não é porque a sua doença é crônica, sem cura que você não pode ter uma vida saudável. Está em crise? Foque na remissão e não desista 💪. Vocês são inspiração para mim!  Cada perfil nesse Instagram com #DII que eu  acompanho, tem sempre muita vontade de viver FELIZ. Cada depoimento que recebo no blog www.farmale.com.br tem vivências que dão suporte para quem está perdido. 🙌Amigos! Vamos seguir juntos, compartilhando nossas vitórias e se as derrotas chegarem, vamos voltar com o foco na remissão com um apoiando o outro 💜. #juntossomosmaisfortes #doençasinflamatoriasintestinais #retocoliteulcerativa #Crohn #empoderarpacientes #farmaleempodera #farmaleachouotimismo #farmaleachoudii 
@Regrann from @treinadormateus10 -  As vezes não estamos tão dispostos, e precisamos buscar forças para finalizar aquilo que nos foi proposto a realizar 👉☝ treino feito!! Buscando melhorar a linha👊
Treinador Mateus
Cref/Pr 006069
Consultoria Esportiva
#muscle #hardtraining #MMII #shapehard #shapelifestyle #shapenovopadrão  #lifestylegym  #treinadormateus10 #bfbaixo  #crhondisease #bodybuilding #crhonswarriors # #bodybuildercrohn #dieta #resultados  #nutriDeboraMocelin #instamuscle - #regrann
"Precisamos buscar forças". 👏👏👏 Precisamos buscar forças para não desistir! Não deu hoje? Mas você tentou realmente? Bom, amanhã busque seu melhor e não desista. 🔝Acredite, esse cara da foto tem #DoençaDeCrohn  😉. 👍Mantenha o foco naquilo que te faz feliz, que traz saúde para o seu corpo e seus pensamentos. Nada melhor do que uma conquista, concordam? Não é porque a sua doença é crônica, sem cura que você não pode ter uma vida saudável. Está em crise? Foque na remissão e não desista 💪. Vocês são inspiração para mim! Cada perfil nesse Instagram com #DII  que eu acompanho, tem sempre muita vontade de viver FELIZ. Cada depoimento que recebo no blog www.farmale.com.br tem vivências que dão suporte para quem está perdido. 🙌Amigos! Vamos seguir juntos, compartilhando nossas vitórias e se as derrotas chegarem, vamos voltar com o foco na remissão com um apoiando o outro 💜. #juntossomosmaisfortes  #doençasinflamatoriasintestinais  #retocoliteulcerativa  #Crohn  #empoderarpacientes  #farmaleempodera  #farmaleachouotimismo  #farmaleachoudii  @Regrann from @treinadormateus10 - As vezes não estamos tão dispostos, e precisamos buscar forças para finalizar aquilo que nos foi proposto a realizar 👉☝ treino feito!! Buscando melhorar a linha👊 Treinador Mateus Cref/Pr 006069 Consultoria Esportiva #muscle  #hardtraining  #MMII  #shapehard  #shapelifestyle  #shapenovopadrão  #lifestylegym  #treinadormateus10  #bfbaixo  #crhondisease  #bodybuilding  #crhonswarriors  # #bodybuildercrohn  #dieta  #resultados  #nutriDeboraMocelin  #instamuscle  - #regrann 
✔Depois de consultar vários médicos, 
disseram que tenho Doença Inflamatória Intestinal. O que significa🤔? 👉As principais DIIs são a #RetocoliteUlcerativa (#RCU) e a #DoençadeCrohn (#DC). São 
doenças que causam inflamação no intestino, e decorrente disso provocam diarréia, 
sangramento nas fezes, dor de barriga, perda de peso, fraqueza, anemia, e outros sintomas menos frequentes. Podem ser acompanhadas de inflamação em outros órgãos como articulações, pele, olhos, fígado, coluna. ✔Qual a causa, porque tenho essa inflamação no intestino? 👉São doenças de causa desconhecida decorrente de uma interação entre predisposição genética, o meio ambiente e as bactérias intestinais. Complicado, não é mesmo? Pois é, foram identificadas muitas alterações genéticas mais frequentes nos pacientes com #DII que nas pessoas sem essas doenças; as DII ocorrem mais em países desenvolvidos que subdesenvolvidos; e as pessoas com DII tem uma flora intestinal diferente das pessoas que não tem doença. Mas nenhum desses fatores sozinho, ou mesmo stress, ou alguma comida, provocam o surgimento das doenças. ✔Qual a diferença entre DC e RCU? 👉A diferença principal é que a RCU acomete o intestino grosso, e a DC pode acometer todo o trato digestório desde a boca até o ânus. Mas, às vezes a DC acomete só o intestino grosso e pode confundir o diagnóstico. ✔Essas doenças não têm cura?
👉Até o momento não existem medicamentos que cure definitivamente as DII. Mas existem medicamentos que aliviam os sintomas e, em muitos pacientes, os 
sintomas desaparecem, permitindo uma vida normal.  Fonte: Cartilha #GEDIIB - www.gediib.org.br

#farmaleachoudii #doençasinflamatoriasintestinais
✔Depois de consultar vários médicos, disseram que tenho Doença Inflamatória Intestinal. O que significa🤔? 👉As principais DIIs são a #RetocoliteUlcerativa  (#RCU ) e a #DoençadeCrohn  (#DC ). São doenças que causam inflamação no intestino, e decorrente disso provocam diarréia, sangramento nas fezes, dor de barriga, perda de peso, fraqueza, anemia, e outros sintomas menos frequentes. Podem ser acompanhadas de inflamação em outros órgãos como articulações, pele, olhos, fígado, coluna. ✔Qual a causa, porque tenho essa inflamação no intestino? 👉São doenças de causa desconhecida decorrente de uma interação entre predisposição genética, o meio ambiente e as bactérias intestinais. Complicado, não é mesmo? Pois é, foram identificadas muitas alterações genéticas mais frequentes nos pacientes com #DII  que nas pessoas sem essas doenças; as DII ocorrem mais em países desenvolvidos que subdesenvolvidos; e as pessoas com DII tem uma flora intestinal diferente das pessoas que não tem doença. Mas nenhum desses fatores sozinho, ou mesmo stress, ou alguma comida, provocam o surgimento das doenças. ✔Qual a diferença entre DC e RCU? 👉A diferença principal é que a RCU acomete o intestino grosso, e a DC pode acometer todo o trato digestório desde a boca até o ânus. Mas, às vezes a DC acomete só o intestino grosso e pode confundir o diagnóstico. ✔Essas doenças não têm cura? 👉Até o momento não existem medicamentos que cure definitivamente as DII. Mas existem medicamentos que aliviam os sintomas e, em muitos pacientes, os sintomas desaparecem, permitindo uma vida normal. Fonte: Cartilha #GEDIIB  - www.gediib.org.br #farmaleachoudii  #doençasinflamatoriasintestinais 
Entenda a importância de cada depoimento doado ao www.farmale.com.br e compartilhado pelas redes sociais. Essa mãe encontra nesses depoimentos uma luz e força para lutar pela sua cria❤. Obrigada @gifioresi por permitir que eu compartilhe seu relato. 
Cada depoimento que recebo e compartilho tem o poder de informar, apoiar, CONSCIENTIZAR. São nossas vivências em busca do diagnóstico e do tratamento. São nossas vivências com o que deu errado e que vem dando certo. E não pense que os depoimentos levam luz só para os que estão convivendo com as doenças inflamatórias intestinais, estão levando luz para os profissionais de saúde que muitas vezes desconhecem essas doenças. 
Desejo que cada um de vocês seja tocado por essa vontade de CONSCIENTIZAR e compartilhe seu depoimento. 
Tem hora que o sentimento e as emoções pedem para serem ditos, entendidos, traduzidos e então, escrevendo pode ajudar muito. Melhor mesmo seria buscar ajuda com um Psicólogo, mas nem sempre isso é possível. Experimente exorcizar os sentimentos ruins pela palavra. Expressar tranquiliza-a-dor. A sua história pode ajudar a diminuir o preconceito daqueles que sabem muito pouco sobre as DII, ou aprenderam de maneira errada sobre as DII. Quando escrevemos sobre as nossas experiências podemos perceber o quanto fomos forte e corajosos em algumas situações e assim, escrevendo, renovamos nossa força e coragem para o que vier. Tenha certeza que a sua história estará ajudando alguém, não importa se o enredo é triste ou feliz, a sua história é um relato de situações que podem ajudar outra pessoa que está se sentindo perdida e sozinha nessa jornada. Encontrar outras pessoas com os mesmos problemas e que, em muitos casos, os resolveram, pode ajudar bastante também no processo de adaptação à doença. Para você compartilhar a sua história vá até o blog 👉www.farmale.com.br e clique na  aba Conte Sua História. Para ler os depoimentos clique na aba Depoimento. #farmale #farmaleachoudii #crohn #retocoliteulcerativa #FarmaleConteASuaHistoria #ConteASuaHistoria #ExtpressarTranquilizaADor #empoderarpacientes #farmaleempodera #juntossomosmaisfortes #doençadeCrohn #retocoliteulcerativa
Entenda a importância de cada depoimento doado ao www.farmale.com.br e compartilhado pelas redes sociais. Essa mãe encontra nesses depoimentos uma luz e força para lutar pela sua cria❤. Obrigada @gifioresi por permitir que eu compartilhe seu relato. Cada depoimento que recebo e compartilho tem o poder de informar, apoiar, CONSCIENTIZAR. São nossas vivências em busca do diagnóstico e do tratamento. São nossas vivências com o que deu errado e que vem dando certo. E não pense que os depoimentos levam luz só para os que estão convivendo com as doenças inflamatórias intestinais, estão levando luz para os profissionais de saúde que muitas vezes desconhecem essas doenças. Desejo que cada um de vocês seja tocado por essa vontade de CONSCIENTIZAR e compartilhe seu depoimento. Tem hora que o sentimento e as emoções pedem para serem ditos, entendidos, traduzidos e então, escrevendo pode ajudar muito. Melhor mesmo seria buscar ajuda com um Psicólogo, mas nem sempre isso é possível. Experimente exorcizar os sentimentos ruins pela palavra. Expressar tranquiliza-a-dor. A sua história pode ajudar a diminuir o preconceito daqueles que sabem muito pouco sobre as DII, ou aprenderam de maneira errada sobre as DII. Quando escrevemos sobre as nossas experiências podemos perceber o quanto fomos forte e corajosos em algumas situações e assim, escrevendo, renovamos nossa força e coragem para o que vier. Tenha certeza que a sua história estará ajudando alguém, não importa se o enredo é triste ou feliz, a sua história é um relato de situações que podem ajudar outra pessoa que está se sentindo perdida e sozinha nessa jornada. Encontrar outras pessoas com os mesmos problemas e que, em muitos casos, os resolveram, pode ajudar bastante também no processo de adaptação à doença. Para você compartilhar a sua história vá até o blog 👉www.farmale.com.br e clique na aba Conte Sua História. Para ler os depoimentos clique na aba Depoimento. #farmale  #farmaleachoudii  #crohn  #retocoliteulcerativa  #FarmaleConteASuaHistoria  #ConteASuaHistoria  #ExtpressarTranquilizaADor  #empoderarpacientes  #farmaleempodera  #juntossomosmaisfortes  #doençadeCrohn  #retocoliteulcerativa 
11 problemas que fazem o cabelo cair

Certas condições podem abrir clareiras na cabeça de homens e mulheres. Conheça as principais e entenda por que a calvície muitas vezes exige investigação

Na próxima imagem leia os 11 problemas sobre a queda de cabelo 😉. Aqui destaco um que mais interessa para nós: 
Problemas intestinais

Sim, o ferro parece ajudar a manter o penteado incólume. Mas ele não é o único nutriente que precisa entrar no cardápio. Zinco, cobre e proteínas, entre outros, asseguram a beleza e a firmeza dos fios. A questão é que de pouco adianta adotar uma alimentação balanceada se o aparelho digestivo não consegue absorver as substâncias benéficas vindas da comida. “É o que ocorre nas #doençasinflamatóriasintestinais, em especial na #doençadeCrohn”, alerta Arceu Scanavini Neto, cirurgião do aparelho digestivo do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, na capital paulista.

Aliás, o próprio processo inflamatório no intestino se espalha para outras regiões, podendo repercutir na cabeça. Mais: em certas situações, até os remédios contra esses transtornos resultam em #alopécia.

As dietas radicais

Entrar num regime muito restritivo culmina em déficits nutricionais que são capazes de afetar a cabeleira. Aí o projeto de arrasar no verão vai pro ralo.

Fonte 👉www.saude.abril.com.br/bem-estar/11-problemas-que-fazem-o-cabelo-cair

#farmaleachoudii #doençasinflamatoriasintestinais #Crohn #retocoliteulcerativa
11 problemas que fazem o cabelo cair Certas condições podem abrir clareiras na cabeça de homens e mulheres. Conheça as principais e entenda por que a calvície muitas vezes exige investigação Na próxima imagem leia os 11 problemas sobre a queda de cabelo 😉. Aqui destaco um que mais interessa para nós: Problemas intestinais Sim, o ferro parece ajudar a manter o penteado incólume. Mas ele não é o único nutriente que precisa entrar no cardápio. Zinco, cobre e proteínas, entre outros, asseguram a beleza e a firmeza dos fios. A questão é que de pouco adianta adotar uma alimentação balanceada se o aparelho digestivo não consegue absorver as substâncias benéficas vindas da comida. “É o que ocorre nas #doençasinflamatóriasintestinais , em especial na #doençadeCrohn ”, alerta Arceu Scanavini Neto, cirurgião do aparelho digestivo do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, na capital paulista. Aliás, o próprio processo inflamatório no intestino se espalha para outras regiões, podendo repercutir na cabeça. Mais: em certas situações, até os remédios contra esses transtornos resultam em #alopécia . As dietas radicais Entrar num regime muito restritivo culmina em déficits nutricionais que são capazes de afetar a cabeleira. Aí o projeto de arrasar no verão vai pro ralo. Fonte 👉www.saude.abril.com.br/bem-estar/11-problemas-que-fazem-o-cabelo-cair #farmaleachoudii  #doençasinflamatoriasintestinais  #Crohn  #retocoliteulcerativa 
Feliz Dia Papais!

Para os pais com #DII (#DoençaInflamatóriaIntestinal) e para os pais de filhos com DII desejo que nunca falte esperança e força para seguir. 
Ser pai com DII não é facil também... além dos problemas que doença causa, ainda tem que lidar com a preocupação em estar bem para trabalhar e para participar ativamente da criação dos filhos. E quando a doença está nos filhos, a preocupação é enorme também... é muito dolorido ver um filho sofrendo. Então Papais, que a vontade de vencer nunca termine e se fortaleça todos os dias! 
Desejo um Feliz Dia dos Pais repleto de amor e paz! 
#felizdiadospais #doençasinflamatoriasintestinais #doençadecrohn #retocoliteulcerativa
Feliz Dia Papais! Para os pais com #DII  (#DoençaInflamatóriaIntestinal ) e para os pais de filhos com DII desejo que nunca falte esperança e força para seguir. Ser pai com DII não é facil também... além dos problemas que doença causa, ainda tem que lidar com a preocupação em estar bem para trabalhar e para participar ativamente da criação dos filhos. E quando a doença está nos filhos, a preocupação é enorme também... é muito dolorido ver um filho sofrendo. Então Papais, que a vontade de vencer nunca termine e se fortaleça todos os dias! Desejo um Feliz Dia dos Pais repleto de amor e paz! #felizdiadospais  #doençasinflamatoriasintestinais  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa 
Queria dividir com vocês meus amigos a minha alegria em ver a diferença entre a primeira foto que tirei em 10/12/2014.
E essa que tirei nessa quarta feira dia 10/08/2017.
Durante muitos anos briguei com a balança, mas era uma luta solitária. Nenhuma nutricionista que procurava conseguia entender e lidar com minha facilidade em ganhar peso.
Chegou final do ano passado e indignada fui pesquisar profissionais de nutrição em BH e enviei uma mensagem para a Dra. Simone.
Dali uns dias recebo uma ligação dela, conversamos muito. Senti uma segurança que a muito não sentia.
Fui ao consultório, e depois de horas de conversa ela me passa Orientação em forma de um cardápio.
Já me assustei pq se eu comesse tudo que ela falou ia era engordar.
Posso dizer que apesar de todos esses problemas de saúde, pra mim é difícil emagrecer...E consegui ajuda.
Infelizmente depois de muitos anos em uma das minhas pernas abriu feridas e imagina se estivesse com todo aquele peso?
Depois do início da reeducação alimentar descobriram a retocolite em mim e estar com um acompanhamento foi essencial.
Dra. @sinutrir Simone sempre em minhas orações coloco você. Muito obrigada pela paciência comigo. 
Hoje adoro estar junto com minha família nas fotos. 
Me sinto mais leve.
Também estou usando o modelador dá Yoga que está sendo essencial para drenar meu inchaço e os nódulos que tenho no quadril. Excelente produto que índico a todos que querem uma melhor qualidade de vida.
#nutricionista #reeducacaoalimentar #dieta #serfeliz #retocoliteulcerativa #yoga
Queria dividir com vocês meus amigos a minha alegria em ver a diferença entre a primeira foto que tirei em 10/12/2014. E essa que tirei nessa quarta feira dia 10/08/2017. Durante muitos anos briguei com a balança, mas era uma luta solitária. Nenhuma nutricionista que procurava conseguia entender e lidar com minha facilidade em ganhar peso. Chegou final do ano passado e indignada fui pesquisar profissionais de nutrição em BH e enviei uma mensagem para a Dra. Simone. Dali uns dias recebo uma ligação dela, conversamos muito. Senti uma segurança que a muito não sentia. Fui ao consultório, e depois de horas de conversa ela me passa Orientação em forma de um cardápio. Já me assustei pq se eu comesse tudo que ela falou ia era engordar. Posso dizer que apesar de todos esses problemas de saúde, pra mim é difícil emagrecer...E consegui ajuda. Infelizmente depois de muitos anos em uma das minhas pernas abriu feridas e imagina se estivesse com todo aquele peso? Depois do início da reeducação alimentar descobriram a retocolite em mim e estar com um acompanhamento foi essencial. Dra. @sinutrir Simone sempre em minhas orações coloco você. Muito obrigada pela paciência comigo. Hoje adoro estar junto com minha família nas fotos. Me sinto mais leve. Também estou usando o modelador dá Yoga que está sendo essencial para drenar meu inchaço e os nódulos que tenho no quadril. Excelente produto que índico a todos que querem uma melhor qualidade de vida. #nutricionista  #reeducacaoalimentar  #dieta  #serfeliz  #retocoliteulcerativa  #yoga 
O Encontro de Pacientes  e Familiares de Doenças Inflamatórias Intestinais (#DII) tem como finalidade a troca de informações e esclarecimentos aos Pacientes, Familiares e Comunidade interessada com palestras realizadas por uma Equipe Multidisciplinar que abordam temas sobre: diagnóstico, tratamento, exames, perspectivas futuras da Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa. 
Ao final de cada bloco os profissionais respondem e esclarecerem dúvidas dos participantes, de modo a minimizar o impacto aos pacientes e quais as formas de lidar com essas doenças. 
EVENTO GRATUITO
PARTICIPE COM SUA FAMILIA!
VAGAS LIMITADAS!! Realização: ABCD www.abcd.org.br

Local: AUDITÓRIO DA NESTLÉ - SÃO PAULO, SP - Av. Dr. Chucri Zaidan, 246 - Vila Cordeiro.

Data/hora:  23 de setembro de 2017, 08h30-12h

Inscrições:  https://goo.gl/VWNWAu

#ABCD #farmaleachoudii #doençasinflamatoriasintestinais #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #empoderarpacientes
O Encontro de Pacientes e Familiares de Doenças Inflamatórias Intestinais (#DII ) tem como finalidade a troca de informações e esclarecimentos aos Pacientes, Familiares e Comunidade interessada com palestras realizadas por uma Equipe Multidisciplinar que abordam temas sobre: diagnóstico, tratamento, exames, perspectivas futuras da Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa. Ao final de cada bloco os profissionais respondem e esclarecerem dúvidas dos participantes, de modo a minimizar o impacto aos pacientes e quais as formas de lidar com essas doenças. EVENTO GRATUITO PARTICIPE COM SUA FAMILIA! VAGAS LIMITADAS!! Realização: ABCD www.abcd.org.br Local: AUDITÓRIO DA NESTLÉ - SÃO PAULO, SP - Av. Dr. Chucri Zaidan, 246 - Vila Cordeiro. Data/hora:  23 de setembro de 2017, 08h30-12h Inscrições: https://goo.gl/VWNWAu #ABCD  #farmaleachoudii  #doençasinflamatoriasintestinais  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #empoderarpacientes 
Conte a Sua História é um espaço que podemos chamar de divã onde você pode desabafar escrevendo sobre as suas experiências, as dificuldades, as soluções que você descobriu, suas observações sobre a sua vida após o diagnóstico com a doença de Crohn ou a Retocolite Ulcerativa. Sigmund Freud, criador da Psicanálise, disse certa vez: “A ciência moderna ainda não produziu um medicamento tranquilizador tão eficaz como são umas poucas palavras boas”. Tem hora que o sentimento e as emoções pedem para serem ditos, entendidos, traduzidos e então, escrevendo pode ajudar muito. Melhor mesmo seria buscar ajuda com um Psicólogo, mas nem sempre isso é possível. Experimente exorcizar os sentimentos ruins pela palavra. Expressar tranquiliza-a-dor. A sua história pode ajudar a diminuir o preconceito daqueles que sabem muito pouco sobre as DII, ou aprenderam de maneira errada sobre as DII. Quando escrevemos sobre as nossas experiências podemos perceber o quanto fomos forte e corajosos em algumas situações e assim, escrevendo, renovamos nossa força e coragem para o que vier. Tenha certeza que a sua história estará ajudando alguém, não importa se o enredo é triste ou feliz, a sua história é um relato de situações que podem ajudar outra pessoa que está se sentindo perdida e sozinha nessa jornada. A sua história pode ser um incentivo e inspiração para muitas pessoas! Uma terapia eficaz que beneficia muitas pessoas, inclusive você. Encontrar outras pessoas com os mesmos problemas e que, em muitos casos, os resolveram, pode ajudar bastante também no processo de adaptação à doença. Tem um formulário bem simples no blog para você compartilhar a sua história e se você já se animou em contar é só ir até lá 👉www.farmale.com.br , clicar na aba Conte Sua História. Você pode
compartilhar uma foto sua também! ✍Conte a Sua História Também! Expressar tranquiliza-a-dor. 
Para ler os depoimentos 👉www.farmale.com.br clicando na aba Depoimentos.

#farmale #farmaleachoudii #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #FarmaleConteASuaHistoria #ConteASuaHistoria #ExtpressarTranquilizaADor #empoderarpacientes  #farmaleempodera
Conte a Sua História é um espaço que podemos chamar de divã onde você pode desabafar escrevendo sobre as suas experiências, as dificuldades, as soluções que você descobriu, suas observações sobre a sua vida após o diagnóstico com a doença de Crohn ou a Retocolite Ulcerativa. Sigmund Freud, criador da Psicanálise, disse certa vez: “A ciência moderna ainda não produziu um medicamento tranquilizador tão eficaz como são umas poucas palavras boas”. Tem hora que o sentimento e as emoções pedem para serem ditos, entendidos, traduzidos e então, escrevendo pode ajudar muito. Melhor mesmo seria buscar ajuda com um Psicólogo, mas nem sempre isso é possível. Experimente exorcizar os sentimentos ruins pela palavra. Expressar tranquiliza-a-dor. A sua história pode ajudar a diminuir o preconceito daqueles que sabem muito pouco sobre as DII, ou aprenderam de maneira errada sobre as DII. Quando escrevemos sobre as nossas experiências podemos perceber o quanto fomos forte e corajosos em algumas situações e assim, escrevendo, renovamos nossa força e coragem para o que vier. Tenha certeza que a sua história estará ajudando alguém, não importa se o enredo é triste ou feliz, a sua história é um relato de situações que podem ajudar outra pessoa que está se sentindo perdida e sozinha nessa jornada. A sua história pode ser um incentivo e inspiração para muitas pessoas! Uma terapia eficaz que beneficia muitas pessoas, inclusive você. Encontrar outras pessoas com os mesmos problemas e que, em muitos casos, os resolveram, pode ajudar bastante também no processo de adaptação à doença. Tem um formulário bem simples no blog para você compartilhar a sua história e se você já se animou em contar é só ir até lá 👉www.farmale.com.br , clicar na aba Conte Sua História. Você pode compartilhar uma foto sua também! ✍Conte a Sua História Também! Expressar tranquiliza-a-dor. Para ler os depoimentos 👉www.farmale.com.br clicando na aba Depoimentos. #farmale  #farmaleachoudii  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #FarmaleConteASuaHistoria  #ConteASuaHistoria  #ExtpressarTranquilizaADor  #empoderarpacientes  #farmaleempodera 
Confio que logo em breve estarei em remissão

Fui diagnosticada há 11 meses com retocolite ulcerativa.

Começou com muitas cólicas e dores do lado esquerdo da barriga abaixo da costela parecia até dores pélvicas que irradiava para as costas até então os médicos acharam que era virose por causa que tive diarreia constante de ir no banheiro mais de 20x, as fezes eram escuras e notei que tinha sangue ao notar ele saindo das fezes na água. Mas os médicos excluíram a virose depois de um mês de diarreias e dores e passou ao diagnóstico de pedras nos rins. Onde não tinha nada. Porém tinha muito sangramento na urina que só via por microscópio. Até então minha urina sair da cor da Coca cola e eles esqueceram das minhas diarreias e focaram nos rins e fizeram uma tomografia. E nada no rins. Até aí já havia se passado 3 meses de pura diarreia com muco sangue e dores. E meu convênio não resolvia nada. Até encontrar uma pessoa que soube do meu caso e me levou no hospital Heliópolis onde me encaixaram e hoje estou em tratamento.

Continuo com dores e diarreia mas consegui tratamento e medicamentos que aliás são muito caros onde eu comprava e melhorava e morreria de fome mas graças a Jeová consegui pelo governo no hospital Heliópolis. Não tenho ainda uma vida normal tive que sair do serviço por conta das vezes que eu ia ao banheiro e não conseguia trabalhar com dores. Mas confio que logo em breve vou estar em remissão já me internei e continuo indo sempre ao pronto socorro com diarreia e dores. E assim como essa pessoa me ajudou compartilho o meu problema com todas as pessoas pois quem sabe um dia posso ajudar alguém que esteja passando pelo mesmo que eu passei e não encontra saída. A doença não tem cura mais tem tratamento. Vamos todos juntos ajudar o próximo juntos contra essa doença cruel que se não tratada leva ao óbito.

Vamos nos conscientizar e divulgar!. Juntos somos mais fortes! Crohnistas da alegria! Maio roxo DII!

Meu nome é Aparecida Estrela, tenho 29 anos, moro em Mauá/SP, sou Gerente, tenho Retocolite Ulcerativa. Meu perfil no Facebook: www.facebook.com/estrela.gusman.5 ️Conte a Sua História Também! Expressar tranquiliza-a-dor 💜. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
Confio que logo em breve estarei em remissão Fui diagnosticada há 11 meses com retocolite ulcerativa. Começou com muitas cólicas e dores do lado esquerdo da barriga abaixo da costela parecia até dores pélvicas que irradiava para as costas até então os médicos acharam que era virose por causa que tive diarreia constante de ir no banheiro mais de 20x, as fezes eram escuras e notei que tinha sangue ao notar ele saindo das fezes na água. Mas os médicos excluíram a virose depois de um mês de diarreias e dores e passou ao diagnóstico de pedras nos rins. Onde não tinha nada. Porém tinha muito sangramento na urina que só via por microscópio. Até então minha urina sair da cor da Coca cola e eles esqueceram das minhas diarreias e focaram nos rins e fizeram uma tomografia. E nada no rins. Até aí já havia se passado 3 meses de pura diarreia com muco sangue e dores. E meu convênio não resolvia nada. Até encontrar uma pessoa que soube do meu caso e me levou no hospital Heliópolis onde me encaixaram e hoje estou em tratamento. Continuo com dores e diarreia mas consegui tratamento e medicamentos que aliás são muito caros onde eu comprava e melhorava e morreria de fome mas graças a Jeová consegui pelo governo no hospital Heliópolis. Não tenho ainda uma vida normal tive que sair do serviço por conta das vezes que eu ia ao banheiro e não conseguia trabalhar com dores. Mas confio que logo em breve vou estar em remissão já me internei e continuo indo sempre ao pronto socorro com diarreia e dores. E assim como essa pessoa me ajudou compartilho o meu problema com todas as pessoas pois quem sabe um dia posso ajudar alguém que esteja passando pelo mesmo que eu passei e não encontra saída. A doença não tem cura mais tem tratamento. Vamos todos juntos ajudar o próximo juntos contra essa doença cruel que se não tratada leva ao óbito. Vamos nos conscientizar e divulgar!. Juntos somos mais fortes! Crohnistas da alegria! Maio roxo DII! Meu nome é Aparecida Estrela, tenho 29 anos, moro em Mauá/SP, sou Gerente, tenho Retocolite Ulcerativa. Meu perfil no Facebook: www.facebook.com/estrela.gusman.5 ️Conte a Sua História Também! Expressar tranquiliza-a-dor 💜. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
A retocolite ulcerativa, ou colite ulcerativa, ou #RCUI (de retocolite ulcerativa inespecífica ou idiopática) é uma #doençacrônica do #intestinogrosso, de causa desconhecida e que causa inflamação e feridas no revestimento interno do colon e do reto.

O principal sintoma da retocolite ulcerativa é a diarréia com muco e sangue.

Na retocolite, o processo inflamatório tem origem sempre no reto, que é a porção do intestino grosso logo acima do ânus, e progride para os outros segmentos do intestino.

A extensão da colite que acomete o paciente é muito importante. Ela ajuda a prever a forma de tratamento, a gravidade da apresentação da doença e o futuro do paciente.

Quando somente o reto é afetado, a forma é chamada de #retite ou proctite ulcerativa; quando o lado esquerdo do colon é fetado, se chama de #coliteesquerda ou colite distal ou limitada; e quando todo o intestino grosso é afetado, a forma é designada de #pancolite . A retocolite ulcerativa pode afetar todo o intestino grosso, o que a diferencia da outra doença inflamatória intestinal crônica de causa ainda desconhecida conhecida como #DOENÇADECROHN. Esta pode acometer desde a boca até o ânus.

Os principais sintomas da retocolite ulcerativa são: ↪A #diarreia crônica (por mais de 30 dias)a dor abdominal em cólicas, eliminação de muco e sangue nas fezes e o emagrecimento.

A retocolite afeta indivíduos jovens mais comumente a partir dos 15 anos de idade. Ocorre menos frequentemente após os 50 anos.

Afeta homens e mulheres na mesma proporção.

Existe agregação familiar na retocolite ulcerativa. Isso significa que quando um parente é acometido pela doença, o risco de um outro parente desenvolver a doença está aumentado em até 20%. Alguns exames são utilizados no diagnóstico da retocolite ulcerativa. Uma boa consulta médica é o primeiro passo, seguido pelo exame #proctológico complete a ser realizado pelo médico #coloproctologista.

A #COLONOSCOPIA é fundamental para o diagnóstico da retocolite ulcerativa. Porém já no exame proctológico, o especialista pode avançar significativamente e já pode com base nos achados da #retossigmoidoscopia iniciar o tratamento adequado.

CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
A retocolite ulcerativa, ou colite ulcerativa, ou #RCUI  (de retocolite ulcerativa inespecífica ou idiopática) é uma #doençacrônica  do #intestinogrosso , de causa desconhecida e que causa inflamação e feridas no revestimento interno do colon e do reto. O principal sintoma da retocolite ulcerativa é a diarréia com muco e sangue. Na retocolite, o processo inflamatório tem origem sempre no reto, que é a porção do intestino grosso logo acima do ânus, e progride para os outros segmentos do intestino. A extensão da colite que acomete o paciente é muito importante. Ela ajuda a prever a forma de tratamento, a gravidade da apresentação da doença e o futuro do paciente. Quando somente o reto é afetado, a forma é chamada de #retite  ou proctite ulcerativa; quando o lado esquerdo do colon é fetado, se chama de #coliteesquerda  ou colite distal ou limitada; e quando todo o intestino grosso é afetado, a forma é designada de #pancolite  . A retocolite ulcerativa pode afetar todo o intestino grosso, o que a diferencia da outra doença inflamatória intestinal crônica de causa ainda desconhecida conhecida como #DOENÇADECROHN . Esta pode acometer desde a boca até o ânus. Os principais sintomas da retocolite ulcerativa são: ↪A #diarreia  crônica (por mais de 30 dias)a dor abdominal em cólicas, eliminação de muco e sangue nas fezes e o emagrecimento. A retocolite afeta indivíduos jovens mais comumente a partir dos 15 anos de idade. Ocorre menos frequentemente após os 50 anos. Afeta homens e mulheres na mesma proporção. Existe agregação familiar na retocolite ulcerativa. Isso significa que quando um parente é acometido pela doença, o risco de um outro parente desenvolver a doença está aumentado em até 20%. Alguns exames são utilizados no diagnóstico da retocolite ulcerativa. Uma boa consulta médica é o primeiro passo, seguido pelo exame #proctológico  complete a ser realizado pelo médico #coloproctologista . A #COLONOSCOPIA  é fundamental para o diagnóstico da retocolite ulcerativa. Porém já no exame proctológico, o especialista pode avançar significativamente e já pode com base nos achados da #retossigmoidoscopia  iniciar o tratamento adequado. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
E ao tentar atender às expectativas alheias matratamos nosso corpo  e nossa mente...#retocoliteulcerativa #colitisfighters #colite
Os glicocorticoides, também chamados de corticoides ou corticosteroides, são drogas poderosas, derivadas do hormônio cortisol produzido pela glândula suprarrenal. Os corticoides são frequentemente usados como parte do tratamento de doenças de origem inflamatória, alérgica, imunológica e até contra alguns tipos de câncer.

Apesar de ser um medicamento muito eficaz contra várias doenças graves, os corticoides apresentam um grande defeito: um perfil muito extenso de efeitos colaterais, alguns deles graves, outros esteticamente indesejáveis. Quando usados de forma prolongada, os corticoides levam ao ganho de peso, podem causar estrias, provocam acne, enfraquecem os ossos, etc.

O cortisol é um hormônio de estresse. Ele recebe esse nome, pois sua produção eleva-se toda vez que o nosso organismo encontra-se sob estresse físico, como nos casos de traumatismos, infecções ou cirurgias. O cortisol aumenta a disponibilidade de glicose e energia, eleva a pressão arterial, aumenta o tônus cardíaco e prepara o organismo para sofrer e combater insultos. 🔴 TIPOS DE CORTICOIDES

Os glicocorticoides usados na prática médica são versões sintéticas, produzidas laboratorialmente, do hormônio natural cortisol. Existem várias formulações sintéticas de corticoides, as mais usadas são a prednisona, prednisolona, hidrocortisona, dexametasona, metilprednisolona e beclometasona (via inalatória). Todos os corticoides sintéticos são mais potentes que o cortisol natural, exceto pela hidrocortisona, que apresenta uma potência semelhante.

60 mg de prednisona apresentam o mesmo efeito que 2 mg de dexametasona ou 300 mg do cortisol natural. Devido a essa potência maior dos corticoides sintéticos, conseguimos administrar nos pacientes doses muito acima dos níveis fisiológicos do cortisol, o que é essencial para o tratamento de algumas doenças, as autoimunes. 🔴 MUITAS DOENÇAS PODEM SER TRATADAS COM CORTICOIDES

A prednisona e os corticoides em geral são drogas que conseguem modular processos inflamatórios e imunológicos do nosso organismo, tornando-se extremamente úteis em uma infinidade de doenças. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
Os glicocorticoides, também chamados de corticoides ou corticosteroides, são drogas poderosas, derivadas do hormônio cortisol produzido pela glândula suprarrenal. Os corticoides são frequentemente usados como parte do tratamento de doenças de origem inflamatória, alérgica, imunológica e até contra alguns tipos de câncer. Apesar de ser um medicamento muito eficaz contra várias doenças graves, os corticoides apresentam um grande defeito: um perfil muito extenso de efeitos colaterais, alguns deles graves, outros esteticamente indesejáveis. Quando usados de forma prolongada, os corticoides levam ao ganho de peso, podem causar estrias, provocam acne, enfraquecem os ossos, etc. O cortisol é um hormônio de estresse. Ele recebe esse nome, pois sua produção eleva-se toda vez que o nosso organismo encontra-se sob estresse físico, como nos casos de traumatismos, infecções ou cirurgias. O cortisol aumenta a disponibilidade de glicose e energia, eleva a pressão arterial, aumenta o tônus cardíaco e prepara o organismo para sofrer e combater insultos. 🔴 TIPOS DE CORTICOIDES Os glicocorticoides usados na prática médica são versões sintéticas, produzidas laboratorialmente, do hormônio natural cortisol. Existem várias formulações sintéticas de corticoides, as mais usadas são a prednisona, prednisolona, hidrocortisona, dexametasona, metilprednisolona e beclometasona (via inalatória). Todos os corticoides sintéticos são mais potentes que o cortisol natural, exceto pela hidrocortisona, que apresenta uma potência semelhante. 60 mg de prednisona apresentam o mesmo efeito que 2 mg de dexametasona ou 300 mg do cortisol natural. Devido a essa potência maior dos corticoides sintéticos, conseguimos administrar nos pacientes doses muito acima dos níveis fisiológicos do cortisol, o que é essencial para o tratamento de algumas doenças, as autoimunes. 🔴 MUITAS DOENÇAS PODEM SER TRATADAS COM CORTICOIDES A prednisona e os corticoides em geral são drogas que conseguem modular processos inflamatórios e imunológicos do nosso organismo, tornando-se extremamente úteis em uma infinidade de doenças. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
Que manhã linda! Quantas histórias emocionantes, impactantes vi e ouvi!! Temos tanto a aprender uns com os outros, temos tanto a acrescentar ao outro, se apenas pararmos de focar nos nossos próprios problemas, expandir nossa mente, veremos um mundo inteiro lindo, cheios de histórias de amor e lutas de vida! 💜🙏🏻✨ #abracequemprecisa #goodvibes #boatarde #bomdia #amormeu #futurapsicóloga #psicologia #felizdavida #vivacomamor #sejaamor #espalheamor #sejaluz #coachporamor #coachingdevida #doencascronicas #autoimmune #retocoliteulcerativa #rcu
Que manhã linda! Quantas histórias emocionantes, impactantes vi e ouvi!! Temos tanto a aprender uns com os outros, temos tanto a acrescentar ao outro, se apenas pararmos de focar nos nossos próprios problemas, expandir nossa mente, veremos um mundo inteiro lindo, cheios de histórias de amor e lutas de vida! 💜🙏🏻✨ #abracequemprecisa  #goodvibes  #boatarde  #bomdia  #amormeu  #futurapsicóloga  #psicologia  #felizdavida  #vivacomamor  #sejaamor  #espalheamor  #sejaluz  #coachporamor  #coachingdevida  #doencascronicas  #autoimmune  #retocoliteulcerativa  #rcu 
Na doença inflamatória intestinal é assim, mesmo em remissão seguimos lutando. Medicação, alimentação, hábitos saudáveis, buscando o melhor para ficarmos bem. 
Deveria ser até simples, matar somente um leão por dia, mas o nosso sistema de saúde, os nossos governantes, têm colocado em nossas vidas muitos leões. Tenho acompanhado a falta de medicamentos e não é algo pontual, é praticamente no país todo. Muito descaso, falta de compromisso e respeito com a vida. 
Tenho uma dica, participem dos grupo no Facebook, sempre tem alguém doando uma medicação, e de repente pode ser a que está faltando pra vc. E quem tem medicação para doar, também procure os grupos  no Facebook para doar ou as associações de pacientes. A Amanda Pilão tem organizado voluntariamente e lindamente essas doações.  Existem muitas associações pelo país, caso você não conheça, deixe uma mensagem que lhe dou esta informação, se você conhece alguma, compartilhe aqui nos comentários. Eu faço parte da @alemdii , sou Farmacêutica voluntária 💜.
#juntossomosmaisfortes #farmaleachoudii #dii #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #doençasinflamatoriasintestinais #alemdii
Na doença inflamatória intestinal é assim, mesmo em remissão seguimos lutando. Medicação, alimentação, hábitos saudáveis, buscando o melhor para ficarmos bem. Deveria ser até simples, matar somente um leão por dia, mas o nosso sistema de saúde, os nossos governantes, têm colocado em nossas vidas muitos leões. Tenho acompanhado a falta de medicamentos e não é algo pontual, é praticamente no país todo. Muito descaso, falta de compromisso e respeito com a vida. Tenho uma dica, participem dos grupo no Facebook, sempre tem alguém doando uma medicação, e de repente pode ser a que está faltando pra vc. E quem tem medicação para doar, também procure os grupos no Facebook para doar ou as associações de pacientes. A Amanda Pilão tem organizado voluntariamente e lindamente essas doações. Existem muitas associações pelo país, caso você não conheça, deixe uma mensagem que lhe dou esta informação, se você conhece alguma, compartilhe aqui nos comentários. Eu faço parte da @alemdii , sou Farmacêutica voluntária 💜. #juntossomosmaisfortes  #farmaleachoudii  #dii  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #doençasinflamatoriasintestinais  #alemdii 
Bom dia!!! Que essa remissão não vá embora nunca mais!!! #retocoliteulcerativa #colitisfighters #remissao
No marco do Dia Mundial da Saúde de 2017, comemorado a cada 7 de abril, a Organização Mundial da Saúde (OMS) deu início a uma campanha sobre depressão, transtorno que pode afetar pessoas de qualquer idade em qualquer etapa da vida. Com o lema “ ” (“Vamos conversar”, em português), a iniciativa reforça que existem formas de prevenir a depressão e também de tratá-la, considerando que ela pode levar a graves consequências.
Conversar abertamente sobre depressão é o primeiro passo para entender melhor o assunto e reduzir o estigma associado a ele. Assim, cada vez mais pessoas poderão procurar ajuda. Confira mais informações sobre depressão.

Principais fatos

A depressão é um transtorno mental frequente. Globalmente, estima-se que 350 milhões de pessoas de todas as idades sofrem com esse transtorno.
Depressão é a principal causa de incapacidade em todo o mundo e contribui de forma muito importante para a carga global de doenças. Mais mulheres são afetadas pela depressão que os homens. No pior dos casos, a depressão pode levar ao suicídio.
Existem vários tratamentos eficazes para depressão.

Visão geral

A depressão é uma doença comum em todo o mundo, com uma estimativa de 350 milhões de pessoas afetadas. A condição é diferente das flutuações usuais de humor e das respostas emocionais de curta duração aos desafios da vida cotidiana. Especialmente quando de longa duração e com intensidade moderada ou grave, a depressão pode se tornar uma séria condição de saúde. Ela pode causar à pessoa afetada um grande sofrimento e disfunção no trabalho, na escola ou no meio familiar. Na pior das hipóteses, a depressão pode levar ao suicídio. Cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio a cada ano - sendo a segunda principal causa de morte entre pessoas com idade entre 15 e 29 anos.

Embora existam tratamentos eficazes conhecidos para depressão, menos da metade dos afetados no mundo (em muitos países, menos de 10%) recebe tais tratamentos. Os obstáculos ao tratamento eficaz incluem a falta de recursos, a falta de profissionais treinados e o estigma social associado aos transtornos mentais. Outra barreira ao atendimento eficaz é a avaliação imprecisa. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
No marco do Dia Mundial da Saúde de 2017, comemorado a cada 7 de abril, a Organização Mundial da Saúde (OMS) deu início a uma campanha sobre depressão, transtorno que pode afetar pessoas de qualquer idade em qualquer etapa da vida. Com o lema “ ” (“Vamos conversar”, em português), a iniciativa reforça que existem formas de prevenir a depressão e também de tratá-la, considerando que ela pode levar a graves consequências. Conversar abertamente sobre depressão é o primeiro passo para entender melhor o assunto e reduzir o estigma associado a ele. Assim, cada vez mais pessoas poderão procurar ajuda. Confira mais informações sobre depressão. Principais fatos A depressão é um transtorno mental frequente. Globalmente, estima-se que 350 milhões de pessoas de todas as idades sofrem com esse transtorno. Depressão é a principal causa de incapacidade em todo o mundo e contribui de forma muito importante para a carga global de doenças. Mais mulheres são afetadas pela depressão que os homens. No pior dos casos, a depressão pode levar ao suicídio. Existem vários tratamentos eficazes para depressão. Visão geral A depressão é uma doença comum em todo o mundo, com uma estimativa de 350 milhões de pessoas afetadas. A condição é diferente das flutuações usuais de humor e das respostas emocionais de curta duração aos desafios da vida cotidiana. Especialmente quando de longa duração e com intensidade moderada ou grave, a depressão pode se tornar uma séria condição de saúde. Ela pode causar à pessoa afetada um grande sofrimento e disfunção no trabalho, na escola ou no meio familiar. Na pior das hipóteses, a depressão pode levar ao suicídio. Cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio a cada ano - sendo a segunda principal causa de morte entre pessoas com idade entre 15 e 29 anos. Embora existam tratamentos eficazes conhecidos para depressão, menos da metade dos afetados no mundo (em muitos países, menos de 10%) recebe tais tratamentos. Os obstáculos ao tratamento eficaz incluem a falta de recursos, a falta de profissionais treinados e o estigma social associado aos transtornos mentais. Outra barreira ao atendimento eficaz é a avaliação imprecisa. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
Eu continue algumas medicações durante a gravidez. Minha gestação não foi planejada, mas eu tambémm não estava em crise. Foi muito tranquila, oparto foi cesária, pois tenho doença hemorroidária e tive algumas crises durante a gravidez, mas o grande fator mesmo que me fez escolher a cesária foi o medo do parto normal, hoje me arrependo um pouco pois queria ter tido essa experiência linda. As medicações que mantive foram as que eu já estava usando, Remicade e azatioprina. Minha cria hoje tem 5 anos de alegria de saúde! É o que alimenta minha vida com amor e felicidade! ❤ E com você, como foi a gestação? 📍Gravidez e #DII: 👎MITO:
Se eu tomar os remédios não posso engravidar e amamentar. 👍VERDADE:
A maioria das medicações pode ser utilizada durante a gestação e o aleitamento. O acompanhamento médico é essencial, pois o profissional vai orientar sobre como planejar o melhor momento para a gestação, com menor risco possível para mãe e bebê.

Fonte: www.abcd.org.br

Essas e outras informações você também pode encontrar no blog - www.farmale.com.br .

#doençasinflamatoriasintestinais #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #empoderarpacientes #farmaleempodera #farmaleachoudii #farmaleachoumaternidade #GestaçaoEDII
Eu continue algumas medicações durante a gravidez. Minha gestação não foi planejada, mas eu tambémm não estava em crise. Foi muito tranquila, oparto foi cesária, pois tenho doença hemorroidária e tive algumas crises durante a gravidez, mas o grande fator mesmo que me fez escolher a cesária foi o medo do parto normal, hoje me arrependo um pouco pois queria ter tido essa experiência linda. As medicações que mantive foram as que eu já estava usando, Remicade e azatioprina. Minha cria hoje tem 5 anos de alegria de saúde! É o que alimenta minha vida com amor e felicidade! ❤ E com você, como foi a gestação? 📍Gravidez e #DII : 👎MITO: Se eu tomar os remédios não posso engravidar e amamentar. 👍VERDADE: A maioria das medicações pode ser utilizada durante a gestação e o aleitamento. O acompanhamento médico é essencial, pois o profissional vai orientar sobre como planejar o melhor momento para a gestação, com menor risco possível para mãe e bebê. Fonte: www.abcd.org.br Essas e outras informações você também pode encontrar no blog - www.farmale.com.br . #doençasinflamatoriasintestinais  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #empoderarpacientes  #farmaleempodera  #farmaleachoudii  #farmaleachoumaternidade  #GestaçaoEDII 
A vida irá te testar, as pessoas vão tentar te pisar e lhe derrubar. Mas com isso eu aprendi a ser forte. 
Aprendi que cada experiência é um aprendizado, e essa é a base para minha jornada de construção de amadurecimento. 
Muitos dizem: você parece ser muito mais velha que sua idade. Pois é, sinal de que a vida não foi e não será fácil, mas eu persisto.
E assim sigo a vida com muita força, fé e determinação. ❤ #quotes #life #love
A vida irá te testar, as pessoas vão tentar te pisar e lhe derrubar. Mas com isso eu aprendi a ser forte. Aprendi que cada experiência é um aprendizado, e essa é a base para minha jornada de construção de amadurecimento. Muitos dizem: você parece ser muito mais velha que sua idade. Pois é, sinal de que a vida não foi e não será fácil, mas eu persisto. E assim sigo a vida com muita força, fé e determinação. ❤ #quotes  #life  #love 
Bom Dia! Ótima segunda e excelente semana para todos! Aqui no Farmale você encontra: ✔ Informação sempre de fonte segura e de referência ✔ Empoderamento ✔ Apoio ✔ Otimismo ✔ Informações sobre saúde e doença, educação e cultura, diversão, maternidade, dicas para as crias, solidariedade, empatia, etc. ✔ Informações sobre Doenças Inflamatórias Intestinais - Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa, Ostomias, Doenças Reumáticas e Doenças Raras (#somostodosraros). ✔ Judicialização,  políticas de saúde, direitos dos pacientes com doenças crônicas. ✔ Informações sobre medicamentos e tratamentos. ✔ Aqui você encontra a Alessandra de Souza, Farmacêutica, mãe, esposa, com doença de Crohn e espondiloartrite associada, uma pessoa que adora ler sobre DII e por isso criei o blog www.farmale.com.br para contribuir com a conscientização sobre as DII. Aqui é uma voluntária, ativista que tem vários sonhos, entre eles não ver mais pacientes levando anos para encontrar o diagnóstico, pacientes que passaram por cirurgias evitáveis e que todo sofrimento que vejo em cada depoimento que recebo sobre a vivência desses pacientes com as #DII seja respeitado e tratado de forma digna. 
Então amigos, aqui, como vocês podem ver, tem muito de mim e de cada um que compartilha comigo a sua vivência com as DII. E aqui, apesar de toda a luta, o que sempre procuro deixar claro é que não podemos viver a doença, não somos a doença, ela faz parte da nossa vida. Por isso vocês encontrarão aqui a Farmale que gosta de humor pois como escreveu bem a @mary_4fpraviver (essa minha amiga na foto) 👉"Podemos tirar proveito de tudo que passamos no dia a dia de forma bem humorada. E de alguma forma você sem querer se torna luz na vida de alguém... Porque não existe dor que supere um sorriso...! Eu sei... Eu senti..." By Mary Paul

#farmaleachoudii #doençasinflamatoriasintetinais #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #juntossomosmaisfortes
Bom Dia! Ótima segunda e excelente semana para todos! Aqui no Farmale você encontra: ✔ Informação sempre de fonte segura e de referência ✔ Empoderamento ✔ Apoio ✔ Otimismo ✔ Informações sobre saúde e doença, educação e cultura, diversão, maternidade, dicas para as crias, solidariedade, empatia, etc. ✔ Informações sobre Doenças Inflamatórias Intestinais - Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa, Ostomias, Doenças Reumáticas e Doenças Raras (#somostodosraros ). ✔ Judicialização, políticas de saúde, direitos dos pacientes com doenças crônicas. ✔ Informações sobre medicamentos e tratamentos. ✔ Aqui você encontra a Alessandra de Souza, Farmacêutica, mãe, esposa, com doença de Crohn e espondiloartrite associada, uma pessoa que adora ler sobre DII e por isso criei o blog www.farmale.com.br para contribuir com a conscientização sobre as DII. Aqui é uma voluntária, ativista que tem vários sonhos, entre eles não ver mais pacientes levando anos para encontrar o diagnóstico, pacientes que passaram por cirurgias evitáveis e que todo sofrimento que vejo em cada depoimento que recebo sobre a vivência desses pacientes com as #DII  seja respeitado e tratado de forma digna. Então amigos, aqui, como vocês podem ver, tem muito de mim e de cada um que compartilha comigo a sua vivência com as DII. E aqui, apesar de toda a luta, o que sempre procuro deixar claro é que não podemos viver a doença, não somos a doença, ela faz parte da nossa vida. Por isso vocês encontrarão aqui a Farmale que gosta de humor pois como escreveu bem a @mary_4fpraviver (essa minha amiga na foto) 👉"Podemos tirar proveito de tudo que passamos no dia a dia de forma bem humorada. E de alguma forma você sem querer se torna luz na vida de alguém... Porque não existe dor que supere um sorriso...! Eu sei... Eu senti..." By Mary Paul #farmaleachoudii  #doençasinflamatoriasintetinais  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #juntossomosmaisfortes 
Cabotiá com frango e temperos maraaaa! Suco com chia e xylitol ❤#retocoliteulcerativa #xylitol #vencendoavida #lifestyle #life
Pacientes com DII precisam de suplementos? 
Uma dúvida comum dos pacientes é se eles precisam usar suplementos alimentares devido a DII e algumas restrições alimentares. Um Guia para tratamento da DII publicado em 2017 recomenda que os pacientes com a doença em atividade recebam suplementos que ofertem vitaminas e minerais e em alguns casos energia e proteína, devido às restrições na alimentação que são  necessárias nessa fase, para indução da remissão da doença.  Em remissão, os pacientes devem ser avaliados quanto aos seus hábitos alimentares e real necessidade.  Converse com seu médico ou nutricionista sobre a necessidade de um  suplemento.  Jamais use um suplemento ou medicamento sem a orientação de um profissional, pois ao invés de trazerem benefícios, podem prejudicar a saúde. 
#dii #ibd #doençadecrohn #crohnsdisease #retocoliteulcerativa #ulcerativecolitis #gastroenterologia #nutriçãoemdii
Pacientes com DII precisam de suplementos? Uma dúvida comum dos pacientes é se eles precisam usar suplementos alimentares devido a DII e algumas restrições alimentares. Um Guia para tratamento da DII publicado em 2017 recomenda que os pacientes com a doença em atividade recebam suplementos que ofertem vitaminas e minerais e em alguns casos energia e proteína, devido às restrições na alimentação que são necessárias nessa fase, para indução da remissão da doença. Em remissão, os pacientes devem ser avaliados quanto aos seus hábitos alimentares e real necessidade. Converse com seu médico ou nutricionista sobre a necessidade de um suplemento. Jamais use um suplemento ou medicamento sem a orientação de um profissional, pois ao invés de trazerem benefícios, podem prejudicar a saúde. #dii  #ibd  #doençadecrohn  #crohnsdisease  #retocoliteulcerativa  #ulcerativecolitis  #gastroenterologia  #nutriçãoemdii 
As intervenções cirúrgicas que resultam em ostomias intestinais são comuns nas #doençasinflamatóriasintestinais (#DII), o que por si justificaria o tema em foco aqui no blog, não fosse também, a constatação da inquietude dos pacientes #ostomizados demonstrada durante seguimento pré e pós-operatório.

O assunto ostomia é bastante presente nos grupos de DII pelo Facebook, pois as complicações das DII podem levar a cirurgias que necessitam da construção de um estoma permanente ou não. Por isso acho muito importante compreendermos alguns termos, como #estoma, ostomia, bolsa coletora, #colostomia, #ileostomia, etc para que possamos nos sentir um pouco mais à vontade com o assunto. Não é um fato que todos seremos um dia ostomizados, mas a possibilidade existe, pois as complicações das DII envolvem o intestino.

Para aqueles que já sabem que passarão por tal procedimento é muito importante que compreendam a cirurgia que será realizada e suas consequências. A imagem do abdome com parte do intestino exteriorizado poderá ser chocante, mesmo com toda a informação que você recebeu, e o processo de #aceitação dessa nova condição será difícil mesmo. Agora imagina se você não recebeu nenhuma informação sobre o assunto no pré-operatório? Então, pelo sim, pelo não, vamos conversar sobre ostomia aqui no blog. Assunto importante para quem já é ostomizado, para quem será e para aqueles que querem mais informações sobre as complicações em DII. 
No blog você encontra uma coluna sobre o assunto, basta você ir até lá 👉 www.farmale.com.br e clicar na aba Ostomia. Essa coluna conta com a parceria de uma Enfermeira 👩🏻‍⚕️, ileostomizada, com doença de Crohn, autora do livro Registros de Uma Crohnista 👉 Alessandra Vitoriano de Castro, a @lecavc , minha xará 😉e amigona 😍! Você tem dúvidas sobre o assunto? Passa lá no blog e veja se encontra o que procura 😉. Não achou? Envie suas dúvidas para farmaleachou@gmail.com que vamos te ajudar. #juntossomosmaisfortes #juntosficamaisfacilvencer #farmaleachouostomia #conscientizarostomia #ostomiaévida #ostomy #ostomia #doençasinflamatoriasintestinais #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #farmaleachoudii #RegistrosDeUmaCrohnista
As intervenções cirúrgicas que resultam em ostomias intestinais são comuns nas #doençasinflamatóriasintestinais  (#DII ), o que por si justificaria o tema em foco aqui no blog, não fosse também, a constatação da inquietude dos pacientes #ostomizados  demonstrada durante seguimento pré e pós-operatório. O assunto ostomia é bastante presente nos grupos de DII pelo Facebook, pois as complicações das DII podem levar a cirurgias que necessitam da construção de um estoma permanente ou não. Por isso acho muito importante compreendermos alguns termos, como #estoma , ostomia, bolsa coletora, #colostomia , #ileostomia , etc para que possamos nos sentir um pouco mais à vontade com o assunto. Não é um fato que todos seremos um dia ostomizados, mas a possibilidade existe, pois as complicações das DII envolvem o intestino. Para aqueles que já sabem que passarão por tal procedimento é muito importante que compreendam a cirurgia que será realizada e suas consequências. A imagem do abdome com parte do intestino exteriorizado poderá ser chocante, mesmo com toda a informação que você recebeu, e o processo de #aceitação  dessa nova condição será difícil mesmo. Agora imagina se você não recebeu nenhuma informação sobre o assunto no pré-operatório? Então, pelo sim, pelo não, vamos conversar sobre ostomia aqui no blog. Assunto importante para quem já é ostomizado, para quem será e para aqueles que querem mais informações sobre as complicações em DII. No blog você encontra uma coluna sobre o assunto, basta você ir até lá 👉 www.farmale.com.br e clicar na aba Ostomia. Essa coluna conta com a parceria de uma Enfermeira 👩🏻‍⚕️, ileostomizada, com doença de Crohn, autora do livro Registros de Uma Crohnista 👉 Alessandra Vitoriano de Castro, a @lecavc , minha xará 😉e amigona 😍! Você tem dúvidas sobre o assunto? Passa lá no blog e veja se encontra o que procura 😉. Não achou? Envie suas dúvidas para farmaleachou@gmail.com que vamos te ajudar. #juntossomosmaisfortes  #juntosficamaisfacilvencer  #farmaleachouostomia  #conscientizarostomia  #ostomiaévida  #ostomy  #ostomia  #doençasinflamatoriasintestinais  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #farmaleachoudii  #RegistrosDeUmaCrohnista 
"E quando vc estiver triste, sempre vai ter alguém ali pra te dar forças e te arrancar sorrisos!" 😍 Não preciso escrever mais nada, pois a Duda já escreveu tudo 😉. ❤ #farmaleachoudii #doençasinflamatoriasintestinais #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #juntossomosmaisfortes #BomHumorÉTudo #MomentoBomHumorÉTudo 
@Regrann from @dudabadarau -  Uns dias atras, entrei num grupo de pessoas que sofrem e ja passaram pela mesma experiência que eu. É um grupo onde nos encontramos, compartilhamos, conversamos e desabafamos tudo que a gente passou e passa até hoje. Isso tem feito bem pra mim, conhecer e escutar essas pessoas, saber que não estamos sozinhos nessa, que não somos os únicos e que além de todo sofrimento e questionamentos ainda continuamos ali firme e forte mesmo quando da vontade de desistir. E quando vc estiver triste, sempre vai ter alguém ali pra te dar forças e te arrancar sorrisos! E claro, a 💩 sempre está no meio das nossas conversas 😂😂 porque a gente também se diverte muito nesse grupo #DII💉💊
Só os fortes entenderão! 💩 #retocoliteulcerativa #doençadecrohn #viverébom #vivercomfé #gratidão🙏 - #regrann
"E quando vc estiver triste, sempre vai ter alguém ali pra te dar forças e te arrancar sorrisos!" 😍 Não preciso escrever mais nada, pois a Duda já escreveu tudo 😉. ❤ #farmaleachoudii  #doençasinflamatoriasintestinais  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #juntossomosmaisfortes  #BomHumorÉTudo  #MomentoBomHumorÉTudo  @Regrann from @dudabadarau - Uns dias atras, entrei num grupo de pessoas que sofrem e ja passaram pela mesma experiência que eu. É um grupo onde nos encontramos, compartilhamos, conversamos e desabafamos tudo que a gente passou e passa até hoje. Isso tem feito bem pra mim, conhecer e escutar essas pessoas, saber que não estamos sozinhos nessa, que não somos os únicos e que além de todo sofrimento e questionamentos ainda continuamos ali firme e forte mesmo quando da vontade de desistir. E quando vc estiver triste, sempre vai ter alguém ali pra te dar forças e te arrancar sorrisos! E claro, a 💩 sempre está no meio das nossas conversas 😂😂 porque a gente também se diverte muito nesse grupo #DII 💉💊 Só os fortes entenderão! 💩 #retocoliteulcerativa  #doençadecrohn  #viverébom  #vivercomfé  #gratidão 🙏 - #regrann 
"melhora da qualidade de vida e redução dos sintomas intestinais." Excelentes motivos para te incentivar a praticar uma atividade física. 😉 #farmaleachoudii #doençasinflamatoriasintestinais #doençadecrohn 
@Regrann from @diintestinais -  A prática de exercícios físicos é uma dúvida muito comum dos pacientes com DIIs. Poucos estudos até o momento avaliaram o impacto das atividades físicas sobre a doença intestinal. Porém, alguns estudos demonstram melhora da qualidade de vida e redução dos sintomas intestinais. Acredita-se que o exercício físico melhore a resposta imunológica, além de ter impacto no estado psicológico e nutricional do paciente. Além disso, atua no ganho de massa muscular e óssea, que são comprometidos pela má absorção intestinal. Atualmente, recomenda-se a pratica regular de atividade física de leve a moderada intensidade, como fator adjuvante ao tratamento medicamentoso. #crohns #retocoliteulcerativa #ulcerativecolitis #maladiedecrohn #eii #dii #ibd - #regrann
"melhora da qualidade de vida e redução dos sintomas intestinais." Excelentes motivos para te incentivar a praticar uma atividade física. 😉 #farmaleachoudii  #doençasinflamatoriasintestinais  #doençadecrohn  @Regrann from @diintestinais - A prática de exercícios físicos é uma dúvida muito comum dos pacientes com DIIs. Poucos estudos até o momento avaliaram o impacto das atividades físicas sobre a doença intestinal. Porém, alguns estudos demonstram melhora da qualidade de vida e redução dos sintomas intestinais. Acredita-se que o exercício físico melhore a resposta imunológica, além de ter impacto no estado psicológico e nutricional do paciente. Além disso, atua no ganho de massa muscular e óssea, que são comprometidos pela má absorção intestinal. Atualmente, recomenda-se a pratica regular de atividade física de leve a moderada intensidade, como fator adjuvante ao tratamento medicamentoso. #crohns  #retocoliteulcerativa  #ulcerativecolitis  #maladiedecrohn  #eii  #dii  #ibd  - #regrann 
Uns dias atras, entrei num grupo de pessoas que sofrem e ja passaram pela mesma experiência que eu. É um grupo onde nos encontramos, compartilhamos, conversamos e desabafamos tudo que a gente passou e passa até hoje. Isso tem feito bem pra mim, conhecer e escutar essas pessoas, saber que não estamos sozinhos nessa, que não somos os únicos e que além de todo sofrimento e questionamentos ainda continuamos ali firme e forte mesmo quando da vontade de desistir. E quando vc estiver triste, sempre vai ter alguém ali pra te dar forças e te arrancar sorrisos! E claro, a 💩 sempre está no meio das nossas conversas 😂😂 porque a gente também se diverte muito nesse grupo #DII💉💊
Só os fortes entenderão! 💩 #retocoliteulcerativa #doençadecrohn #viverébom #vivercomfé #gratidão🙏
Uns dias atras, entrei num grupo de pessoas que sofrem e ja passaram pela mesma experiência que eu. É um grupo onde nos encontramos, compartilhamos, conversamos e desabafamos tudo que a gente passou e passa até hoje. Isso tem feito bem pra mim, conhecer e escutar essas pessoas, saber que não estamos sozinhos nessa, que não somos os únicos e que além de todo sofrimento e questionamentos ainda continuamos ali firme e forte mesmo quando da vontade de desistir. E quando vc estiver triste, sempre vai ter alguém ali pra te dar forças e te arrancar sorrisos! E claro, a 💩 sempre está no meio das nossas conversas 😂😂 porque a gente também se diverte muito nesse grupo #DII 💉💊 Só os fortes entenderão! 💩 #retocoliteulcerativa  #doençadecrohn  #viverébom  #vivercomfé  #gratidão 🙏
Já estava indo dormir 😴, dando uma última olhadinha pelas redes sociais, passeando pelo Twitter e ... olhem só o que eu encontrei 😂 👉 HUMOR! E eu que ADOOOORO uma piada para alegrar a vida, para lembrar que dá para fazer uma limonada gostosa dessa vida com as #doençasinflamatoriasintestinais (#doençadeCrohn e #retocoliteulcerativa) não poderia deixar de compartilhar com vocês. 😉

Victoria's Secret chama de calcinha Peek-a-boo. Eu chamo: "Não tenho tempo nem para tirar as calças" 😂 #ibd. By @ibd_humor #farmaleachoudii ‬ 
#MomentoBomHumorÉTudo
#MomentoBimHumor
#BomHumor
Já estava indo dormir 😴, dando uma última olhadinha pelas redes sociais, passeando pelo Twitter e ... olhem só o que eu encontrei 😂 👉 HUMOR! E eu que ADOOOORO uma piada para alegrar a vida, para lembrar que dá para fazer uma limonada gostosa dessa vida com as #doençasinflamatoriasintestinais  (#doençadeCrohn  e #retocoliteulcerativa ) não poderia deixar de compartilhar com vocês. 😉 Victoria's Secret chama de calcinha Peek-a-boo. Eu chamo: "Não tenho tempo nem para tirar as calças" 😂 #ibd . By @ibd_humor #farmaleachoudii  ‬ #MomentoBomHumorÉTudo  #MomentoBimHumor  #BomHumor 
Algum dia direi: Não foi fácil, mas consegui

Os sintomas das doenças inflamatórias intestinais (#DII) - #doençadeCrohn e #retocoliteulcerativa - podem variar de leves a severos. No meu caso posso dizer que tenho sorte, pois não sinto dores, somente diarréia com várias idas ao banheiro, aí sim tenho dor, mas local. Devido a quantidade de evacuações acabo desenvolvendo uma dolorosa hemorroida. 
A doença de Crohn em mim segue a característica estenosante, não sinto dores quando isso acontece, mas percebo muito inchaço abdominal e falta de ar. A maior dor que senti foi quando houve perfuração do meu intestino, aí sim! Era uma dor insuportável, desmaiei.

Sempre senti dores musculares e nas articulações também, mas como fazia muitas atividades físicas, acreditava que era por algum excesso. Até que um dia uma dor no cotovelo bem chata, que me impedia de esticar meu braço me levou ao Ortopedista que só me passou fisioterapia, já que segundo ele, a única coisa que poderia me ajudar eram anti-inflamatórios não esteroidais. Os anti-inflamatórios não esteroidais (AINES) são uma classe de medicamentos perigosos para quem tem DII, pois podem piorar a crise ou desencadear uma crise. 
Logo na mesma semana dessa "dor de cotovelo", acordei um dia com o pescoço durinho, muito, muito dolorido. Associei as dores e levei essa situação ao meu médico que sugeriu um Reumatologista. Consulta realizada, exames solicitados e feitos, então a avaliação no retorno foi conclusiva. Espondiloartrite associada a doença de Crohn. Ok! Já sabia das tais #manifestaçõesextraintestinais, até tinha essa desconfiança que as minha dores eram por isso, mas sabe quando você quer fugir de doença? Só a doença de Crohn não bastava? 
E lá vem o trabalho da aceitação... Tenho total consciência que a minha experiência é muito leve em relação a de outros portadores de DII. Sei que cada um sabe da sua dor, mesmo assim, afirmo que tenho muita sorte com o curso que a doença de Crohn vem seguindo. Ouço e leio relatos de dores e dificuldades diversas. Os sintomas são os mais terríveis possíveis. Além da dor física, muitas vezes dói a alma. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
Algum dia direi: Não foi fácil, mas consegui Os sintomas das doenças inflamatórias intestinais (#DII ) - #doençadeCrohn  e #retocoliteulcerativa  - podem variar de leves a severos. No meu caso posso dizer que tenho sorte, pois não sinto dores, somente diarréia com várias idas ao banheiro, aí sim tenho dor, mas local. Devido a quantidade de evacuações acabo desenvolvendo uma dolorosa hemorroida. A doença de Crohn em mim segue a característica estenosante, não sinto dores quando isso acontece, mas percebo muito inchaço abdominal e falta de ar. A maior dor que senti foi quando houve perfuração do meu intestino, aí sim! Era uma dor insuportável, desmaiei. Sempre senti dores musculares e nas articulações também, mas como fazia muitas atividades físicas, acreditava que era por algum excesso. Até que um dia uma dor no cotovelo bem chata, que me impedia de esticar meu braço me levou ao Ortopedista que só me passou fisioterapia, já que segundo ele, a única coisa que poderia me ajudar eram anti-inflamatórios não esteroidais. Os anti-inflamatórios não esteroidais (AINES) são uma classe de medicamentos perigosos para quem tem DII, pois podem piorar a crise ou desencadear uma crise. Logo na mesma semana dessa "dor de cotovelo", acordei um dia com o pescoço durinho, muito, muito dolorido. Associei as dores e levei essa situação ao meu médico que sugeriu um Reumatologista. Consulta realizada, exames solicitados e feitos, então a avaliação no retorno foi conclusiva. Espondiloartrite associada a doença de Crohn. Ok! Já sabia das tais #manifestaçõesextraintestinais , até tinha essa desconfiança que as minha dores eram por isso, mas sabe quando você quer fugir de doença? Só a doença de Crohn não bastava? E lá vem o trabalho da aceitação... Tenho total consciência que a minha experiência é muito leve em relação a de outros portadores de DII. Sei que cada um sabe da sua dor, mesmo assim, afirmo que tenho muita sorte com o curso que a doença de Crohn vem seguindo. Ouço e leio relatos de dores e dificuldades diversas. Os sintomas são os mais terríveis possíveis. Além da dor física, muitas vezes dói a alma. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
Quando o seu marido entende a sua doença e envia essas coisas pelo Whatsapp 😆. Aproveitando o bom humor:

Evite papel higiênico 🚫. Procure se lavar 🚿 após as evacuações, pois isso evita irritações locais. Vocês sabiam disso? Quem me orientou sobre isso foi a Médica que cuidava de mim na época do diagnóstico. 
#BomHumorÉFundamental #MomentoBomHumorÉTudo #BomHumorÉTudo #BomHumor

#doençasinflamatoriasintestinais #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #farmaleachoudii #empoderarpacientes #farmaleempodera #PrecisamosFalarDeCocô 💩
Quando o seu marido entende a sua doença e envia essas coisas pelo Whatsapp 😆. Aproveitando o bom humor: Evite papel higiênico 🚫. Procure se lavar 🚿 após as evacuações, pois isso evita irritações locais. Vocês sabiam disso? Quem me orientou sobre isso foi a Médica que cuidava de mim na época do diagnóstico. #BomHumorÉFundamental  #MomentoBomHumorÉTudo  #BomHumorÉTudo  #BomHumor  #doençasinflamatoriasintestinais  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #farmaleachoudii  #empoderarpacientes  #farmaleempodera  #PrecisamosFalarDeCocô  💩
O dia em que minha vida parou

Oiii pessoas lindas. Me chamo Thialla tenho 27 anos, eu vivia normalmente, saudável...reclamava q não usava meu plano de saúde... (nunca mais faço isso). Em 2014 começou um desafio na minha vida.

Minha barriga começou a inchar e depois eu sentir muitas dores e tive q sair do interior para procurar ajuda na capital. Fui diagnosticada com apendicite: passei alguns meses no hospital sem melhora aparente... criei fistulas que não se fechavam. Tive alta voltei e fiz mais 2 cirurgias... Esse período foram 5 meses... de idas e vindas no hospital. Eu sempre relato esse momento como o dia em que minha vida parou. Eu sempre tive uma vida ativa, trabalho estudo etc. Ali eu me vi sem saber o que fazer e o que seria da minha vida já q eu não sabia o q eu tinha.

Definhei... eu pesava 65 kg fui para 49. Fiquei um ano com buracos na barriga não me sentia uma pessoa normal... porque saía liquido intestinal no meu abdome... e eu não ganhava peso... Até que em um dia bom... um dia feliz pq apesar de descobrir q eu tinha uma doença autoimune pra vida toda...eu finalmente saberia o q eu tinha para poder tratar corretamente. Fui diagnosticada com doença de Cronh em novembro de 2015... num estágio meio que grave da doença porque fiquei um ano sem tratamento porque não tive um diagnóstico. E ali sentir esperança de ter minha vida de volta sem buracos na barriga... sem me sentir estranha.

Comecei a tratar mais não tive muitos resultados pois meu intestino estava bem maltratadinho... A solução foi operar novamente e ai já se foram 4 cirurgias... Tive que fazer uma ileostomia, usar bolsa temporariamente... mas ia me livrar das fístulas isso era bom. Depois da cirurgia eu voltei a sentir vontade de comer (isso foi maravilhoso), me sentia com vida.

Eu não tive muito tempo de lamentar ter uma doença crônica, porque aprendi tanto com ela... Agradeço a Deus por me livrar de tantos sofrimentos passados e me dar a chance de viver apesar de ter passado grandes sustos.

Ainda vou fazer mais uma cirurgia para tirar a bolsa, mas confiante que o pior já passou.

E o que eu tenho a dizer pra vocês é:

CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
O dia em que minha vida parou Oiii pessoas lindas. Me chamo Thialla tenho 27 anos, eu vivia normalmente, saudável...reclamava q não usava meu plano de saúde... (nunca mais faço isso). Em 2014 começou um desafio na minha vida. Minha barriga começou a inchar e depois eu sentir muitas dores e tive q sair do interior para procurar ajuda na capital. Fui diagnosticada com apendicite: passei alguns meses no hospital sem melhora aparente... criei fistulas que não se fechavam. Tive alta voltei e fiz mais 2 cirurgias... Esse período foram 5 meses... de idas e vindas no hospital. Eu sempre relato esse momento como o dia em que minha vida parou. Eu sempre tive uma vida ativa, trabalho estudo etc. Ali eu me vi sem saber o que fazer e o que seria da minha vida já q eu não sabia o q eu tinha. Definhei... eu pesava 65 kg fui para 49. Fiquei um ano com buracos na barriga não me sentia uma pessoa normal... porque saía liquido intestinal no meu abdome... e eu não ganhava peso... Até que em um dia bom... um dia feliz pq apesar de descobrir q eu tinha uma doença autoimune pra vida toda...eu finalmente saberia o q eu tinha para poder tratar corretamente. Fui diagnosticada com doença de Cronh em novembro de 2015... num estágio meio que grave da doença porque fiquei um ano sem tratamento porque não tive um diagnóstico. E ali sentir esperança de ter minha vida de volta sem buracos na barriga... sem me sentir estranha. Comecei a tratar mais não tive muitos resultados pois meu intestino estava bem maltratadinho... A solução foi operar novamente e ai já se foram 4 cirurgias... Tive que fazer uma ileostomia, usar bolsa temporariamente... mas ia me livrar das fístulas isso era bom. Depois da cirurgia eu voltei a sentir vontade de comer (isso foi maravilhoso), me sentia com vida. Eu não tive muito tempo de lamentar ter uma doença crônica, porque aprendi tanto com ela... Agradeço a Deus por me livrar de tantos sofrimentos passados e me dar a chance de viver apesar de ter passado grandes sustos. Ainda vou fazer mais uma cirurgia para tirar a bolsa, mas confiante que o pior já passou. E o que eu tenho a dizer pra vocês é: CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
Quem me conhece sabe que amo compartilhar o que é bom e eu tive a oportunidade de poder experimentar um produto fantástico! Eu como portadora de uma doença crônica que acomete o intestino grosso, passo por uns maus bocados de vez em quando.. kkkk.. um desses é a urgência de ir ao banheiro e como o intestino está inflamado as vezes o odor não é um dos melhores 😷🤢😂😂.. mas afinal de quem é?💩😷 ..Mas isso me incomodava muito, me deixava com vergonha e as vezes passava muito mal mas nao ia ao banheiro, o que era até pior..E essa maravilha veio pra salvar eu e meu marido! Hahaha.. o Twoco é um neutralizador de odores sensacional que pode ser usado antes de ir ao banheiro e depois como odorizador de ambientes!! Vai por mim, ele REALMENTE neutraliza, e não so tapeia ta?? So posso dizer que AMEI! O cheiro super agradável, a embalagem uma graça, cabe na minha bolsa, eu levo pra todo canto e amo!!Quer saber mais sobre o Twoco? Acesse: https://www.facebook.com/twocobr/
Ou aqui no ig @twocobr 
#twoco #neutralizadordeodores #retocolite #rcu #doencasinflamatoriasintestinais #DII #retocoliteulcerativa #saude #bemestar #doencascronicas #doencasautoimunes
Quem me conhece sabe que amo compartilhar o que é bom e eu tive a oportunidade de poder experimentar um produto fantástico! Eu como portadora de uma doença crônica que acomete o intestino grosso, passo por uns maus bocados de vez em quando.. kkkk.. um desses é a urgência de ir ao banheiro e como o intestino está inflamado as vezes o odor não é um dos melhores 😷🤢😂😂.. mas afinal de quem é?💩😷 ..Mas isso me incomodava muito, me deixava com vergonha e as vezes passava muito mal mas nao ia ao banheiro, o que era até pior..E essa maravilha veio pra salvar eu e meu marido! Hahaha.. o Twoco é um neutralizador de odores sensacional que pode ser usado antes de ir ao banheiro e depois como odorizador de ambientes!! Vai por mim, ele REALMENTE neutraliza, e não so tapeia ta?? So posso dizer que AMEI! O cheiro super agradável, a embalagem uma graça, cabe na minha bolsa, eu levo pra todo canto e amo!!Quer saber mais sobre o Twoco? Acesse: https://www.facebook.com/twocobr/ Ou aqui no ig @twocobr #twoco  #neutralizadordeodores  #retocolite  #rcu  #doencasinflamatoriasintestinais  #DII  #retocoliteulcerativa  #saude  #bemestar  #doencascronicas  #doencasautoimunes 
Aprendendo a sovar 😅 uma massa de ciabatta no Projeto da Gastronomia na Promoção da Saúde.

O Projeto da Gastronomia na Promoção da Saúde é um projeto de extensão criado pelo curso de Gastronomia do Instituto de Nutrição Josué de Castro em parceria com os cursos de Nutrição e Medicina que conta com alunos bolsistas e voluntários. Um projeto lindo de empoderamento de pacientes com doença inflamatória intestinal através da alimentação. Uma vez por mês os pacientes têm a oportunidade de conhecer receitas saudáveis e acessíveis para a melhoria da sua qualidade de vida. 
#AAPODII, Farmale e @alemdii são apoiadores desse projeto exemplar! 
Esse vídeo foi feito pela Dra Letícia Tavares, coordenadora do projeto que o definiu muito bem: "Empoderamento e promoção da saúde através do desenvolvimento de habilidades culinárias. " 
#farmaleachoudii #farmaleachoucomidaboa #ProjetoDeGastronomiaNaPromoçaoDaSaude #AAPODII #ALEMDII #doençasinflamatoriasintestinais #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #alimentaçaosaudavel #façaasuacomida #menosindustrializados #consumasaude
Aprendendo a sovar 😅 uma massa de ciabatta no Projeto da Gastronomia na Promoção da Saúde. O Projeto da Gastronomia na Promoção da Saúde é um projeto de extensão criado pelo curso de Gastronomia do Instituto de Nutrição Josué de Castro em parceria com os cursos de Nutrição e Medicina que conta com alunos bolsistas e voluntários. Um projeto lindo de empoderamento de pacientes com doença inflamatória intestinal através da alimentação. Uma vez por mês os pacientes têm a oportunidade de conhecer receitas saudáveis e acessíveis para a melhoria da sua qualidade de vida. #AAPODII , Farmale e @alemdii são apoiadores desse projeto exemplar! Esse vídeo foi feito pela Dra Letícia Tavares, coordenadora do projeto que o definiu muito bem: "Empoderamento e promoção da saúde através do desenvolvimento de habilidades culinárias. " #farmaleachoudii  #farmaleachoucomidaboa  #ProjetoDeGastronomiaNaPromoçaoDaSaude  #AAPODII  #ALEMDII  #doençasinflamatoriasintestinais  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #alimentaçaosaudavel  #façaasuacomida  #menosindustrializados  #consumasaude 
Evento bacana da Associação Goiana dos Pacientes com Doenças Inflamatórias Intestinais 😉. #AGDII #farmaleachoudii #doençasinflamatoriasintestinais #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #empoderarpacientes #culinariasaudavel
As DII (Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa) são doenças autoimunes, crônicas, sem cura, têm um grande impacto no bem estar e qualidade de vida das pessoas, da família e do seu círculo social. Provocam dores abdominais, sangramentos, fístulas, estenoses e alguns ainda sofrem com outros problemas extaintestinais, as famosas Manifestações Extarintestinais (MEI). Já escrevi aqui no blog sobre as MEI nesse link: www.farmale.com.br/2016/08/manifestacoes-extraintestinais-das.html.

O intestino é o foco, mas quando ocorrem as MEI, os órgãos mais afetados são a pele, articulações, olhos e fígado. 
São tantas as pedras que podem sugir no nosso caminho... A cura para a Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa ainda não existe, mas os tratamentos podem ajudar muito no controle dessas doenças e nos propiciar períodos de remissão. 
Alguns ainda não tiveram a oportunidade de experimentar a remissão, outros já experimentaram e podem ter muita esperança para compartilhar em palavras. 
Conte a Sua História é um espaço que gosto de chamar de divã onde você pode desabafar escrevendo sobre as suas experiências, as dificuldades, as soluções que você descobriu, suas observações sobre a sua vida após o diagnóstico com a doença de Crohn ou a Retocolite Ulcerativa. 
Sigmund Freud, criador da Psicanálise, disse certa vez: “A ciência moderna ainda não produziu um medicamento tranquilizador tão eficaz como são umas poucas palavras boas”. Tem hora que o sentimento e as emoções pedem para serem ditos, entendidos, traduzidos e então, escrevendo pode ajudar muito. Melhor mesmo seria buscar ajuda com um Psicólogo, mas nem sempre isso é possível. 
Experimente exorcizar os sentimentos ruins pela palavra. 
Expressar tranquiliza-a-dor. 
A sua história pode ajudar a diminuir o preconceito daqueles que sabem muito pouco sobre as DII, ou aprenderam de maneira errada sobre as DII. 
Quando escrevemos ✍ sobre as nossas experiências podemos perceber o quanto fomos forte e corajosos em algumas situações e assim, escrevendo, renovamos nossa força e coragem para o que vier. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS 👇
As DII (Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa) são doenças autoimunes, crônicas, sem cura, têm um grande impacto no bem estar e qualidade de vida das pessoas, da família e do seu círculo social. Provocam dores abdominais, sangramentos, fístulas, estenoses e alguns ainda sofrem com outros problemas extaintestinais, as famosas Manifestações Extarintestinais (MEI). Já escrevi aqui no blog sobre as MEI nesse link: www.farmale.com.br/2016/08/manifestacoes-extraintestinais-das.html. O intestino é o foco, mas quando ocorrem as MEI, os órgãos mais afetados são a pele, articulações, olhos e fígado. São tantas as pedras que podem sugir no nosso caminho... A cura para a Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa ainda não existe, mas os tratamentos podem ajudar muito no controle dessas doenças e nos propiciar períodos de remissão. Alguns ainda não tiveram a oportunidade de experimentar a remissão, outros já experimentaram e podem ter muita esperança para compartilhar em palavras. Conte a Sua História é um espaço que gosto de chamar de divã onde você pode desabafar escrevendo sobre as suas experiências, as dificuldades, as soluções que você descobriu, suas observações sobre a sua vida após o diagnóstico com a doença de Crohn ou a Retocolite Ulcerativa. Sigmund Freud, criador da Psicanálise, disse certa vez: “A ciência moderna ainda não produziu um medicamento tranquilizador tão eficaz como são umas poucas palavras boas”. Tem hora que o sentimento e as emoções pedem para serem ditos, entendidos, traduzidos e então, escrevendo pode ajudar muito. Melhor mesmo seria buscar ajuda com um Psicólogo, mas nem sempre isso é possível. Experimente exorcizar os sentimentos ruins pela palavra. Expressar tranquiliza-a-dor. A sua história pode ajudar a diminuir o preconceito daqueles que sabem muito pouco sobre as DII, ou aprenderam de maneira errada sobre as DII. Quando escrevemos ✍ sobre as nossas experiências podemos perceber o quanto fomos forte e corajosos em algumas situações e assim, escrevendo, renovamos nossa força e coragem para o que vier. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS 👇
A tensão emocional pode desencadear uma Doença Inflamatória do Intestino?

Tendo em vista que o corpo e mente estão relacionados, a tensão emocional pode influir no curso da Doença de Crohn, da Retocolite Ulcerativa ou de qualquer doença. Apesar de conflitos emocionais ocasionalmente precederem o surgimento ou a recidiva de uma DII, isso não significa, necessariamente, que eles foram a causa. É provável que a angustia sentida pelas pessoas com #DII seja uma reação aos sintomas dolorosos e limitações decorrentes da enfermidade. Fonte👉 www.abcd.org.br

Mesmo em remissão me sinto algumas vezes angustiada e ansiosa. Qualquer alteração eu já penso que acabou o sossego, mas meu Médico me ajuda muito a controlar esses sentimentos. Ele tem muita experiência e sempre me passa muita segurança sobre o que está acotencendo, o porquê de uma diarreia que não passa ou uma cólica repentina. Com toda a sua experiência e didática me explica o que está acontecendo e o qual conduta ele irá adotar. Essa é a importância de você ter uma boa relação com o seu médico, vocês precisam estar juntos nessas, ambos responsáveis pelo curso do tratamento. 
Trabalhe a maneira como você encara os problemas, pois nem sempre dá para evitá-los. 
Não guarde mágoa e rancor... resolva na hora, não fique remoendo um problema, uma briga, deixe ir o que te faz mal. 
Sua vida vale muito mais que qualquer aborrecimento 😉. #doençasinflamatoriasintestinais #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #empoderarpacientes #farmaleempodera #estresse #tensaoemocional #cuidedosseuspensamentos
A tensão emocional pode desencadear uma Doença Inflamatória do Intestino? Tendo em vista que o corpo e mente estão relacionados, a tensão emocional pode influir no curso da Doença de Crohn, da Retocolite Ulcerativa ou de qualquer doença. Apesar de conflitos emocionais ocasionalmente precederem o surgimento ou a recidiva de uma DII, isso não significa, necessariamente, que eles foram a causa. É provável que a angustia sentida pelas pessoas com #DII  seja uma reação aos sintomas dolorosos e limitações decorrentes da enfermidade. Fonte👉 www.abcd.org.br Mesmo em remissão me sinto algumas vezes angustiada e ansiosa. Qualquer alteração eu já penso que acabou o sossego, mas meu Médico me ajuda muito a controlar esses sentimentos. Ele tem muita experiência e sempre me passa muita segurança sobre o que está acotencendo, o porquê de uma diarreia que não passa ou uma cólica repentina. Com toda a sua experiência e didática me explica o que está acontecendo e o qual conduta ele irá adotar. Essa é a importância de você ter uma boa relação com o seu médico, vocês precisam estar juntos nessas, ambos responsáveis pelo curso do tratamento. Trabalhe a maneira como você encara os problemas, pois nem sempre dá para evitá-los. Não guarde mágoa e rancor... resolva na hora, não fique remoendo um problema, uma briga, deixe ir o que te faz mal. Sua vida vale muito mais que qualquer aborrecimento 😉. #doençasinflamatoriasintestinais  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #empoderarpacientes  #farmaleempodera  #estresse  #tensaoemocional  #cuidedosseuspensamentos 
Mulheres, vocês já perceberam que a doença inflamatória intestinal (e até mesmo a síndrome do intestino irritável) parece piorar quando está no período pré-menstrual (TPM)? Você não é a única! Muitas mulheres sentem que os sintomas da sua doença, principalmente diarreia e dor, pioram antes ou durante a menstruação.
É que nesse período pode haver um aumento do peristaltismo intestinal (movimento que os intestinos fazem) ocasionado pelas contrações do útero. Isso explica porque o aumento da frequência evacuatória em algumas mulheres durante o período menstrual. No meu caso nesse período eu procuro manter uma alimentação mais equilibrada e no caso de cólicas procuro repousar e usar bolsa de água quente.
#retocoliteulcerativa#colitisfighter
Mulheres, vocês já perceberam que a doença inflamatória intestinal (e até mesmo a síndrome do intestino irritável) parece piorar quando está no período pré-menstrual (TPM)? Você não é a única! Muitas mulheres sentem que os sintomas da sua doença, principalmente diarreia e dor, pioram antes ou durante a menstruação. É que nesse período pode haver um aumento do peristaltismo intestinal (movimento que os intestinos fazem) ocasionado pelas contrações do útero. Isso explica porque o aumento da frequência evacuatória em algumas mulheres durante o período menstrual. No meu caso nesse período eu procuro manter uma alimentação mais equilibrada e no caso de cólicas procuro repousar e usar bolsa de água quente. #retocoliteulcerativa #colitisfighter 
Bem-estar Emocional

Embora problemas emocionais não causem a #doençainflamatoriaintestinal, em algumas pessoas, situações de #estresse, ou emoções fortes, podem levar a crises e piora dos sintomas⚠️. Isso não significa que todo mundo com estresse sofrerá uma crise, mas na qualidade de paciente de #DII, você sabe que o estresse pode ser um problema, portanto, é importante estar preparado(a) e aprender algumas técnicas para controlar o estresse 😉. O estresse pode ser uma presença constante na vida: mudança de emprego, casamento, mudança de casa, uma morte na família, criar filhos ou cuidar de pais idosos podem ser causas de estresse.  Mesmo pequenos aborrecimentos na vida podem ser estressantes. Não é possível eliminar completamente os eventos que produzem estresse, mas é possível mudar a maneira como reagimos a eles 👍. Exemplos de controle de estresse incluem: ✔️Ouvir música para relaxar
✔️Caminhar em um local calmo
✔️Praticar meditação ou deitar em um quarto escuro por alguns minutos
✔️Conversar com um amigo ou terapeuta
✔️Tomar um banho longo
✔️Ler
✔️Biofeedback
✔️Exercícios de relaxamento e respiração
✔️Praticar #yoga ou tai chi
✔️Hipnoterapia

Se achar muito difícil lidar com o estresse e perceber que está ansioso(a) e irritado(a) a maior parte do tempo, você pode considerar técnicas de alívio de estresse estruturadas, como terapia comportamental cognitiva (TCC) ou programação neurolinguística (PNL). Fonte 👉www.minhadii.com.br/vivendo-com-dii/o-estilo-de-vida-e-importante

Acredito que aceitação, resiliência e otimismo são o caminho para quem tem uma doença crônica viver em paz. E isso, está no seu interior. Está difícil encontrar? Procure um Psicólogo para te ajudar. Em uma doença crônica como as DII, o tratamento multiprofissional contribui muito para o sucesso do tratamento.  #APazVemDeDentro , mas às vezes precisamos de uma ajudinha para encontrá-la 😉. #farmaleachoudii #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #doençasinflamatoriasintestinais  #doençascronicas #doençasautoimunes
Bem-estar Emocional Embora problemas emocionais não causem a #doençainflamatoriaintestinal , em algumas pessoas, situações de #estresse , ou emoções fortes, podem levar a crises e piora dos sintomas⚠️. Isso não significa que todo mundo com estresse sofrerá uma crise, mas na qualidade de paciente de #DII , você sabe que o estresse pode ser um problema, portanto, é importante estar preparado(a) e aprender algumas técnicas para controlar o estresse 😉. O estresse pode ser uma presença constante na vida: mudança de emprego, casamento, mudança de casa, uma morte na família, criar filhos ou cuidar de pais idosos podem ser causas de estresse. Mesmo pequenos aborrecimentos na vida podem ser estressantes. Não é possível eliminar completamente os eventos que produzem estresse, mas é possível mudar a maneira como reagimos a eles 👍. Exemplos de controle de estresse incluem: ✔️Ouvir música para relaxar ✔️Caminhar em um local calmo ✔️Praticar meditação ou deitar em um quarto escuro por alguns minutos ✔️Conversar com um amigo ou terapeuta ✔️Tomar um banho longo ✔️Ler ✔️Biofeedback ✔️Exercícios de relaxamento e respiração ✔️Praticar #yoga  ou tai chi ✔️Hipnoterapia Se achar muito difícil lidar com o estresse e perceber que está ansioso(a) e irritado(a) a maior parte do tempo, você pode considerar técnicas de alívio de estresse estruturadas, como terapia comportamental cognitiva (TCC) ou programação neurolinguística (PNL). Fonte 👉www.minhadii.com.br/vivendo-com-dii/o-estilo-de-vida-e-importante Acredito que aceitação, resiliência e otimismo são o caminho para quem tem uma doença crônica viver em paz. E isso, está no seu interior. Está difícil encontrar? Procure um Psicólogo para te ajudar. Em uma doença crônica como as DII, o tratamento multiprofissional contribui muito para o sucesso do tratamento. #APazVemDeDentro  , mas às vezes precisamos de uma ajudinha para encontrá-la 😉. #farmaleachoudii  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #doençasinflamatoriasintestinais  #doençascronicas  #doençasautoimunes 
Vocês se lembram do Mateus? Nosso guerreirinho que estava sofrendo com Retocolite Ulcerativa? 🤔

Pois a situação dele hoje já é bem diferente, apresentou uma melhora considerável!! - segundo palavras dos pais.

Mateus continue assim, melhorando a cada dia, conquistando saúde e muita energia para brincar e correr muito!!🤸‍♂️🤾‍♂️⚽⚽🛴🚲 #Retocoliteulcerativa #Stemcell #Terapiacelular #Célulastronco #celulasmadres #saude
Vocês se lembram do Mateus? Nosso guerreirinho que estava sofrendo com Retocolite Ulcerativa? 🤔 Pois a situação dele hoje já é bem diferente, apresentou uma melhora considerável!! - segundo palavras dos pais. Mateus continue assim, melhorando a cada dia, conquistando saúde e muita energia para brincar e correr muito!!🤸‍♂️🤾‍♂️⚽⚽🛴🚲 #Retocoliteulcerativa  #Stemcell  #Terapiacelular  #Célulastronco  #celulasmadres  #saude 
#farmaleachoudii #doençasinflamatoriasintestinais #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #empoderarpacientes #farmaleempodera 
Eu já fiz 1 cirurgia (ressecção) de emergência para retirada de parte do meu intestino com estenose. Aceitar que é preciso passar por uma cirurgia não é fácil mesmo, isso para pacientes e médicos, mas chega um momento em que todas as opções de tratamento foram usadas sem uma resposta positiva. Em alguns casos, o intestino já está tão ferido que não tem mais como a medicação agir, esse era o meu caso. Então é hora da cirurgia e que bom que ela veio! Pois desde então estou em remissão 🙏. Texto do #GEDIIB: 🤔Será que vou precisar de cirurgia❓

O tratamento medicamentoso é uma escolha para os pacientes da #DII, mas há situações em que a medicação não funciona😔. Nestes casos, a solução é a cirurgia, pois ela pode controlar os sintomas que a medicação já não consegue controlar. Pode ser que a melhor solução para o paciente, seja a retirada de parte do #intestino. ✔️Durante a cirurgia, o médico removerá a parte afetada do intestino, e unirá duas partes saudáveis restantes (#anastomoseintestinal). Este procedimento é chamado #ressecção. ✔️Em alguns casos, outras cirurgias são necessárias para a retirada de partes doentes do intestino. ✔️Algumas vezes a cirurgia é necessária apenas para remover um bloqueio ou obstrução no intestino, o que pode ser causado por uma inflamação grave. ✔️As ulcerações também podem causar sangramento e, quando este sangramento não pode ser contido, a cirurgia é necessária para remover a parte afetada do intestino. ✔️Novas técnicas cirúrgicas podem ser usadas para resolver esses problemas de forma mais fácil, com incisões (cortes) cada vez menores, e a recuperação se torna mais rápida. Os pacientes sentem uma grande melhora após a cirurgia, quando bem indicada. 👍Fale com seu médico sobre esse assunto.

Fonte 👉www.gediib.org.br/artigosL.php?post=48
#farmaleachoudii  #doençasinflamatoriasintestinais  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #empoderarpacientes  #farmaleempodera  Eu já fiz 1 cirurgia (ressecção) de emergência para retirada de parte do meu intestino com estenose. Aceitar que é preciso passar por uma cirurgia não é fácil mesmo, isso para pacientes e médicos, mas chega um momento em que todas as opções de tratamento foram usadas sem uma resposta positiva. Em alguns casos, o intestino já está tão ferido que não tem mais como a medicação agir, esse era o meu caso. Então é hora da cirurgia e que bom que ela veio! Pois desde então estou em remissão 🙏. Texto do #GEDIIB : 🤔Será que vou precisar de cirurgia❓ O tratamento medicamentoso é uma escolha para os pacientes da #DII , mas há situações em que a medicação não funciona😔. Nestes casos, a solução é a cirurgia, pois ela pode controlar os sintomas que a medicação já não consegue controlar. Pode ser que a melhor solução para o paciente, seja a retirada de parte do #intestino . ✔️Durante a cirurgia, o médico removerá a parte afetada do intestino, e unirá duas partes saudáveis restantes (#anastomoseintestinal ). Este procedimento é chamado #ressecção . ✔️Em alguns casos, outras cirurgias são necessárias para a retirada de partes doentes do intestino. ✔️Algumas vezes a cirurgia é necessária apenas para remover um bloqueio ou obstrução no intestino, o que pode ser causado por uma inflamação grave. ✔️As ulcerações também podem causar sangramento e, quando este sangramento não pode ser contido, a cirurgia é necessária para remover a parte afetada do intestino. ✔️Novas técnicas cirúrgicas podem ser usadas para resolver esses problemas de forma mais fácil, com incisões (cortes) cada vez menores, e a recuperação se torna mais rápida. Os pacientes sentem uma grande melhora após a cirurgia, quando bem indicada. 👍Fale com seu médico sobre esse assunto. Fonte 👉www.gediib.org.br/artigosL.php?post=48
A DII no idoso

Fonte 👉 #ABCD Em Foco

Quais são as dificuldades e como os pacientes com mais idade lidam com a doença

Em geral, é na chamada #terceiraidade que começam a aparecer alguns probleminhas de saúde. É dor aqui, é dor ali, aumento de colesterol, mais dificuldade para andar e se locomover, sem falar nas alterações de visão, de audição... É claro que nenhuma dessas mudanças é sinal dos tempos para 100% das pessoas que chegam a essa fase de vida e cada uma tem que seguir a sua história conforme puder e melhor lhe aprouver, não é o que se costuma ouvir? Só que não se pode contestar que é justamente nessa fase que se costuma ter surpresas­ que nem sempre são agradáveis, tanto fisicamente,como emocionalmente falando. Quando o assunto é sobre #doençasinflamatóriasintestinais, a pergunta que fica é se a #doençadeCrohn e a #coliteulcerativa são mais di­fíceis de afetarem as pessoas idosas. É assim mesmo❓ “Em menor parcela de doentes essas doenças ocorrem em pessoas após os 60 anos de idade, incidindo mais freqüentemente em jovens entre os 20 e 40 anos de idade”, diz a coloproctologista Profa. Dra. Magaly Gemio Teixeira, supervisora do serviço de cirurgia do colo e reto do Departamento de Gastroenterologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. “No entanto, o paciente idoso tende a aceitar melhor o diagnóstico e a seguir as orientações médicas com mais empenho do que os jovens”, diz a médica do HC.
Pode se dizer que este comportamento advém da maturidade que a terceira idade traz às pessoas que chegaram a esta fase na vida. Até onde os médicos sabem, os sintomas são semelhantes aos observados nos pacientes mais jovens, com a diferença de que no idoso há associação com outros sintomas determinados por doenças próprias dessa faixa etária, o que confundiria o diagnóstico. Alguns exemplos disso são a diverticulite do cólon, que se caracteriza pelo aparecimento de her­nia­ções no intestino grosso, e a colite isquêmica, que é resultado de má circulação no intestino que, por sua vez, se caracteriza também por processo inflamatório. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
A DII no idoso Fonte 👉 #ABCD  Em Foco Quais são as dificuldades e como os pacientes com mais idade lidam com a doença Em geral, é na chamada #terceiraidade  que começam a aparecer alguns probleminhas de saúde. É dor aqui, é dor ali, aumento de colesterol, mais dificuldade para andar e se locomover, sem falar nas alterações de visão, de audição... É claro que nenhuma dessas mudanças é sinal dos tempos para 100% das pessoas que chegam a essa fase de vida e cada uma tem que seguir a sua história conforme puder e melhor lhe aprouver, não é o que se costuma ouvir? Só que não se pode contestar que é justamente nessa fase que se costuma ter surpresas­ que nem sempre são agradáveis, tanto fisicamente,como emocionalmente falando. Quando o assunto é sobre #doençasinflamatóriasintestinais , a pergunta que fica é se a #doençadeCrohn  e a #coliteulcerativa  são mais di­fíceis de afetarem as pessoas idosas. É assim mesmo❓ “Em menor parcela de doentes essas doenças ocorrem em pessoas após os 60 anos de idade, incidindo mais freqüentemente em jovens entre os 20 e 40 anos de idade”, diz a coloproctologista Profa. Dra. Magaly Gemio Teixeira, supervisora do serviço de cirurgia do colo e reto do Departamento de Gastroenterologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. “No entanto, o paciente idoso tende a aceitar melhor o diagnóstico e a seguir as orientações médicas com mais empenho do que os jovens”, diz a médica do HC. Pode se dizer que este comportamento advém da maturidade que a terceira idade traz às pessoas que chegaram a esta fase na vida. Até onde os médicos sabem, os sintomas são semelhantes aos observados nos pacientes mais jovens, com a diferença de que no idoso há associação com outros sintomas determinados por doenças próprias dessa faixa etária, o que confundiria o diagnóstico. Alguns exemplos disso são a diverticulite do cólon, que se caracteriza pelo aparecimento de her­nia­ções no intestino grosso, e a colite isquêmica, que é resultado de má circulação no intestino que, por sua vez, se caracteriza também por processo inflamatório. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
E pra comemorar os 2.5: Torta de brigadeiro e beijinho, sem glúten e sem lactose! @oquintalcafeteria amei, ficou uma delícia!!! ❤ #happybirthdaytome #semgluten #semlactose #cuidandodasaude #rcu #dii #retocoliteulcerativa #intoleranciaalactose #glutenfree #lactosefree
@Regrann from @farmale -  Não generalize o sentir. 
Cada um sente da sua maneira.
Seja gentil! ♡

#empatia #cuidadocomaspalavras #maisamoraofalar #respeito #gentilezageragentileza #sejagentil #Crohn #doencacronica
#doençainflamatóriaintestinal
#doencadecrohn #retocoliteulcerativa
#coliteulcerativa
#doencasinflamatoriasintestinais
#farmaleachoudii 
Blog 👉www.farmale.com.br
Página 👉www.facebook.com/FarmaleAchou
Farmale - #regrann
O consumo de alimentos saudáveis deve ser um hábito e não um sacrifício!
Você não deve comer o que faz bem ao seu corpo somente às vezes. O que você deve comer eventualmente é o que não te faz tão bem! Não é só na segunda-feira que você deve reduzir ou deixar de consumir carne, não é só durante a semana que você deve evitar o consumo de refrigerantes. Entenda, que não é tomando um suco de laranja "natural" durante o seu almoço que você está fazendo a sua parte e cuidando da sua saúde. Alimentação é consciência, é saber o que se come e entender que isto reflete direta e proporcionalmente na sua saúde. Por que eu estou falando deste assunto? Simplesmente, porque há 4 anos fui diagnosticada, como portadora de Retocolite Ulcerativa, uma doença inflamatória intestinal que segundo a medicina convencional não tem cura, somente tratamento sintomático. Passei por períodos muito críticos e de exacerbação severa dos sintomas; emagreci, inchei, engordei, emagreci... enfim, um ciclo de sofrimento! Até que comecei a entender o processo fisiopatológico do meu problema de saúde e aceitar que a minha dieta afetava diretamente em minha saúde e qualidade de vida. Pois bem, depois de modificar completamente o meu padrão alimentar eu consegui, definitivamente, sair dos períodos de crise da retocolite e, há aproximadamente 7 meses, estou sem usar as medicações que os médicos acreditavam ser necessárias para o resto da minha vida. Falo tudo isto, porque vejo muitas, muitas pessoas sofrendo com doenças originadas ou agravadas pela alimentação. Todos os dias presencio gente reclamando que não sabe o que fazer e que comer bem é muito difícil. Realmente, comer bem requer um certo esforço, pois atualmente somos bombardeados com alimentos pobres em valor nutritivo, mas não é impossível. O primeiro passo é se conscientizar de que você é responsável por sua saúde e qualidade de vida. Somente quando eu compreendi a importância da alimentação que eu alcancei o estado de saúde que eu tanto almejava. Se você quer estar bem, você precisa comer bem. Já dizia, sabiamente, Hipócrates: "Que o seu remédio seja seu alimento e que seu alimento seja seu remédio." 🙏🏼✨
O consumo de alimentos saudáveis deve ser um hábito e não um sacrifício! Você não deve comer o que faz bem ao seu corpo somente às vezes. O que você deve comer eventualmente é o que não te faz tão bem! Não é só na segunda-feira que você deve reduzir ou deixar de consumir carne, não é só durante a semana que você deve evitar o consumo de refrigerantes. Entenda, que não é tomando um suco de laranja "natural" durante o seu almoço que você está fazendo a sua parte e cuidando da sua saúde. Alimentação é consciência, é saber o que se come e entender que isto reflete direta e proporcionalmente na sua saúde. Por que eu estou falando deste assunto? Simplesmente, porque há 4 anos fui diagnosticada, como portadora de Retocolite Ulcerativa, uma doença inflamatória intestinal que segundo a medicina convencional não tem cura, somente tratamento sintomático. Passei por períodos muito críticos e de exacerbação severa dos sintomas; emagreci, inchei, engordei, emagreci... enfim, um ciclo de sofrimento! Até que comecei a entender o processo fisiopatológico do meu problema de saúde e aceitar que a minha dieta afetava diretamente em minha saúde e qualidade de vida. Pois bem, depois de modificar completamente o meu padrão alimentar eu consegui, definitivamente, sair dos períodos de crise da retocolite e, há aproximadamente 7 meses, estou sem usar as medicações que os médicos acreditavam ser necessárias para o resto da minha vida. Falo tudo isto, porque vejo muitas, muitas pessoas sofrendo com doenças originadas ou agravadas pela alimentação. Todos os dias presencio gente reclamando que não sabe o que fazer e que comer bem é muito difícil. Realmente, comer bem requer um certo esforço, pois atualmente somos bombardeados com alimentos pobres em valor nutritivo, mas não é impossível. O primeiro passo é se conscientizar de que você é responsável por sua saúde e qualidade de vida. Somente quando eu compreendi a importância da alimentação que eu alcancei o estado de saúde que eu tanto almejava. Se você quer estar bem, você precisa comer bem. Já dizia, sabiamente, Hipócrates: "Que o seu remédio seja seu alimento e que seu alimento seja seu remédio." 🙏🏼✨
#farmaleachoudii

Reunião da associação que faço parte com muito amor! Participem! 
@Regrann from @alemdii -  É hoje 24/07/2017!!! Mais um encontro de pessoas com Doenças Inflamatórias Intestinais e familiares! 
Participe!!!
Todos os nossos eventos e palestras são gratuitos e abertos aos portadores, seus familiares e amigos.
A força da ALEMDII está na nossa união!!
Curta a nossa página e nossas redes sociais.
www.facebook.com/ALEMDII
Instagram: ALEMDII
Twitter: @ALEMDIILESTEMG
Google+: ALEMDII
Email: alemdii.org@gmail.com
Whatsapp: (33) 9 99051231
#juntossomosmaisfortes #alemdii #crohn #retocoliteulcerativa #doençasinflamatóriasintestinais #dii  #crohnsdisease #ulcerativecolitis - #regrann
#farmaleachoudii  Reunião da associação que faço parte com muito amor! Participem! @Regrann from @alemdii - É hoje 24/07/2017!!! Mais um encontro de pessoas com Doenças Inflamatórias Intestinais e familiares! Participe!!! Todos os nossos eventos e palestras são gratuitos e abertos aos portadores, seus familiares e amigos. A força da ALEMDII está na nossa união!! Curta a nossa página e nossas redes sociais. www.facebook.com/ALEMDII Instagram: ALEMDII Twitter: @ALEMDIILESTEMG Google+: ALEMDII Email: alemdii.org@gmail.com Whatsapp: (33) 9 99051231 #juntossomosmaisfortes  #alemdii  #crohn  #retocoliteulcerativa  #doençasinflamatóriasintestinais  #dii  #crohnsdisease  #ulcerativecolitis  - #regrann 
É hoje 24/07/2017!!! Mais um encontro de pessoas com Doenças Inflamatórias Intestinais e familiares! 
Participe!!!
Todos os nossos eventos e palestras são gratuitos e abertos aos portadores, seus familiares e amigos.
A força da ALEMDII está na nossa união!!
Curta a nossa página e nossas redes sociais.
www.facebook.com/ALEMDII
Instagram: ALEMDII
Twitter: @ALEMDIILESTEMG
Google+: ALEMDII
Email: alemdii.org@gmail.com
Whatsapp: (33) 9 99051231
#juntossomosmaisfortes #alemdii #crohn #retocoliteulcerativa #doençasinflamatóriasintestinais #dii  #crohnsdisease #ulcerativecolitis
É hoje 24/07/2017!!! Mais um encontro de pessoas com Doenças Inflamatórias Intestinais e familiares! Participe!!! Todos os nossos eventos e palestras são gratuitos e abertos aos portadores, seus familiares e amigos. A força da ALEMDII está na nossa união!! Curta a nossa página e nossas redes sociais. www.facebook.com/ALEMDII Instagram: ALEMDII Twitter: @ALEMDIILESTEMG Google+: ALEMDII Email: alemdii.org@gmail.com Whatsapp: (33) 9 99051231 #juntossomosmaisfortes  #alemdii  #crohn  #retocoliteulcerativa  #doençasinflamatóriasintestinais  #dii  #crohnsdisease  #ulcerativecolitis 
O apoio de pessoas importantes foi primordial

Olá, meu nome é Dayse. Sou do interior do Rio. Tenho 34 anos, sou enfermeira, católica, solteira e feliz. Tenho Crohn e descobri aos 23 anos. Me recordo que tinha dores, como se algo no meu intestino estivesse obstruindo a passagem das fezes. Tive uma crise forte de apendicite e fui as pressas pra mesa de cirurgia. Seria um procedimento simples, duraria no máximo uma hora e durou quase 4h. Na mesa, os médicos descobriram a obstrução e foi uma correria. Fiquei no CTI por uns dias, mas deu tudo certo. O apoio de pessoas importantes foi primordial. Minha família e amigos me fizeram sair daquele momento mais fortalecida. Porque meu psicológico ficou péssimo.

Em seguida, o médico que iniciei o primeiro tratamento, diagnosticou diverticulite. Mas, na minha primeira colono, outro médico realizou e disse que era Doença de Crohn.  Fiquei muito assustada. Era uma doença crônica e teria que tomar medicamentos pelo resto da vida, se fosse só isso tava ótimo rss. A partir daí,  que foi 2 anos após a cirurgia, mudei de médico e iniciei o tratamento. Passei por diversos apuros, são muitos os constrangimentos e confesso que isso limita bastante minha vida afetiva e social. O cansaço e a fadiga não são muito compreendidos, mas me esforço pra isso não me limitar. Ainda não experimentei uma inteira remissão. Mas, tenho consciência que me adaptei bem ao meu estado. Com um banheiro sempre por perto e tá tudo certo. Me alimento normal, por vezes de forma errada, e pago por isso..rss. Mas, nunca tive problemas com peso. Tenho 59kg hoje e 1.67 de altura. Faço uso de azatioprina. Tenho uma estenose parcial, mas por enquanto não vou mexer.

A positividade e fé em Deus é nosso melhor remédio. Podemos ter uma vida normal! Luto pra acreditar nisso todos os dias. Mas, acredito que vivo bem com o Crohn. Muitas pessoas nem devem entender a gravidade desta doença, mas a informação muda a vida dos portadores e das pessoas próximas. 
Ah, pratico esportes, jogo basquete e faço musculação. Às vezes me dou umas folgas, mas não consigo ficar mt tempo parada. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
O apoio de pessoas importantes foi primordial Olá, meu nome é Dayse. Sou do interior do Rio. Tenho 34 anos, sou enfermeira, católica, solteira e feliz. Tenho Crohn e descobri aos 23 anos. Me recordo que tinha dores, como se algo no meu intestino estivesse obstruindo a passagem das fezes. Tive uma crise forte de apendicite e fui as pressas pra mesa de cirurgia. Seria um procedimento simples, duraria no máximo uma hora e durou quase 4h. Na mesa, os médicos descobriram a obstrução e foi uma correria. Fiquei no CTI por uns dias, mas deu tudo certo. O apoio de pessoas importantes foi primordial. Minha família e amigos me fizeram sair daquele momento mais fortalecida. Porque meu psicológico ficou péssimo. Em seguida, o médico que iniciei o primeiro tratamento, diagnosticou diverticulite. Mas, na minha primeira colono, outro médico realizou e disse que era Doença de Crohn.  Fiquei muito assustada. Era uma doença crônica e teria que tomar medicamentos pelo resto da vida, se fosse só isso tava ótimo rss. A partir daí,  que foi 2 anos após a cirurgia, mudei de médico e iniciei o tratamento. Passei por diversos apuros, são muitos os constrangimentos e confesso que isso limita bastante minha vida afetiva e social. O cansaço e a fadiga não são muito compreendidos, mas me esforço pra isso não me limitar. Ainda não experimentei uma inteira remissão. Mas, tenho consciência que me adaptei bem ao meu estado. Com um banheiro sempre por perto e tá tudo certo. Me alimento normal, por vezes de forma errada, e pago por isso..rss. Mas, nunca tive problemas com peso. Tenho 59kg hoje e 1.67 de altura. Faço uso de azatioprina. Tenho uma estenose parcial, mas por enquanto não vou mexer. A positividade e fé em Deus é nosso melhor remédio. Podemos ter uma vida normal! Luto pra acreditar nisso todos os dias. Mas, acredito que vivo bem com o Crohn. Muitas pessoas nem devem entender a gravidade desta doença, mas a informação muda a vida dos portadores e das pessoas próximas. Ah, pratico esportes, jogo basquete e faço musculação. Às vezes me dou umas folgas, mas não consigo ficar mt tempo parada. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
Respira fundo! Pela frente ainda tem muito mundo ;-) .

A vida para algumas pessoas é um eterno respirar fundo, contar até dez... e quem nunca precisou respirar fundo para continuar? 
Passamos por momentos delicados que parecem não ter fim... que os nossos problemas são tão grandes que não vamos dar conta, então é nesse momento que entra o "respira fundo" =) . 
Para quem está no furacão de uma doença crônica, como as doenças inflamatórias intestinais (doença de Crohn e retocolite ulcerativa), sabe bem o que é esse tal de "respira fundo". Nos momentos de dores, quando adiamos compromissos e sonhos, quando somos desacreditados, quando parece que nada vai dar certo, quando vamos tomar aquela picadinha da medicação... Dor é dor não é gente! Para alguns ela é suportável, para outros não. Sabe lá o quanto de dor algumas pessoas já suportaram? Isso sensibiliza  mesmo. 
O que fazer 🤔? ➡ Para quem está de fora:

Primeiro é estar dentro, estar junto, depois apoiar, conversar, indicar um Psicólogo, ser solidário. ➡ Para quem está nesse momento difícil:

Respirar fundo. Sério mesmo! Exercícios de respiração podem fazer maravilhas no nosso corpo e contribuir para colocarmos um pouco de paz no coração. 
Na medicina convencional, pesquisas vêm mostrando a ligação entre a fisiologia da respiração, a neurologia e o comportamento. Sabe-se, por exemplo, que tomar consciência da forma como você inspira e expira pode ser um tratamento. “Os exercícios respiratórios não substituem a medicação, mas podem ser tão importantes quanto ela”, afirma o psiquiatra Antonio Egidio Nardi, chefe do Laboratório de Pânico e Respiração da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), comentando doenças como o estresse, depressão e mesmo a síndrome do pânico.

A respiração certa acontece no diafragma, músculo que separa o pulmão de outros órgãos no abdome. Uma inspiração correta deve fluir suavemente e de forma profunda por meio desse músculo. Uma expiração longa, na mesma medida, consegue liberar muitas tensões.

Pratique dois exercícios de respiração: 👉Respiração diafragmática em shavasana:

CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
Respira fundo! Pela frente ainda tem muito mundo ;-) . A vida para algumas pessoas é um eterno respirar fundo, contar até dez... e quem nunca precisou respirar fundo para continuar? Passamos por momentos delicados que parecem não ter fim... que os nossos problemas são tão grandes que não vamos dar conta, então é nesse momento que entra o "respira fundo" =) . Para quem está no furacão de uma doença crônica, como as doenças inflamatórias intestinais (doença de Crohn e retocolite ulcerativa), sabe bem o que é esse tal de "respira fundo". Nos momentos de dores, quando adiamos compromissos e sonhos, quando somos desacreditados, quando parece que nada vai dar certo, quando vamos tomar aquela picadinha da medicação... Dor é dor não é gente! Para alguns ela é suportável, para outros não. Sabe lá o quanto de dor algumas pessoas já suportaram? Isso sensibiliza mesmo. O que fazer 🤔? ➡ Para quem está de fora: Primeiro é estar dentro, estar junto, depois apoiar, conversar, indicar um Psicólogo, ser solidário. ➡ Para quem está nesse momento difícil: Respirar fundo. Sério mesmo! Exercícios de respiração podem fazer maravilhas no nosso corpo e contribuir para colocarmos um pouco de paz no coração. Na medicina convencional, pesquisas vêm mostrando a ligação entre a fisiologia da respiração, a neurologia e o comportamento. Sabe-se, por exemplo, que tomar consciência da forma como você inspira e expira pode ser um tratamento. “Os exercícios respiratórios não substituem a medicação, mas podem ser tão importantes quanto ela”, afirma o psiquiatra Antonio Egidio Nardi, chefe do Laboratório de Pânico e Respiração da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), comentando doenças como o estresse, depressão e mesmo a síndrome do pânico. A respiração certa acontece no diafragma, músculo que separa o pulmão de outros órgãos no abdome. Uma inspiração correta deve fluir suavemente e de forma profunda por meio desse músculo. Uma expiração longa, na mesma medida, consegue liberar muitas tensões. Pratique dois exercícios de respiração: 👉Respiração diafragmática em shavasana: CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
{ GOOD EVENING 🌚✨ - Caros amigos nerds 🤓, como podem ver mal comecei e já estou me ausentando um pouco 🙄 o que é bastante negativo para um blog que está no seu inicio, mas, juro que é um mal necessário ✅ - Faço parte de um projeto de extensão da minha Universidade, e mesmo em período de férias não consigo abandonar este. #inlove ❤️ - Sou pesquisadora 🕵🏼‍♀️ do ramo da gastroenterologia. Trabalho com Doenças Inflamatórias Intestinais (DII) que se resume basicamente a duas doenças distintas 👉🏽 Doença de Crohn (DC) e Colite/Retocolite Ulcerativa (RCUI). - Todas as sextas no período vespertino me encontro no ambulatório de DII da UNIVALI com uma equipe multidisciplinar e com minhas amiguinhas pesquisadoras, para coletarmos dados dos pacientes que consultam nesse dia ✍🏽 * TÁ ANA, MAS QUAL O OBJETIVO DA PESQUISA?! 🤔 - Bom, nossa pesquisa visa de forma qualitativa e quantitativa avaliar os aspectos psicossociais das doenças, em cada um dos nossos cento e muitos pacientes. Uma vez que não há prognóstico para essas enfermidades, pesquisa-se afim de elucidar algumas questões como "causas emocionais" que poderiam estar desencadeando essas doenças, o que se é bastante discutido no ramo da ciência e pesquisa. - É uma enfermidade um tanto "nova" é bastante "desconhecida" - para muitos, então, em um futuro próximo, postarei alguma explicação sobre as principais diferença entre as duas doenças. - DESEJO A TODOS UM MARAVILHOSO FINAL DE SEMANA, repleto de luz, concentração e boas energias 🌟🌸 ••• #crhon #retocoliteulcerativa #retocolite #gastroenterologia #pesquisa #extensao #ulceracoes #intestino #DII #papelaria #estudo #estudante #bundanacadeira #estudaquepassa #studyhard #amoforte #minhapaixao #stabilo #universitaria #rotinadeestudos #foconosestudos
{ GOOD EVENING 🌚✨ - Caros amigos nerds 🤓, como podem ver mal comecei e já estou me ausentando um pouco 🙄 o que é bastante negativo para um blog que está no seu inicio, mas, juro que é um mal necessário ✅ - Faço parte de um projeto de extensão da minha Universidade, e mesmo em período de férias não consigo abandonar este. #inlove  ❤️ - Sou pesquisadora 🕵🏼‍♀️ do ramo da gastroenterologia. Trabalho com Doenças Inflamatórias Intestinais (DII) que se resume basicamente a duas doenças distintas 👉🏽 Doença de Crohn (DC) e Colite/Retocolite Ulcerativa (RCUI). - Todas as sextas no período vespertino me encontro no ambulatório de DII da UNIVALI com uma equipe multidisciplinar e com minhas amiguinhas pesquisadoras, para coletarmos dados dos pacientes que consultam nesse dia ✍🏽 * TÁ ANA, MAS QUAL O OBJETIVO DA PESQUISA?! 🤔 - Bom, nossa pesquisa visa de forma qualitativa e quantitativa avaliar os aspectos psicossociais das doenças, em cada um dos nossos cento e muitos pacientes. Uma vez que não há prognóstico para essas enfermidades, pesquisa-se afim de elucidar algumas questões como "causas emocionais" que poderiam estar desencadeando essas doenças, o que se é bastante discutido no ramo da ciência e pesquisa. - É uma enfermidade um tanto "nova" é bastante "desconhecida" - para muitos, então, em um futuro próximo, postarei alguma explicação sobre as principais diferença entre as duas doenças. - DESEJO A TODOS UM MARAVILHOSO FINAL DE SEMANA, repleto de luz, concentração e boas energias 🌟🌸 ••• #crhon  #retocoliteulcerativa  #retocolite  #gastroenterologia  #pesquisa  #extensao  #ulceracoes  #intestino  #DII  #papelaria  #estudo  #estudante  #bundanacadeira  #estudaquepassa  #studyhard  #amoforte  #minhapaixao  #stabilo  #universitaria  #rotinadeestudos  #foconosestudos 
A Silvana Barros tem feito no seu perfil #umagradecimentopordia e eu venho acompanhando toda essa gratidão e me inspirando. 
Esse de hoje resolvi compartilhar com vocês para que aqueles que estão com a esperança em baixa, saibam que a doença pode dar uma trégua sim, a tal remissão é possível sim, mas... é todo um conjunto de fatores para que isso seja possível, além do tratamento proposto pelo médico, a contribuição de uma equipe multiprofissional, existe algo que ninguém pode fazer melhor do que você: a vontade de vencer. Essa vontade que alimenta sua esperança e faz com que você se sinta também responsável pelo tratamento.

Gratidão Silvana! ♡ 
#farmaleachoudii #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #doençasinflamatoriasintestinais #eufoconaremissao #sejagrato
A Silvana Barros tem feito no seu perfil #umagradecimentopordia  e eu venho acompanhando toda essa gratidão e me inspirando. Esse de hoje resolvi compartilhar com vocês para que aqueles que estão com a esperança em baixa, saibam que a doença pode dar uma trégua sim, a tal remissão é possível sim, mas... é todo um conjunto de fatores para que isso seja possível, além do tratamento proposto pelo médico, a contribuição de uma equipe multiprofissional, existe algo que ninguém pode fazer melhor do que você: a vontade de vencer. Essa vontade que alimenta sua esperança e faz com que você se sinta também responsável pelo tratamento. Gratidão Silvana! ♡ #farmaleachoudii  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #doençasinflamatoriasintestinais  #eufoconaremissao  #sejagrato 
Vou seguindo em remissão que podia ser eterna!!! #colitisfighters #retocoliteulcerativa #remissao
As doenças inflamatórias intestinais aumentam o risco de neoplasia coloretal. Sabe-se que o risco é diretamente proporcional à extensão de acometimento da doença no cólon e ao tempo de evolução. Pacientes com retocolite ulcerativa, tipo pancolite, apresentam maior risco. Doença de Crohn de colon também tem risco aumentado. A associação com colangite esclerosante primária aumenta em pelo menos 3x a chance de neoplasia coloretal e exige colonoscopia anual ou bianual após o diagnóstico. Demais pacientes com acometimento colônico devem realizar colonoscopias periódicas a partir do 8o ano de doença. Doença de Crohn isolada de intestino delgado parece não aumentar o risco de câncer coloretal. A presença de displasia nas biopsias é um importante sinal de alarme. O controle adequado da atividade inflamatória reduz o risco! Previna-se! #retocoliteulcerativa #crohn #crohns #ulcerativecolitis #prevençao #dii #eei #ibd
As doenças inflamatórias intestinais aumentam o risco de neoplasia coloretal. Sabe-se que o risco é diretamente proporcional à extensão de acometimento da doença no cólon e ao tempo de evolução. Pacientes com retocolite ulcerativa, tipo pancolite, apresentam maior risco. Doença de Crohn de colon também tem risco aumentado. A associação com colangite esclerosante primária aumenta em pelo menos 3x a chance de neoplasia coloretal e exige colonoscopia anual ou bianual após o diagnóstico. Demais pacientes com acometimento colônico devem realizar colonoscopias periódicas a partir do 8o ano de doença. Doença de Crohn isolada de intestino delgado parece não aumentar o risco de câncer coloretal. A presença de displasia nas biopsias é um importante sinal de alarme. O controle adequado da atividade inflamatória reduz o risco! Previna-se! #retocoliteulcerativa  #crohn  #crohns  #ulcerativecolitis  #prevençao  #dii  #eei  #ibd 
👉www.drfelipeades.com

#Câncerdecólon, também conhecido como #câncerdeintestino, é um dos cânceres mais comuns no mundo. No Brasil é o quinto mais comum, depois dos cânceres de próstata, mama, colo uterino e pulmão. A cada ano, em torno de 35mil pessoas são diagnosticadas com câncer de cólon no Brasil.

Existem vários fatores que podem influenciar no desenvolvimento do câncer de cólon. Dentre os fatores não modificáveis (ou seja, alterações genéticas que a pessoa já tem desde o nascimento) estão as doenças genéticas como a síndrome de Lynch e polipose adenomatosa familiar; e as #doençasinflamatóriasintestinais como a #retocoliteulcerativa e a #doençadeCrohn. 
Embora estas condições estejam bastante relacionadas ao câncer de cólon, a maioria dos casos é de doença esporádica, ou seja, doenças que se desenvolveram por diversos outros fatores que a pessoa foi exposta ao longo da vida. São o que chamamos de fatores de risco modificáveis. Dentre estes estão o tabaco, obesidade, dieta rica em carnes defumadas, diabetes tipo II e consumo excessivo de álcool. São fatores protetores a prática de atividades físicas o hábito alimentar saudável e a realização de exames de rastreamento para o câncer de cólon.

Quando o diagnóstico do câncer de cólon é feito existem algumas possibilidades de tratamento. Em geral, quando a doença é diagnosticada por exames de rastreamento ou quando está localizada apenas no intestino e não causa problemas como obstrução intestinal ou sangramentos, o primeiro tratamento a ser realizado é a cirurgia para a retirada completa da doença.

Neste procedimento o cirurgião vai fazer a retirada completa do tumor e toda a região aonde chegam os vasos sanguíneos que levam nutrientes para esta parte do intestino, a cirurgia que é conhecida como colectomia. Depois deste procedimento o tumor é analisado em laboratório. Neste momento, o médico patologista, especialista nessa análise, investiga detalhadamente se há a presença de doença nos linfonodos do intestino. Estes são os gânglios de defesa do corpo e, por vezes, o tumor usa este caminho para sair do intestino e alcançar outros órgãos.

CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
👉www.drfelipeades.com #Câncerdecólon , também conhecido como #câncerdeintestino , é um dos cânceres mais comuns no mundo. No Brasil é o quinto mais comum, depois dos cânceres de próstata, mama, colo uterino e pulmão. A cada ano, em torno de 35mil pessoas são diagnosticadas com câncer de cólon no Brasil. Existem vários fatores que podem influenciar no desenvolvimento do câncer de cólon. Dentre os fatores não modificáveis (ou seja, alterações genéticas que a pessoa já tem desde o nascimento) estão as doenças genéticas como a síndrome de Lynch e polipose adenomatosa familiar; e as #doençasinflamatóriasintestinais  como a #retocoliteulcerativa  e a #doençadeCrohn . Embora estas condições estejam bastante relacionadas ao câncer de cólon, a maioria dos casos é de doença esporádica, ou seja, doenças que se desenvolveram por diversos outros fatores que a pessoa foi exposta ao longo da vida. São o que chamamos de fatores de risco modificáveis. Dentre estes estão o tabaco, obesidade, dieta rica em carnes defumadas, diabetes tipo II e consumo excessivo de álcool. São fatores protetores a prática de atividades físicas o hábito alimentar saudável e a realização de exames de rastreamento para o câncer de cólon. Quando o diagnóstico do câncer de cólon é feito existem algumas possibilidades de tratamento. Em geral, quando a doença é diagnosticada por exames de rastreamento ou quando está localizada apenas no intestino e não causa problemas como obstrução intestinal ou sangramentos, o primeiro tratamento a ser realizado é a cirurgia para a retirada completa da doença. Neste procedimento o cirurgião vai fazer a retirada completa do tumor e toda a região aonde chegam os vasos sanguíneos que levam nutrientes para esta parte do intestino, a cirurgia que é conhecida como colectomia. Depois deste procedimento o tumor é analisado em laboratório. Neste momento, o médico patologista, especialista nessa análise, investiga detalhadamente se há a presença de doença nos linfonodos do intestino. Estes são os gânglios de defesa do corpo e, por vezes, o tumor usa este caminho para sair do intestino e alcançar outros órgãos. CONTINUA NOS COMENTÁRIOS👇
Doença de Crohn, Retocolite Ulcerativa e Gastrite

#Gastrite focal e microagregados de macrófagos na mucosa gástrica: uso potencial no diagnóstico diferencial entre #doençadeCrohn e #coliteulcerativa

Contexto e objetivos: Gastrite focal e microagregados de macrófagos são encontradas no acometimento gástrico da doença de Crohn, e podem refletir um defeito subjacente na #imunidade inata. Estas características, no entanto, são também descritas em pacientes com infecção por #Helicobacterpylori. O papel destas anormalidades gástricas no diagnóstico da doença de Crohn foi avaliada em uma população com alta prevalência de infecção por H. pylori.

Métodos: Trinta e sete pacientes com doença de Crohn, 26 pacientes com colite ulcerativa e 30 pacientes-controle foram incluídos. O status de infecção por H. pylori foi avaliado pelo teste da urease e histologia. A presença de gastrite focal e microagregados de macrófagos foi avaliada.

Resultados: Gastrite focal estava presente em 24% dos pacientes com doença de Crohn, 4% dos indivíduos com colite ulcerativa e 11,5% dos controles, apresentando uma sensibilidade e especificidade para doença de Crohn de 24% e 88%, respectivamente. Microagregados de macrófagos foram encontrados em todos os grupos, mas foram apenas detectados em colite ulcerativa e controles em associação com infecção por H. pylori, com sensibilidade e especificidade para doença de Crohn de 61% e 69%, respectivamente. Na ausência da infecção por H. pylori comprovada, gastrite focal e microagregados de macrófagos foram significativamente associados com doença de Crohn (P<0 e="" o:p="" p="0,001," respectivamente=""> ⚠Conclusões: Gastrite focal e microagregados de macrófagos são sugestivos de doença de Crohn apenas em pacientes com avaliação dignóstica negativa para H. pylori⚠. Arq. Gastroenterol. [online]. 2014, vol.51, n.4, pp. 276-282. Gastrite focal e microagregados de macrófagos na mucosa gástrica: uso potencial no diagnóstico diferencial entre doença de Crohn e colite ulcerativa. MAGALHAES-COSTA, Marcia Henriques de et al.

#farmaleachoudii #doençasinflamatoriasintestinais #retocoliteulcerativa #Crohn 
Conheça o blog 👉www.farmale.com
Doença de Crohn, Retocolite Ulcerativa e Gastrite #Gastrite  focal e microagregados de macrófagos na mucosa gástrica: uso potencial no diagnóstico diferencial entre #doençadeCrohn  e #coliteulcerativa  Contexto e objetivos: Gastrite focal e microagregados de macrófagos são encontradas no acometimento gástrico da doença de Crohn, e podem refletir um defeito subjacente na #imunidade  inata. Estas características, no entanto, são também descritas em pacientes com infecção por #Helicobacterpylori . O papel destas anormalidades gástricas no diagnóstico da doença de Crohn foi avaliada em uma população com alta prevalência de infecção por H. pylori. Métodos: Trinta e sete pacientes com doença de Crohn, 26 pacientes com colite ulcerativa e 30 pacientes-controle foram incluídos. O status de infecção por H. pylori foi avaliado pelo teste da urease e histologia. A presença de gastrite focal e microagregados de macrófagos foi avaliada. Resultados: Gastrite focal estava presente em 24% dos pacientes com doença de Crohn, 4% dos indivíduos com colite ulcerativa e 11,5% dos controles, apresentando uma sensibilidade e especificidade para doença de Crohn de 24% e 88%, respectivamente. Microagregados de macrófagos foram encontrados em todos os grupos, mas foram apenas detectados em colite ulcerativa e controles em associação com infecção por H. pylori, com sensibilidade e especificidade para doença de Crohn de 61% e 69%, respectivamente. Na ausência da infecção por H. pylori comprovada, gastrite focal e microagregados de macrófagos foram significativamente associados com doença de Crohn (P<0 e="" o:p="" p="0,001," respectivamente=""> ⚠Conclusões: Gastrite focal e microagregados de macrófagos são sugestivos de doença de Crohn apenas em pacientes com avaliação dignóstica negativa para H. pylori⚠. Arq. Gastroenterol. [online]. 2014, vol.51, n.4, pp. 276-282. Gastrite focal e microagregados de macrófagos na mucosa gástrica: uso potencial no diagnóstico diferencial entre doença de Crohn e colite ulcerativa. MAGALHAES-COSTA, Marcia Henriques de et al. #farmaleachoudii  #doençasinflamatoriasintestinais  #retocoliteulcerativa  #Crohn  Conheça o blog 👉www.farmale.com
Tendências atuais sobre ileostomia protetora após proctocolectomia restauradora

A decisão de realizar ileostomia de proteção após #anastomose da bolsa ileal ao canal anal é controversa, sendo a discussão baseada em suas vantagens e desvantagens. Embora a derivação intestinal temporária tenha sido indicada rotineiramente na maioria dos pacientes, essa escolha também está associada a complicações. O presente trabalho teve como objetivo rever os resultados após proctocolectomia restauradora com ou sem ileostomia de proteção no tratamento da #coliteulcerativa e síndromes polipoides. Muitos trabalhos enfatizam que a derivação protege contra fístulas anastomóticas; consequentemente, ela pode prevenir sepse pélvica e perda da bolsa. Por outro lado, a derivação por ileostomia pode ser causa de morbidade como desidratação, distúrbios eletrolíticos, problemas psicológicos, lesões dérmicas, estenose de anastomose e obstrução intestinal, entre outras. Há aqueles que acreditam que a omissão de ileostomia após a confecção de #bolsaileal deve ser reservada a pacientes selecionados, obtendo-se resultados aceitáveis. Os critérios de seleção devem incluir características do cirurgião, do paciente e do procedimento na tentativa de se obter bons resultados.

J. Coloproctol. (Rio J.) [online]. 2013, vol.33, n.1, pp. 42-45. Tendências atuais sobre ileostomia protetora após proctocolectomia restauradora. CAMPOS, Fabio Guilherme C. M. de.

#conscientizarostomia #ostomia #ileostomia #retocoliteulcerativa #doençasinflamatoriasintestinais #ostomy
Tendências atuais sobre ileostomia protetora após proctocolectomia restauradora A decisão de realizar ileostomia de proteção após #anastomose  da bolsa ileal ao canal anal é controversa, sendo a discussão baseada em suas vantagens e desvantagens. Embora a derivação intestinal temporária tenha sido indicada rotineiramente na maioria dos pacientes, essa escolha também está associada a complicações. O presente trabalho teve como objetivo rever os resultados após proctocolectomia restauradora com ou sem ileostomia de proteção no tratamento da #coliteulcerativa  e síndromes polipoides. Muitos trabalhos enfatizam que a derivação protege contra fístulas anastomóticas; consequentemente, ela pode prevenir sepse pélvica e perda da bolsa. Por outro lado, a derivação por ileostomia pode ser causa de morbidade como desidratação, distúrbios eletrolíticos, problemas psicológicos, lesões dérmicas, estenose de anastomose e obstrução intestinal, entre outras. Há aqueles que acreditam que a omissão de ileostomia após a confecção de #bolsaileal  deve ser reservada a pacientes selecionados, obtendo-se resultados aceitáveis. Os critérios de seleção devem incluir características do cirurgião, do paciente e do procedimento na tentativa de se obter bons resultados. J. Coloproctol. (Rio J.) [online]. 2013, vol.33, n.1, pp. 42-45. Tendências atuais sobre ileostomia protetora após proctocolectomia restauradora. CAMPOS, Fabio Guilherme C. M. de. #conscientizarostomia  #ostomia  #ileostomia  #retocoliteulcerativa  #doençasinflamatoriasintestinais  #ostomy 
#farmaleachoudii #doençasinflamatoriasintestinais #doençadecrohn #retocoliteulcerativa 
Compartilhando: "Cerca de 25% dos portadores da Doença Inflamatória Intestinal têm menos de 25 anos. A doença se caracteriza por uma inflamação do trato #gastrointestinal. 
Conheça os sintomas e tratamentos para o problema no Portal da Coloproctologia 👉www.portaldacoloproctologia.com.br

Fonte 👉www.facebook.com/portalcoloprocto

#coloproctologia #SBCP #saudedointestino #DII #DoençaInflamatoriaIntestinal
#farmaleachoudii  #doençasinflamatoriasintestinais  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  Compartilhando: "Cerca de 25% dos portadores da Doença Inflamatória Intestinal têm menos de 25 anos. A doença se caracteriza por uma inflamação do trato #gastrointestinal . Conheça os sintomas e tratamentos para o problema no Portal da Coloproctologia 👉www.portaldacoloproctologia.com.br Fonte 👉www.facebook.com/portalcoloprocto #coloproctologia  #SBCP  #saudedointestino  #DII  #DoençaInflamatoriaIntestinal 
Pensa numa pessoa orgulhosa, se sentindo muito honrada e agradecida 🙏🏻? Esses são os sentimentos sempre que vejo as fotos desse evento incrível! 
Fazer parte do #BioredBrasil como um dos representantes de #doencasinflamatoriasintestinais é uma responsabilidade grande com vocês💜. Olha aí na foto do banner a logo Farmale😍💜❤️ junto com tantos representantes importantes! 
Nos dias 28 e 29 de junho, aconteceu em Brasília o 7º Forum Latino-Americano de #Biossimilares - #FLAB2017 e a 8ª edição do Fórum Brasileiro de Biossimilares.

A programação está sempre focada nos principais temas atuais de alta relevância relacionados aos medicamentos biossimilares na America Latina, contando sempre com a participação de participantes nacionais e internacionais, profissionais da saúde, pesquisadores, representantes de associações de apoio a pacientes, membros do governo, da indústria farmacêutica e de agências regulatórias do Brasil e da América Latina, dentre outros interessados.

O tema deste ano foi "Farmacovigilância de Biossimilares na América Latina". Sem duvida o principal e maior evento latino-americano sobre biossimilares. 
#farmaleachoudii #farmaleachoufarmacia #farmacovigilancia #doençadecrohn #retocoliteulcerativa #empoderarpacientes #farmaleempodera #medicamentosbiologicos #medicamentosbiossimilares
Pensa numa pessoa orgulhosa, se sentindo muito honrada e agradecida 🙏🏻? Esses são os sentimentos sempre que vejo as fotos desse evento incrível! Fazer parte do #BioredBrasil  como um dos representantes de #doencasinflamatoriasintestinais  é uma responsabilidade grande com vocês💜. Olha aí na foto do banner a logo Farmale😍💜❤️ junto com tantos representantes importantes! Nos dias 28 e 29 de junho, aconteceu em Brasília o 7º Forum Latino-Americano de #Biossimilares  - #FLAB2017  e a 8ª edição do Fórum Brasileiro de Biossimilares. A programação está sempre focada nos principais temas atuais de alta relevância relacionados aos medicamentos biossimilares na America Latina, contando sempre com a participação de participantes nacionais e internacionais, profissionais da saúde, pesquisadores, representantes de associações de apoio a pacientes, membros do governo, da indústria farmacêutica e de agências regulatórias do Brasil e da América Latina, dentre outros interessados. O tema deste ano foi "Farmacovigilância de Biossimilares na América Latina". Sem duvida o principal e maior evento latino-americano sobre biossimilares. #farmaleachoudii  #farmaleachoufarmacia  #farmacovigilancia  #doençadecrohn  #retocoliteulcerativa  #empoderarpacientes  #farmaleempodera  #medicamentosbiologicos  #medicamentosbiossimilares 
Conhece a idéia do "antes e depois"? Existiu uma fase anterior pior do que as desse post, infelizmente, na época, eu deletei todas as fotos pela tristeza de não me reconhecer e não me aceitar naquelas imagens. Não era só pela estética, fui diagnosticado com Retocolite Ulcerativa, e comecei o tratamento com muitos remédios, inclusive corticoide.
Olhando pra trás, vejo uma história de superação, desde a mudança alimentar, até encontrar a atividade física que me devolvesse a paz interior.
#retocolite #retocoliteulcerativa #ulcerativa #doenca #dor #tratamento #superacao #vida #historia #vencer #crossfit #fit #treino #cross #crossfitbrasil #sport #esporte #atividadefisica #fisico #vidasaudavel #saude #alimentacao #fitness
Conhece a idéia do "antes e depois"? Existiu uma fase anterior pior do que as desse post, infelizmente, na época, eu deletei todas as fotos pela tristeza de não me reconhecer e não me aceitar naquelas imagens. Não era só pela estética, fui diagnosticado com Retocolite Ulcerativa, e comecei o tratamento com muitos remédios, inclusive corticoide. Olhando pra trás, vejo uma história de superação, desde a mudança alimentar, até encontrar a atividade física que me devolvesse a paz interior. #retocolite  #retocoliteulcerativa  #ulcerativa  #doenca  #dor  #tratamento  #superacao  #vida  #historia  #vencer  #crossfit  #fit  #treino  #cross  #crossfitbrasil  #sport  #esporte  #atividadefisica  #fisico  #vidasaudavel  #saude  #alimentacao  #fitness 
Minha vida se divide em antes e depois do Reiki!!! Melhora de qualidade de vida!!! #retocoliteulcerativa #colite #colitisfighters
Eu tenho uma fé enorme em Deus e isso também não deixa de ser importante para quem tem doença crônica. Nos últimos dias eu não tenho me sentido muito bem, parece que está vindo uma crise por aí, tenho tido dores nas articulações,  pontadas na barriga, enfim sintomas da doença ativa, mas como eu sou teimosa, estou lutando com todas as minhas forças...não dá para deixar de viver por causa de uma doença né??? #retocoliteulcerativa #colitisfighters #colite
Eu tenho uma fé enorme em Deus e isso também não deixa de ser importante para quem tem doença crônica. Nos últimos dias eu não tenho me sentido muito bem, parece que está vindo uma crise por aí, tenho tido dores nas articulações, pontadas na barriga, enfim sintomas da doença ativa, mas como eu sou teimosa, estou lutando com todas as minhas forças...não dá para deixar de viver por causa de uma doença né??? #retocoliteulcerativa  #colitisfighters  #colite