an online Instagram web viewer
  • brisigaviaja
    Viagem, Fotografia & Comida
    @brisigaviaja

Images by brisigaviaja

Tá aí um role que todo mundo que mora nesse Brasilzão de meu Deus deveria fazer: velejar com o @veleirobeijupira (capacidade de até 6 pessoas / mas confesso que ficamos em 11) ou com o @speranza_sail (para 4). Fi, se tá com dúvida, só vai e depois me agradece! 😉
Tá aí um role que todo mundo que mora nesse Brasilzão de meu Deus deveria fazer: velejar com o @veleirobeijupira (capacidade de até 6 pessoas / mas confesso que ficamos em 11) ou com o @speranza_sail (para 4). Fi, se tá com dúvida, só vai e depois me agradece! 😉
O melhor pão feito pela melhor pessoa: Bruno, do @speranza_sail (vamos falar desse role de barco que eu fiz em Paraty finalmente - ALELUIA, irmãos!) (fechando agora o passeio com o @speranza_sail , ganhe grátis esse maravilhoso pão) (#sqn - ou talvez?! 🤔 confirma essa info aí pra nós, Brunão!)
O melhor pão feito pela melhor pessoa: Bruno, do @speranza_sail (vamos falar desse role de barco que eu fiz em Paraty finalmente - ALELUIA, irmãos!) (fechando agora o passeio com o @speranza_sail , ganhe grátis esse maravilhoso pão) (#sqn  - ou talvez?! 🤔 confirma essa info aí pra nós, Brunão!)
Primeira selfie no insta a gente nunca esquece! ☺️ (sobre Caraíva, amores, acho que terminamos! Única recomendação: hotel Casinhas da Bahia. 4 diárias ficou em R$1.100 no feriadão para duas pessoas e quarto privativo. Fica localizado próximo da entrada e da igrejinha da cidade, uns 5min até a barra - onde o mar encontra o rio. A pessoa que está tocando agora é a Camila e a mais fofa do universo! Amei REAL e a minha segunda chance será lá com certeza ❤️)
Primeira selfie no insta a gente nunca esquece! ☺️ (sobre Caraíva, amores, acho que terminamos! Única recomendação: hotel Casinhas da Bahia. 4 diárias ficou em R$1.100 no feriadão para duas pessoas e quarto privativo. Fica localizado próximo da entrada e da igrejinha da cidade, uns 5min até a barra - onde o mar encontra o rio. A pessoa que está tocando agora é a Camila e a mais fofa do universo! Amei REAL e a minha segunda chance será lá com certeza ❤️)
Há um semana, de frente pra imagem que transmite paz. ❤️ #caraíva
Há um semana, de frente pra imagem que transmite paz. ❤️ #caraíva 
#tbmonday do único dia de sol que fez na viagem, especificamente em Arraial enquanto esperávamos o ônibus pra Caraíva. Aliás, falando nisso...
__________________________
⠀
Na foto anterior, falei sobre como Caraíva é cara. Mas preciso também ressaltar uma coisa: ir pra lá é trampo! Arraial d’Ajuda é a cidade “grande” mais próxima dela e fica já “apenax” 2h00 de carro e 3h de bus. Ou seja, imagina o transtorno que é abastecer a cidade... isso porque ainda não falei que é preciso pegar um barquinho pra chegar no vuco vuco de Caraíva. É trampo (mas super encarável - confesso que já fiz trajeto pior)! ⠀
⠀
Eis a questão: como chegar a Caraíva? ⠀
⠀
- Se for rhyco ou estiver em turma, rache um táxi. O preço é R$300, mas encontrei alguém que fizesse por R$250,00. ⠀
⠀
- E, se tá pobre lascado, vá de ônibus da Águia Azul. Sai às 07h00 ou 15h00 da balsa de Arraial e, vinte minutos depois, passa no centrinho. Em Caraíva, o horário é às 06h20 e às 16h00. Enfim, aqui são 3h de emoção pura! Você vai pulando na cadeira, sem cinto de segurança, e meio sufocado de calor porque não tem ar condicionado. Dizem as más línguas que na alta temporada vai até gente em pé, tipo Índia mesmo. E tem mais: o ônibus para em tudo que é canto e esvazie sua bexiga antes porque não tem banheiro. A pessoa que vos fala passou por um perrengue dos bons, mas fica em off pra manter minha dignidade. Valor: R$17,50/pessoa.
⠀
- Se tiver amor à vida e dez conto a mais, pegue uma van. Ela sai normalmente meia hora antes dos ônibus e custa R$25,00 por pessoa. Tempo de duração: 2h00 a 2h30 (no meu caso, demorou mais porque a estrada ~ de terra ~ estava péssima por conta da chuva). É aqui, meus queridos, que a gente dá valor a pequenas coisas da vida, como um ar ou um cinto de segurança! Nunca imaginei!!! ⠀
⠀
- And caronas no grupo do face! Descobri isso enquanto estava em Caraíva, mas não tinha ninguém fazendo o mesmo trecho que eu 😕 dureza!
#tbmonday  do único dia de sol que fez na viagem, especificamente em Arraial enquanto esperávamos o ônibus pra Caraíva. Aliás, falando nisso... __________________________ ⠀ Na foto anterior, falei sobre como Caraíva é cara. Mas preciso também ressaltar uma coisa: ir pra lá é trampo! Arraial d’Ajuda é a cidade “grande” mais próxima dela e fica já “apenax” 2h00 de carro e 3h de bus. Ou seja, imagina o transtorno que é abastecer a cidade... isso porque ainda não falei que é preciso pegar um barquinho pra chegar no vuco vuco de Caraíva. É trampo (mas super encarável - confesso que já fiz trajeto pior)! ⠀ ⠀ Eis a questão: como chegar a Caraíva? ⠀ ⠀ - Se for rhyco ou estiver em turma, rache um táxi. O preço é R$300, mas encontrei alguém que fizesse por R$250,00. ⠀ ⠀ - E, se tá pobre lascado, vá de ônibus da Águia Azul. Sai às 07h00 ou 15h00 da balsa de Arraial e, vinte minutos depois, passa no centrinho. Em Caraíva, o horário é às 06h20 e às 16h00. Enfim, aqui são 3h de emoção pura! Você vai pulando na cadeira, sem cinto de segurança, e meio sufocado de calor porque não tem ar condicionado. Dizem as más línguas que na alta temporada vai até gente em pé, tipo Índia mesmo. E tem mais: o ônibus para em tudo que é canto e esvazie sua bexiga antes porque não tem banheiro. A pessoa que vos fala passou por um perrengue dos bons, mas fica em off pra manter minha dignidade. Valor: R$17,50/pessoa. ⠀ - Se tiver amor à vida e dez conto a mais, pegue uma van. Ela sai normalmente meia hora antes dos ônibus e custa R$25,00 por pessoa. Tempo de duração: 2h00 a 2h30 (no meu caso, demorou mais porque a estrada ~ de terra ~ estava péssima por conta da chuva). É aqui, meus queridos, que a gente dá valor a pequenas coisas da vida, como um ar ou um cinto de segurança! Nunca imaginei!!! ⠀ ⠀ - And caronas no grupo do face! Descobri isso enquanto estava em Caraíva, mas não tinha ninguém fazendo o mesmo trecho que eu 😕 dureza!
Vida dura pra essa terça-feira
Vida dura pra essa terça-feira
Quando parecia que eu não ia chegar nunca, eis que... arraial! (e bora pra caraiva!) (EDIT: pra quem não viu meus stories, eu dei aula em como perder o voo e rodar o Brasil pra chegar ao seu destino)
Quando parecia que eu não ia chegar nunca, eis que... arraial! (e bora pra caraiva!) (EDIT: pra quem não viu meus stories, eu dei aula em como perder o voo e rodar o Brasil pra chegar ao seu destino)
O povo chora de euforia porque SIM, meus amores, FINALMENTE chegamos ao fim do meu relato na Itália!!! E como terminar da melhor forma possível?! Falando de comida onde a brincadeira é levada a sério: BOLOGNA! Bora pra última, pela glória do Senhor?!
__________________________
⠀
Como disse na foto anterior, fiz um food tour em Bologna, que fez com que meu espaço estomacal reduzisse drasticamente durante minha estadia na cidade. Logo, não comi em vaaaaaarios lugares que eu queria ter ido porque, né, tudo tem limite nessa vida, inclusive a quantidade de comida ingerida por essa pessoa que vos fala! Mas consegui tirar algum leite em pedra e é isso que vou contar:
⠀
- Rossopomodoro: pensa num nhoque bom!!!! Mandamos ele com uma porção maravilhosa de polenta frita e foi sucesso! Ah, e ele fica no mercato di mezzo, então já fica aí a dica da dobradinha (foto da conta)
⠀
- Donatello: se quiser comer um autêntico tagliatelle alla bolognese ou um tortellini al brodo, esse lugar é um dos mais indicados! Os pratos são espetaculares mesmo - nunca vi massa tão fina em toda a vida! Achei a dona do lugar meu Zé ruela e metida a besta, mas vale mesmo assim (foto da conta)
⠀
- Galleria 49: a @a_bolonhesa falou que é uma dos melhores gelatos da cidade e eu acreditei - e não me arrependi!!! Sabores incríveis e diferentões (não deu pra tirar foto, mas roubei da @a_bolonhesa 🙃) (foto da conta)
⠀
FIM! (😅😅😅 agora partiu falar de caraiva, que to indo nesse exato momentOPA! EDIT: perdi o voo, mas nada irá me abalar! É nois que voa ✈️ )
O povo chora de euforia porque SIM, meus amores, FINALMENTE chegamos ao fim do meu relato na Itália!!! E como terminar da melhor forma possível?! Falando de comida onde a brincadeira é levada a sério: BOLOGNA! Bora pra última, pela glória do Senhor?! __________________________ ⠀ Como disse na foto anterior, fiz um food tour em Bologna, que fez com que meu espaço estomacal reduzisse drasticamente durante minha estadia na cidade. Logo, não comi em vaaaaaarios lugares que eu queria ter ido porque, né, tudo tem limite nessa vida, inclusive a quantidade de comida ingerida por essa pessoa que vos fala! Mas consegui tirar algum leite em pedra e é isso que vou contar: ⠀ - Rossopomodoro: pensa num nhoque bom!!!! Mandamos ele com uma porção maravilhosa de polenta frita e foi sucesso! Ah, e ele fica no mercato di mezzo, então já fica aí a dica da dobradinha (foto da conta) ⠀ - Donatello: se quiser comer um autêntico tagliatelle alla bolognese ou um tortellini al brodo, esse lugar é um dos mais indicados! Os pratos são espetaculares mesmo - nunca vi massa tão fina em toda a vida! Achei a dona do lugar meu Zé ruela e metida a besta, mas vale mesmo assim (foto da conta) ⠀ - Galleria 49: a @a_bolonhesa falou que é uma dos melhores gelatos da cidade e eu acreditei - e não me arrependi!!! Sabores incríveis e diferentões (não deu pra tirar foto, mas roubei da @a_bolonhesa 🙃) (foto da conta) ⠀ FIM! (😅😅😅 agora partiu falar de caraiva, que to indo nesse exato momentOPA! EDIT: perdi o voo, mas nada irá me abalar! É nois que voa ✈️ )
Aqui a gente trabalha com a falta de vaidade pra dar a real: quando forem pra Bologna, VOCÊS TÊM QUE FAZER UM FOOD TOUR!
__________________________
⠀
O que não faltam na região de Bologna, a Emilia-Romagna, são os food tour, que nada mais são do que passeios pra conhecer fábrica de queijos, presuntos, aceto... ou seja, pra quem gosta de gastronomia, como eu e a mamusa, não dá pra perder um troço desse!
⠀
Fizemos o tour com a empresa Italian Days e foi a coisa MAIS SENSACIONAL da viagem! Custa caro? CUSTA (150 euros/pessoa // mas, como sempre falo, tá na 💩, abre os dedos), porém NADA se compara! Os lugares visitados são top e a guia manja muito! Sabe aquela pessoa que a gente vê nos olhos que gosta do que faz?! Então, é essa guia!! E ah, o passeio é super disputado, então reserve antes! Mas vamos ao que interessa: o que eu fiz/vi/comi? ⠀
⠀
- Fábrica de parmeggiano reggiano: a gente chama de parmesão, mas eles têm um treco se ouvem isso! Porque parmesão pode vir de um parmeggiano, mas o parmeggiano mesmo é MUITO superior!!! Ponto alto: a degustação com aquele vinho lambrusco básico que nunca tem hora errada pra tomar + a informação de que eles usam o parmeggiano até como garantia no banco! Hahaha sensa, né?!
⠀⠀
- Produção familiar de aceto balsâmico: confesso que não sou a mais chegada do assunto, mas aqui, meus amores... Ponto alto: degustação de um aceto de 30 anos e comer a ricota fresca da fábrica de parmeggiano que visitamos antes com um molho à base de aceto (gente, juro por tudo que é mais sagrado, foi uma das coisas mais deliciosas que eu já comi na vida!). E dale mais vinho!
⠀
- Fábrica de presunto de Modena: aqui é meio tenso porque é perna de porco atrás de perna que não acaba mais (por isso, nem coloquei foto)! Segundo o dono, eles vendem 170k peças de presunto cru POR ANO e ainda é um médio produtor 😱!!! Ponto alto: saber a diferença entre presunto de Modena e de Parma (tá na Pimenta), degustação e vinho, por que não?!
⠀
Depois, rola aquele almoço boca livre que NÃO ERA PEGA TURISTA pela glória do Senhor!  Apenas digo isso: a quantidade que eu comi nesse passeio era suficiente por uns três dias FÁCIL! Haja limoncello pra digerir tudo!!!
Aqui a gente trabalha com a falta de vaidade pra dar a real: quando forem pra Bologna, VOCÊS TÊM QUE FAZER UM FOOD TOUR! __________________________ ⠀ O que não faltam na região de Bologna, a Emilia-Romagna, são os food tour, que nada mais são do que passeios pra conhecer fábrica de queijos, presuntos, aceto... ou seja, pra quem gosta de gastronomia, como eu e a mamusa, não dá pra perder um troço desse! ⠀ Fizemos o tour com a empresa Italian Days e foi a coisa MAIS SENSACIONAL da viagem! Custa caro? CUSTA (150 euros/pessoa // mas, como sempre falo, tá na 💩, abre os dedos), porém NADA se compara! Os lugares visitados são top e a guia manja muito! Sabe aquela pessoa que a gente vê nos olhos que gosta do que faz?! Então, é essa guia!! E ah, o passeio é super disputado, então reserve antes! Mas vamos ao que interessa: o que eu fiz/vi/comi? ⠀ ⠀ - Fábrica de parmeggiano reggiano: a gente chama de parmesão, mas eles têm um treco se ouvem isso! Porque parmesão pode vir de um parmeggiano, mas o parmeggiano mesmo é MUITO superior!!! Ponto alto: a degustação com aquele vinho lambrusco básico que nunca tem hora errada pra tomar + a informação de que eles usam o parmeggiano até como garantia no banco! Hahaha sensa, né?! ⠀⠀ - Produção familiar de aceto balsâmico: confesso que não sou a mais chegada do assunto, mas aqui, meus amores... Ponto alto: degustação de um aceto de 30 anos e comer a ricota fresca da fábrica de parmeggiano que visitamos antes com um molho à base de aceto (gente, juro por tudo que é mais sagrado, foi uma das coisas mais deliciosas que eu já comi na vida!). E dale mais vinho! ⠀ - Fábrica de presunto de Modena: aqui é meio tenso porque é perna de porco atrás de perna que não acaba mais (por isso, nem coloquei foto)! Segundo o dono, eles vendem 170k peças de presunto cru POR ANO e ainda é um médio produtor 😱!!! Ponto alto: saber a diferença entre presunto de Modena e de Parma (tá na Pimenta), degustação e vinho, por que não?! ⠀ Depois, rola aquele almoço boca livre que NÃO ERA PEGA TURISTA pela glória do Senhor! Apenas digo isso: a quantidade que eu comi nesse passeio era suficiente por uns três dias FÁCIL! Haja limoncello pra digerir tudo!!!
Bologna, la grassa, la dotta e la rossa (a gorda, a culta e a vermelha).
__________________________
⠀
POLÊMICA: Bolonha entrou no meu roteiro não tão por acaso assim. Pensava ir pra lá pra comer maravilhosamente bem, mas só bati o martelo mesmo quando vi passagem de volta por 300 euros saindo de lá. Ou seja, motivo não faltou pra eu passar na cidade. Fui cheia da expectativa de que lá encontraria um restaurante esbarrando no outro, mas não é bem assim. Comi muitíssimo bem, confesso, só que esperava mais de Bolonha, não sei... Infelizmente, a cidade não me cativou e eu fiquei com a sensação de que faltava algo!
⠀
Alguém já foi pra lá e teve o mesmo sentimento que eu? Devo uma segunda chance a ela? Quero saber as suas opiniões!
Bologna, la grassa, la dotta e la rossa (a gorda, a culta e a vermelha). __________________________ ⠀ POLÊMICA: Bolonha entrou no meu roteiro não tão por acaso assim. Pensava ir pra lá pra comer maravilhosamente bem, mas só bati o martelo mesmo quando vi passagem de volta por 300 euros saindo de lá. Ou seja, motivo não faltou pra eu passar na cidade. Fui cheia da expectativa de que lá encontraria um restaurante esbarrando no outro, mas não é bem assim. Comi muitíssimo bem, confesso, só que esperava mais de Bolonha, não sei... Infelizmente, a cidade não me cativou e eu fiquei com a sensação de que faltava algo! ⠀ Alguém já foi pra lá e teve o mesmo sentimento que eu? Devo uma segunda chance a ela? Quero saber as suas opiniões!
Modena ❤️
Modena ❤️
Aquele café da manhã made in Italy dos sonhos ❤️ (gente, vou confessar: eu passei minha viagem inteira na saga de encontrar um cornetto tão maravilhoso quanto ao Pavè de Milão. Detalhe que foi o PRIMEIRO que eu comi, no meu PRIMEIRO dia. Deu ruim, nada supera! Esse da foto foi em Bolonha, na pasticceria La Borbonica. O cornetto era bom sim, recheio doce na medida, mas a massa não era croc croc como eu gostaria. Resultado: decretada a vitória pro Pavè por WO. Palmas pra ele 👏)
Aquele café da manhã made in Italy dos sonhos ❤️ (gente, vou confessar: eu passei minha viagem inteira na saga de encontrar um cornetto tão maravilhoso quanto ao Pavè de Milão. Detalhe que foi o PRIMEIRO que eu comi, no meu PRIMEIRO dia. Deu ruim, nada supera! Esse da foto foi em Bolonha, na pasticceria La Borbonica. O cornetto era bom sim, recheio doce na medida, mas a massa não era croc croc como eu gostaria. Resultado: decretada a vitória pro Pavè por WO. Palmas pra ele 👏)
Adeus, Veneza. Olar, Bolonha, nossa última cidade pela glória do Senhor que mais nem Ele acreditava que o relato da Itália fosse acabar!!!! Amém, meu povo! 🙏
Adeus, Veneza. Olar, Bolonha, nossa última cidade pela glória do Senhor que mais nem Ele acreditava que o relato da Itália fosse acabar!!!! Amém, meu povo! 🙏
Partiu falar sobre o projeto pesar arroba em Veneza?! Partiu! 😎
__________________________
⠀
Vou confessar: quando fui pra Veneza, um dos meus maiores medos foi me sentir a turistona troxa, sabe? Aquela que paga absurdo por um custo x benefício fuén. E cada vez que eu lia relatos sobre os restaurantes de lá, esse medo só se confirmava... Isso porque não parava de chover gente falando que pagou absurdo por algo beeem marromeno. Resumo da ópera: peguei um hotel com café bacanudo, quase não almoçava e jantei no mesmo lugar pra não ter erro. E vou falar, não teve erro MESMO! Ufa!!! 😅
⠀
- Da Mamo: caímos por acaso lá, com aquele medinho de dar ruim, mas a vida nos surpreende, né não?! Pedimos 2 taças de vinho, uma caprese que não valeu a pena e essa porção de frutos do mar maravilhosamente frita (lembrando que eu sou vegetariana sim, mas apenas no Brasil de meu Deus porque comer comida típica do destino é sagrado pra mim 🙏). E detalhe pra agarrar seu coração de vez: na hora da conta, vez um copo de chocolate com licor digestivo que é, oh, top 👌! (conta na foto) ⠀
- MAJER Venezia: olha, eu sou a loka do chocolate, mas não sou a loka do açúcar. Grazabomdeus porque tudo tem limites nessa vida, inclusive minha gordice safada! But, essa pasticceria, meus amores.... PENSA num negócio BÃO! Açúcar na medida, docinho de castanhas, tudo o que eu pedia pro divino. Fez com que eu repensasse na minha relação com as sobremesas, for sure! (conta na foto)
⠀⠀
- Antico Calice: ATENÇÃO PARA ESSE LUGAR! Essa é uma dica maravilhosa da @italiaperamore e UAU! É aqui que você vai comer a típica comida veneziana. Jantamos lá 2x porque o lugar é tão incrível que vale MUITO a pena. A comida é super bem caprichada, os garçons são gente finíssima (e beeeem gatinhos, diga-se de passagem / amor, te amo, é nois!), falam tudo que é tipo de língua (menos o português porque eles não são obrigados hahaha) e servem um limoncello na faixa se você estiver rolando absurdo, como eu e mamusa estávamos. Juro que foi o único lugar que eu dei gorjeta com coração!!! ❤️❤️❤️ (conta não na foto porque a emoção foi tanta que eh esqueci de pegar nas DUAS vezes!)
⠀
E aí, people? Alguém tem outra dica pra dar?!
Partiu falar sobre o projeto pesar arroba em Veneza?! Partiu! 😎 __________________________ ⠀ Vou confessar: quando fui pra Veneza, um dos meus maiores medos foi me sentir a turistona troxa, sabe? Aquela que paga absurdo por um custo x benefício fuén. E cada vez que eu lia relatos sobre os restaurantes de lá, esse medo só se confirmava... Isso porque não parava de chover gente falando que pagou absurdo por algo beeem marromeno. Resumo da ópera: peguei um hotel com café bacanudo, quase não almoçava e jantei no mesmo lugar pra não ter erro. E vou falar, não teve erro MESMO! Ufa!!! 😅 ⠀ - Da Mamo: caímos por acaso lá, com aquele medinho de dar ruim, mas a vida nos surpreende, né não?! Pedimos 2 taças de vinho, uma caprese que não valeu a pena e essa porção de frutos do mar maravilhosamente frita (lembrando que eu sou vegetariana sim, mas apenas no Brasil de meu Deus porque comer comida típica do destino é sagrado pra mim 🙏). E detalhe pra agarrar seu coração de vez: na hora da conta, vez um copo de chocolate com licor digestivo que é, oh, top 👌! (conta na foto) ⠀ - MAJER Venezia: olha, eu sou a loka do chocolate, mas não sou a loka do açúcar. Grazabomdeus porque tudo tem limites nessa vida, inclusive minha gordice safada! But, essa pasticceria, meus amores.... PENSA num negócio BÃO! Açúcar na medida, docinho de castanhas, tudo o que eu pedia pro divino. Fez com que eu repensasse na minha relação com as sobremesas, for sure! (conta na foto) ⠀⠀ - Antico Calice: ATENÇÃO PARA ESSE LUGAR! Essa é uma dica maravilhosa da @italiaperamore e UAU! É aqui que você vai comer a típica comida veneziana. Jantamos lá 2x porque o lugar é tão incrível que vale MUITO a pena. A comida é super bem caprichada, os garçons são gente finíssima (e beeeem gatinhos, diga-se de passagem / amor, te amo, é nois!), falam tudo que é tipo de língua (menos o português porque eles não são obrigados hahaha) e servem um limoncello na faixa se você estiver rolando absurdo, como eu e mamusa estávamos. Juro que foi o único lugar que eu dei gorjeta com coração!!! ❤️❤️❤️ (conta não na foto porque a emoção foi tanta que eh esqueci de pegar nas DUAS vezes!) ⠀ E aí, people? Alguém tem outra dica pra dar?!
Quando sua mãe: 1) te ensinou que o melhor da vida são as experiências; 2) esteve ao seu lado quando o bichinho do viajante te picou; 3) é sua melhor cia de viagem, então, meus amigos, vocês tiraram a sorte grande. Toca aqui porque é nois! 🤛 (nessa foto, temos Veneza e mais 10kg de bacon somando eu e mamusa)
Quando sua mãe: 1) te ensinou que o melhor da vida são as experiências; 2) esteve ao seu lado quando o bichinho do viajante te picou; 3) é sua melhor cia de viagem, então, meus amigos, vocês tiraram a sorte grande. Toca aqui porque é nois! 🤛 (nessa foto, temos Veneza e mais 10kg de bacon somando eu e mamusa)
Porque, né, o que seria desse Instagram se não fosse pra postar foto de comida?!?
⠀
(juro que eu teria uma super dicona de onde comer em Murano, mas confesso que dei relaxo e não me lembro do nome do lugar 🤦‍♀️ então, meus amores, se alguém tem dica topzera de rest na cidade, posta aí pra compartilhar com os amiguinhos do insta brisigaviaja ❤️)
Porque, né, o que seria desse Instagram se não fosse pra postar foto de comida?!? ⠀ (juro que eu teria uma super dicona de onde comer em Murano, mas confesso que dei relaxo e não me lembro do nome do lugar 🤦‍♀️ então, meus amores, se alguém tem dica topzera de rest na cidade, posta aí pra compartilhar com os amiguinhos do insta brisigaviaja ❤️)
Murano... ta aí uma cidade que é bem graciosa, mas que talvez não faça sentido pra quem, como eu, não se importa com o artesanato de vidro que é produzido lá. Confesso: tenho pouquíssima paciência pra gastança em viagens (e na vida 😊), a não ser, é craro, gastos com comida e bebida porque, né, não desci pra terra pra fazer papel de besta. Enfim, o que eu queria dizer é que ter ido pra Murano com minha mãe, que é a loka das bugigangas, foi mei dificinho lidar. Ou seja, vale a pena pra quem realmente curte esse tipo de role, mas acho bem desnecessário se locomover até lá só para conhecer a cidade. Muito melhor bater perna em lugares não tão turísticos em Veneza, como Dorsoduro. ⠀
Ah, e outra coisa! Não estamos trabalhando com dicas de como ir pra Murano por motivos de: eu e mamusa pegamos um vaporetto errado e o trajeto ficou apenas meia hora a mais, o que é o dobro do tempo. 🤦‍♀️ o lado bom disso é que não há canal em Veneza que eu não tenha conhecido! 😎
Murano... ta aí uma cidade que é bem graciosa, mas que talvez não faça sentido pra quem, como eu, não se importa com o artesanato de vidro que é produzido lá. Confesso: tenho pouquíssima paciência pra gastança em viagens (e na vida 😊), a não ser, é craro, gastos com comida e bebida porque, né, não desci pra terra pra fazer papel de besta. Enfim, o que eu queria dizer é que ter ido pra Murano com minha mãe, que é a loka das bugigangas, foi mei dificinho lidar. Ou seja, vale a pena pra quem realmente curte esse tipo de role, mas acho bem desnecessário se locomover até lá só para conhecer a cidade. Muito melhor bater perna em lugares não tão turísticos em Veneza, como Dorsoduro. ⠀ Ah, e outra coisa! Não estamos trabalhando com dicas de como ir pra Murano por motivos de: eu e mamusa pegamos um vaporetto errado e o trajeto ficou apenas meia hora a mais, o que é o dobro do tempo. 🤦‍♀️ o lado bom disso é que não há canal em Veneza que eu não tenha conhecido! 😎
Da série lugares que merecem um quebra-cabeça 500 peças (sim, juntinho com Brisighella) (e taí um lugar bacanudo pra ver o por do sol em Veneza ❤️)
Da série lugares que merecem um quebra-cabeça 500 peças (sim, juntinho com Brisighella) (e taí um lugar bacanudo pra ver o por do sol em Veneza ❤️)